Posts com a tag: empresario

 

Após acidente em Guaramiranga, empresário sai da UTI

O empresário teve a perna decepada após seu helicóptero ter tombado, no dia 30 de maio, em Guaramiranga

O Grupo Marquise informou que o empresário José Carlos Pontes, controlador do grupo está se reabilitando bem e saiu, nesta segunda-feira (3), da Unidade de Terapia Intensiva.

“O empresário apresenta boa recuperação clínica e dará continuidade ao tratamento, que o possibilitará seguir suas atividades normalmente. A família agradece as manifestações de apoio e votos por sua plena recuperação. Por recomendação médica, as visitas são restritas a familiares”.

Acidente

O empresário teve a perna decepada após seu helicóptero ter tombado, no dia 30 de maio, em Guaramiranga. Uma cirurgia foi realizada ainda no dia 30 e foi bem sucedida.

Após acidente de helicóptero, empresário passa bem

O Grupo Marquise informou por meio de nota que ele “está se reabilitando bem e clinicamente estável”

Após um acidente na tarde de quinta-feira (30), em Guaramiranga, o empresário José Carlos Pontes, controlador do Grupo Marquise, passa bem. O Grupo Marquise informou por meio de nota que ele “está se reabilitando bem e clinicamente estável”.

Além disso, o grupo informou que a cirurgia, realizada ainda na quinta ontem (30), foi bem sucedida. “A previsão é de que José Carlos Pontes saia da Unidade de Terapia Intensiva nos próximos dias e dê continuidade ao tratamento, que o possibilitará seguir suas atividades normalmente. Desde já, a família agradece a preocupação de todos”.

Relembre

Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas após o tombamento de um helicóptero. Na ocasião, o empresário José Carlos Pontes, controlador do Grupo Marquise, teve a perna decepada.

O acidente aconteceu após o helicóptero já ter pousado e os passageiros já terem descido. As informações preliminares constam que o veículo tombou por conta de uma rajada de vento.

O empresário José Pontes foi encaminhado ao Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, e depois levado para o Hospital São Mateus.

Empresário mata ex-namorada em Quixadá

Claudenir Benício não aceitava o fim do relacionamento com a universitária, de 25 anos

Relação chegou ao fim devido as crises de ciúmes do empresário (Foto: Revista Central)

Relação chegou ao fim devido as crises de ciúmes do empresário (Foto: Revista Central)

O empresário Claudenir Benício Agostinho, 38, estava inconformado com o fim do namoro com Maria Gracye Kelly Lima Maia, 25, e efetuou três disparos na cabeça da jovem , que estava em um bar com as amigas, no bairro da Rodoviária, na cidade de Quixadá. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (29).

De acordo com o site Revista Central de Quixadá, Claudenir fugiu do local do crime e, em seguida, tirou a própria vida dentro de seu veículo.  Ele era conhecido com “Bixo-Cell”, por trabalhar no ramo da informática.

As diversas crises de ciúmes do empresário resultaram no fim do relacionamento do casal. Maria Grayce era aluna do 9º semestre do curso de psicologia da Faculdade Católica Rainha do Sertão.

Queixa de agressão

A universitária já havia registrado dois boletins de ocorrências contra o empresário. Ela denunciou que tinha sido brutalmente espancada, uma amiga também foi lesionada na época.

Na ocasião, Claudenir foi preso e levado à Cadeia Pública de Quixadá, mas em menos de uma semana foi solto.

Com informações da Revista Central

Empresário iraniano Farhad Marvizi é condenado a 20 anos de prisão

O empresário iraniano Farhad Marzivi era dono de uma rede de lojas de eletroeletrônicos, localizadas em Fortaleza e registradas em nomes de terceiros

O Tribunal Regional Federal da 5ª região condenou o empresário iraniano Farhad Marvizi a 20 anos de reclusão, nesta quarta-feira (8), pela tentativa de homicídio ao auditor da Receita Federal José de Jesus Ferreira, em dezembro de 2008.

Seguindo o voto do desembargador federal Vladimir Carvalho, relator do processo, a Segunda Turma do TRF5 entendeu que não há razão aos fundamentos utilizados pela defesa, baseado no conjunto de provas. A condenação é resultado de apelação do Ministério Público Federal no Ceará ao TRF5, que determinou a realização do julgamento por Tribunal de Júri da Justiça Federal. Atualmente, o iraniano encontra-se recluso no Presídio de Segurança Máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Entenda o caso

O empresário iraniano Farhad Marvizi, conhecido como “Tony”, era dono de uma rede de lojas de eletroeletrônicos, localizadas em Fortaleza e registradas em nomes de terceiros (laranjas). A Receita Federal realizou auditorias e autuações, em 2007 e 2008, nas lojas do iraniano e apreendeu mercadorias importadas de forma irregular e colocadas à venda. A equipe da Receita era chefiada pelo auditor José de Jesus Ferreira.

No dia 9 de dezembro de 2008, Ferreira sofreu uma tentativa de homicídio, no bairro Varjota, em Fortaleza. O auditor levou cinco tiros disparados por uma arma de uso restrito da Polícia e efetuados por duas pessoas que trafegavam em uma moto.

De acordo com as apurações da investigação policial, o crime foi firmado entre o iraniano e o eletricista Francisco Cícero Gonçalves de Sousa, assassinado por cobrar a segunda parte do pagamento pelo crime que não conseguiu concluir. O empresário foi processado na Justiça comum pelas mortes do casal Carlos José Medeiros e Maria Elizabeth Almeida Bezerra, colaboradores na averiguação do atentado a Jesus Ferreira.

Empresário é morto após troca de tiros com gerente de banco

No momento dos disparos, apenas os dois estavam na loja

A troca de tiros ocorreu dentro da loja (Foto: Blog do Mardem)

A troca de tiros ocorreu dentro da loja (Foto: Blog do Mardem)

Um empresário morreu após troca de tiros com o gerente do Banco do Nordeste do Brasil de Itapipoca. O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (30), por volta das 10h30, no município de Itapajé, a 142 quilômetros de Fortaleza.

De acordo com a polícia, o tiroteio foi registrado em um estabelecimento comercial localizado na Rua Dom Aureliano Matos, no Centro. José Nilton Pereira, de 37 anos, chegou à loja do empresário Israel Bastos, de 67 anos, e os dois teriam tido uma discussão, que resultou no crime.

Israel e Nilton trocaram tiros, e o empresário foi atingido na cabeça. José Nilton foi lesionado com um tiro de raspão também na cabeça e segue estável no hospital. Já Israel Bastos não resistiu aos ferimentos.

No momento dos disparos, apenas os dois estavam na loja. A polícia não soube informar o motivo do crime.

Corpo de empresário desaparecido é encontrado em Horizonte

Um dos acusados de participar do sequestro de Anastácio Leonardo da Silva confessou que o comerciante havia sido morto a facadas no dia 15 de abril

O empresário Anastácio Leonardo da Silva, 61 anos, morador de Quixadá e desaparecido há 13 dias, foi encontrado morto na madrugada deste domingo (28) em um matagal na altura do KM 45 da BR-116, em Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza. O corpo apresentava vários sinais de tortura.

A Polícia Civil de Quixadá contou com o auxílio do Corpo de Bombeiros e cães farejadores para encontrar o corpo de Anastácio. De acordo com a polícia, Israel Rodrigues Pinheiro, conhecido como “Naum”, um dos acusados de participar do sequestro, confessou ao ser preso que o comerciante havia sido assassinado a facadas no último dia 15 de abril.

Israel Rodrigues Pinheiro foi localizado pelo comandante do 9º Batalhão Policial Militar (BPM), coronel Antonio Paiva, e sua equipe ainda no dia 15, em um vilarejo do distrito de Várzea da Onça, na zona rural de Quixadá. Na ocasião, o carro de Anastácio foi encontrado incendiado no local. Após ser capturado, “Naum” confessou que dois comparsas mataram o empresário após obrigá-lo a sacar uma quantia em dinheiro em um caixa eletrônico de um supermercado.

O corpo de Anastácio Leonardo da Silva foi velado durante a tarde deste domingo (28) no município de Quixadá, no Sertão Central, e enterrado pela noite.

Empresário é morto dentro da própria fábrica após sacar dinheiro

De acordo com os funcionários, a vítima tinha acabado de chegar do banco

O empresário João Carlos Clemente Fernandes, de 66 anos, foi morto com três tiros dentro de sua fábrica de panelas no início da tarde desta segunda-feira (3). De acordo com os funcionários, a vítima tinha acabado de chegar do banco. A fábrica fica localizada na Avenida Francisco Sá, em Fortaleza, e atua há mais de 60 anos na capital.

Segundo os funcionários da fábrica de panelas, dois homens em uma moto entraram na loja da fábrica, abordaram o filho da vítima e o obrigaram a levá-los até o empresário. Ao entrarem no escritório, os bandidos pediram o dinheiro à vítima e, ao saírem do local, atiraram no empresário.

João Carlos Clemente foi levado ao Instituto Dr. José Frota (IJF) pelo filho, mas não resistiu aos ferimentos. Os funcionários ficaram abalados com o ocorrido e foram dispensados. Ainda não se sabe a quantia que foi levada.

Com informações da repórter Emanuella Braga

Empresário é sequestrado no bairro Papicu

Dois homens invadiram a empresa localizada no Papicu e renderam o empresário, de 60 anos.

Um empresário do ramo da pesca foi sequestrado no início da noite desta sexta-feira (27), de acordo com primeiras informações da Polícia, dois homens invadiram a empresa localizada no Papicu e renderam o empresário, de 60 anos.

Testemunhas disseram que os homens estavam vestidos com fardamento da Polícia Federal, mas a Polícia não confirmou a versão e informou que um dos sequestradores estava usando uma roupa preta e levaram a vítima no carro do proprietário do estabelecimento, uma Pajero. Ainda segundo a Polícia, não foi feito nenhum pedido de resgate.

A Divisão de Antisequestro está acompanhando o caso.

Mãe é morta por vingança no lugar do filho em Fortaleza

Confira as notícias do plantão policial da noite desta quinta (5) e madrugada desta sexta-feira (6).

Um adolescente é acusado de assassinar uma mulher por vingança na noite desta quinta-feira (5), na rua Uruguaiana, na Comunidade do Papoco, bairro Bela Vista, em Fortaleza. A vítima foi Maria do Socorro Alves Leitão, de 45 anos. Segundo a polícia, o acusado queria matar o filho da mulher.

Como ele não estava em casa, o adolescente efetuou os disparos contra Maria do Socorro, fugindo em seguida. A mulher ainda tentou escapar, entrando em um estabelecimento comercial, sem sucesso. Segundo a Polícia Militar, o adolescente já tem passagem pela polícia, mas continua em liberdade.

Flanelinha executado

Um flanelinha, identificado apenas pelo apelido de “Moela”, foi morto a tiros na madrugada desta sexta-feira na rua Expedicionários, no Centro de Pacajus, Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo testemunhas, a vítima foi assassinada por homens que estavam em um carro branco.

Populares informaram aos policiais que “Moela” era viciado em entorpecentes, o que leva a polícia a acreditar que o homicídio pode ter sido causado por conta de dívida de droga. Até o momento, nenhum dos acusados foi identificado.

Assalto em Itaitinga

Um empresário do ramo da construção civil foi feito refém e assaltado por homens armados na noite desta quinta-feira em Itaitinga, Região Metropolitana. Segundo a polícia, os acusados levaram R$ 8 mil que seriam utilizados para pagamento de funcionários da construtora. Ninguém foi preso.

Leia também:
Detentos resolvem ficar em delegacia durante fuga de outros presos em Fortaleza

Dois motociclistas não habilitados morrem em acidentes nas últimas 24h

 

Cursos capacitam quem pretende montar o próprio negócio

Vários cursos estão sendo oferecidos para micro e pequenos empresários de Fortaleza. Pessoas que têm um pequeno negócio e querem se formalizar podem contar agora com mais seis novos polos de atendimento ao Empreendedor Individual. As unidades foram instaladas em bairros da periferia da capital cearense.

Página 1 de 1012345...10...Última »