Posts com a tag: delegado Valdir Passos

 

Operação apreende produtos falsificados avaliados em R$ 40 milhões

O grupo fazia parte de um esquema milionário de falsificação de produtos

O cearense Diego Oliveira Holanda foi preso, nesta segunda-feira (26), junto a outras três pessoas durante uma operação conjunta entre a Polícia Civil do Ceará e a de Amazonas. O grupo fazia parte de um esquema milionário de falsificação de produtos. De acordo com o delegado cearense Valdir Passos, a mercadoria apreendida é avaliada em cerca de R$ 40 milhões.

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)
As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)-GOp2FSnBzh6_zhBX

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)-GOp2FSnBzh6_zhBX

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)
As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)

As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP)

Entre os quatro presos estava também um dos maiores falsificadores do Norte/Nordeste, Rubisley Vilas Boas. As investigações eram feitas há cerca de três meses após denúncias da Associação de Proteção de Marcas e Patentes (APMP).

Produtos apreendidos

Dentre os produtos encontrados, o advogado da APMP, Nasareno Saraiva, cita eletrônicos, máquinas de costuras e confecções. Estas últimas, eram produzidas no interior do Ceará, de Pernambuco e do Paraná, de onde seguiam até Manaus.

Vilas Boas foi preso sob as acusações de uso indevido de marcas, falsificação, crime contra ordem tributária e econômica, fraude e estelionato. “Vamos pedir para que os produtos sejam incinerados, destruídos”, diz o advogado da APMP.

Confira mais detalhes da operação na reportagem da jornalista Gizelle Andrade, da Tribuna BandNews FM:

  • /
Update Required
To play the media you will need to either update your browser to a recent version or update your Flash plugin.

Página 1 de 11