Posts com a tag: delegacia de capturas

 

Número de criminosos foragidos no Ceará lotaria o estádio Castelão

Com população carcerária de 20 mil pessoas e celas de delegacias superlotadas, o Ceará tem 58.567 mandados de prisão em aberto. Se fossem presos, faltaria local pra abrigá-los

Delegacia de Capturas está superlotada (FOTO: Gustavo Simplício)

Delegacia de Capturas está superlotada (FOTO: Gustavo Simplício)

Com população carcerária de quase 20 mil pessoas e celas de delegacias superlotadas, o Ceará ainda tem 58.567 mandados de prisão em aberto. Os assaltantes, homicidas, sequestradores e estelionatários, que continuam foragidos, se fossem presos, lotariam a Arena Castelão (que tem capacidade para acomodar cerca de 63 mil pessoas). Ordens judiciais de 1991, 1994 e 1995 não foram cumpridas. Ou seja, depois de duas décadas, permanecem arquivadas.

De acordo com os dados divulgados pelo Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpol), na Delegacia de Capturas seguem empilhados 13.392 mandados oriundos de Fortaleza, 34.230 do interior do Ceará e 10.945 de outros estados. Destes, 11.088 homicidas, representando 18,9% do total, seguem foragidos. Em 2013 foram cumpridos apenas 1.141 mandados. Em 2012, foram 1.804, e em 2011, 1.982.

“São 58 mil mandados em aberto e mais 8 mil para cadastrar. A Polícia Civil está cuidando de presos. Se você for até a Delegacia de Capturas vai ver que está lotada de detentos. A função da Polícia Civil é capturar os presos e fazer as investigações, mas desse jeito não é possível atuar”, critica o presidente do Sinpol, Gustavo Simplício.

Apesar de os dados terem sido divulgados, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) admite não ter número oficial de foragidos no estado. De acordo com nota enviada ao Tribuna do Ceará, o delegado-geral da Polícia Civil, Andrade Júnior, afirmou que o número é irreal. “Há mandados já cumpridos, vencidos, vários mandados para a mesma pessoa, outros duplicados, que se encontram nessa contagem”, diz.

A SSPDS informou ainda que a distorção será corrigida, a partir da realização do Projeto Integra, em parceria com a Sejus e o Tribunal de Justiça do Ceará. “A iniciativa objetiva criar uma comunicação entre os sistemas informatizados desses órgãos, de forma a agilizar a comunicação de mandados de soltura e de prisão”.

A previsão é que, até o fim de abril, o novo sistema integrado esteja funcionando. Atualmente, a comunicação acontece por meio de documentos de papel, que são enviados pelo Poder Judiciário à Delegacia de Capturas.

> LEIA MAIS

Superlotação

Em dezembro do ano passado, a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, da Câmara Municipal de Fortaleza, encaminhou à SSPDS ofício solicitando ação urgente em favor dos presos na Decap. Uma inspeção identificou problemas na unidade, que deveria abrigar presos que aguardam vagas no sistema prisional ou presos que a Justiça determinou prisão, mas hoje virou local de cumprimento de pena.

Conforme a Comissão, não há condição de higiene, o lixo fica amontoado nas celas e não há luz nem ventilação (a temperatura pode chegar a 45º C). Além disso, os presos deveriam ficar na Decap por, no máximo, 30 dias, mas permanecem até dois anos em celas superlotadas. A capacidade é para, no máximo, 60 presos, mas atualmente há 110.

Segundo o Código Penal, quando preso em flagrante, o indivíduo só poderá ser mantido em delegacias por um período de 10 dias, prazo suficiente para que o inquérito seja instaurado. Após esse período, os presos devem ser transferidos para a Delegacia de Capturas, no Centro, para serem recambiados a casas de custódias do Estado. Mas, na prática, isso não acontece.

“A Delegacia de Capturas é um depósito de pessoas que estão em situação mais que degradante e são tratadas como lixo”, conclui o relatório da Comissão de Direitos Humanos. “Em vez de garantir ordem de prisões da Justiça e entregar os presos aos centros de detenção ou presídios, os policiais estão mantendo os presos por longos períodos”, acrescenta.

Assista ao vídeo registrado na Delegacia de Capturas:

Centro de Triagem

A superlotação poderá ser minimizada com a inauguração do Centro de Triagem e Observação Criminológica do Ceará, prometido ainda em 2013 pela Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus). A data para inauguração, entretanto, foi prorrogada para junho deste ano.

A ideia do Centro, localizado na CPPL de Caucaia, é funcionar como estabelecimento onde o preso que foi autuado em flagrante fique aguardando pronunciamento da Justiça antes de ser encaminhado para o sistema prisional.

Déficit de policiais

O grande número de detentos vai de encontro ao pequeno efetivo de policiais civis. Segundo o presidente do Sinpol, seriam necessários mais 10 mil policiais para que todas as delegacias atendessem 24 horas por dia. O efetivo, agora, é de apenas 2.556 para atender toda a demanda do estado. Em 1981, o número era maior: 4.300 policiais.

“Não se explica uma delegacia, como o 32º DP, no Bom Jardim, não ser plantonista. Para ir ao 4º Distrito, no Pio XII, você se arrisca até a morrer no caminho. Não podemos admitir nada disso que está acontecendo no estado”, reclama.

Presos tentam fugir da Delegacia de Capturas pela 3ª vez em uma semana

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpoci), Gustavo Simplício, a delegacia está superlotada. Com capacidade para 60, está com 190 detentos

Pela terceira vez em uma semana, os presos da Delegacia de Capturas (Decap) tentaram fugir, na tarde desta terça-feira (29). Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Gustavo Simplício, a delegacia está superlotada, pois o local tem capacidade para 60 detentos e está com 190.

Os detentos danificaram as celas e fugiram pelo telhado do prédio vizinho à delegacia, que também pertence à Policia Civil, onde foram recapturados pelos policiais. No momento da tentativa de fuga, somente dois inspetores estavam na Decap, que após receber o reforço de policiais de uma delegacia próxima ao local e do Batalhão do Choque, conseguiram controlar a situação.

Detentos tentam fugir da Delegacia de Capturas e são detidos por policiais (FOTO: Jefferson Abreu)

Detentos tentam fugir da Delegacia de Capturas e são detidos por policiais (FOTO: Jefferson Abreu)

Diante da ação, os dirigentes do Sinpol solicitaram que o corregedor de presídios da comarca de Fortaleza, Juiz César Belmino Barbosa Evangelista Junior, revisse a determinação de interdição dos presídios que estão encaminhando presos para a Decap na capital cearense. O corregedor já fez uma mudança em um dos artigos do documento que permite a transferência de presos, orientando que os policiais devem comunicar à corregedoria a situação das delegacias para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Na noite desta terça-feira (29), cerca de 50 presos foram transferidos para as Casas de Privação Provisória de Liberdade.

Com informações do repórter Jefferson Abreu

Presos fazem rebelião na Delegacia de Capturas devido à superlotação

De acordo com a polícia, a confusão começou após o boato de que a transferência de 70 presos do local teria sido cancelada

Os presos detidos na Delegacia de Capturas, no Centro de Fortaleza, fizeram uma rebelião na noite desta sexta-feira (25).

rebeliao

rebeliao

Os presos detidos na Delegacia de Capturas, no Centro de Fortaleza, fizeram uma rebelião na noite desta sexta-feira (25).
rebeliao2

rebeliao2

Os presos detidos na Delegacia de Capturas, no Centro de Fortaleza, fizeram uma rebelião na noite desta sexta-feira (25).

FOTO: Alexandre Maia/ Sinpolce

De acordo com a polícia, a confusão começou após o boato de que a transferência de 70 presos do local teria sido cancelada.

Houve quebra-quebra, alguns presos passaram mal e desmaiaram. Na delegacia, há mistura de homens com mulheres. A cela que seria especial para policiais civis foi preenchida com mulheres, devido à superlotação.

Viaturas do Cotam e do Gate foram acionadas e conseguiram conter a rebelião. Após a confusão, o ônibus da Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus) chegou ao local para efetuar a transferência.

Cearense foragido há 12 anos acusado de matar família por herança é preso

Sebastião Pereira Leite, de 68 anos, vivia em Goiânia e era dono de uma distribuidora de bebidas

Na época do crime, Sebastião tinha 55 anos (FOTO: Agência Miséria )

Foragido da polícia há 12 anos, acusado de matar a mulher e os dois filhos, um deles esquartejado, na cidade de Brejo Santo, distante 500 quilômetros de Fortaleza, foi preso em Goiânia na segunda-feira (8). De acordo com a polícia, a motivação do crime teria sido uma herança que ele teria de dividir com a família.

Sebastião Pereira Leite, de 68 anos, vivia em  Goiânia e era dono de uma distribuidora de bebidas. A prisão aconteceu  em operação conjunta da Polícia Militar (MP) e Ministério Público dos dois Estados.

De acordo com delegado Delci Alves Rocha, da Delegacia Estadual de Capturas de Goiânia, após a detenção o acusado foi levado para a Delegacia de Capturas, onde está a disposição da Justiça. Informou ainda que representantes da Justiça cearense deverão chegar em  Goiânia ainda nesta quarta-feira (10)  para levar o preso ao Estado de origem.

Presos furam parede e fogem da Delegacia de Capturas

A Delegacia de Capturas tem autalmente 109 presos acomodados em 10 celas

Sete presos conseguiram fugir da Delegacia de Capturas, em Fortaleza, na madrugada desta segunda-feira (15). Policiais informaram que ouviram um barulho, por volta das 2h, e quando foram checar o que estava acontecendo, perceberam que a parede de uma das celas furada.

No momento da fuga havia quatro policiais de plantão, eles agiram a tempo de evitar que mais presos escapassem. Foi informado que os presos teriam voltado correndo para a cela e que outros foram detidos sobre o muro da delegacia e na casa vizinha. A Delegacia de Capturas tem autalmente 109 presos acomodados em 10 celas.

Menina de 12 anos era estuprada por 4 familiares desde os 8 anos

A vítima era violentada pelo próprio pai, pelos dois primos e pelo tio

Quatro homens foram presos sob acusação de estuprar um menina de 12 anos no Bairro Parque Santa Rosa, em Fortaleza. De acordo com denúncia de vizinhos, a criança sofria abusos há quatro anos.

De acordo com titular da delegada titular da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Ivana Timbó, a vítima era violentada pelo próprio pai, pelos dois primos e pelo tio. O pai da adolescente já está preso desde o fim de semana na Delegacia de Capturas e os outros três foram presos na manhã desta quarta-feira (23).

Ainda de acordo com a delegada, a menina teria procurado uma vizinha e falado sobre o que acontecia. A delegada informou que o abuso acontecia sempre em casa, na ausência da mãe da garota. Segundo Ivana Timbó, quando a mãe soube do caso, não acreditou. A menina está há um mês morando em um abrigo.

Prisão

Após a prisão, os primos e o tio prestaram depoimentos na Dececa e, em seguida, foram levados para a Delegacia de Capturas. De acordo com a polícia, exames realizados na vítima  comprovaram o crime.

Veja o vídeo com a reportagem do Jornal Jangadeiro 2ª Edição:

 

 

“Ninja Nu” aguarda vaga em presídio em delegacia de Fortaleza

O suspeito afirmou que gostava de se exibir na internet por ser bonito e ter o corpo malhado.

“Ninja Nú” e a namorada prestam depoimento na Delegacia Geral da Polícia Civil (FOTO: Cristiano Pantanal)

Preso na noite dessa terça-feira (6), no Município do Cedro, Cleoson da Costa Valente, conhecido por “Ninja Nu”, chegou na tarde desta quarta-feira (7) na Delegacia Geral da Polícia Civil, no Centro, em Fortaleza. O acusado estava acompanhado da atual namorada Maria Priscila Alves Lima, de 19 anos.

O “Ninja Nú” é conhecido por ter divulgado vídeos na internet onde aparece transitando em uma motocicleta sem roupas. Ele e a namorada chegaram na delegacia em uma viatura da polícia de Icó. A chegada dos acusados à superintendência foi tumultuada. O suspeito afirmou que gostava de se exibir na  internet por ser bonito e ter o corpo malhado.

Após prestar esclarecimentos na Delegacia Geral, Cleoson da Costa seguiu para realizar exames no Instituto Médico Legal (IML) e depois para a Delegacia de Capturas, no Centro, onde ficará aguardando uma vaga no presídio.

O caso

Cleosom da Costa Valente, de 20 anos, é acusado de matar a ex-namorada de 14 anos, com 20 facadas após uma discussão banal, no último dia 5 de outubro. Mais de um mês depois de ter cometido o crime, o jovem foi preso quando estava na calçada da casa da tia da companheira localizada no Bairro Alto do Padeiro, no Cedro, distante 420 quilômetros de Fortaleza.


Detento é morto horas depois de fugir de delegacia em Fortaleza

Um dos fugitivos da Delegacia de Capturas (Decap) foi assassinado na noite desse domingo (30), no Álvaro Weyne, em Fortaleza

Um dos fugitivos da Delegacia de Capturas (Decap) foi assassinado na noite desse domingo (30), no Álvaro Weyne, em Fortaleza. Os detentos fugiram por meio de um buraco feito na parede da cela.

Após sair da delegacia, o detento Francisco José Bibiano Laurindo, de 22 anos, foi morto a tiros, enquanto andava pela Rua Ímpar. De acordo com a polícia, ele ainda pulou o muro de uma casa para tentar escapar dos acusados, mas não resistiu. Os militares confirmaram que o rapaz já respondia por vários crimes. Os acusados estão foragidos.

Detento recapturado

Um dos detentos, Ednardo Lima Santana foi recapturado na manhã desta segunda-feira (1º). Segundo a polícia, uma mulher denunciou o fugitivo, que se apresentou no 11º Distrito Policial, no Bairro Pan Americano.

A fuga

Cinco detentos fugiram, na tarde desse domingo, da Delegacia de Capturas. Alguns são acusados de estupro, enquanto outros respondem por infração à Lei Maria da Penha, segundo a polícia.

A delegacia possui 11 celas e 145 presos. Esta já é a segunda fuga registrada em 2012 nessa delegacia. No dia 14 de março, três homens fugiram depois de serrarem as grades e escaparem pelo teto.

 

Acusados de estupro fogem de delegacia em Fortaleza

Dois dos quatros fugitivos são acusados de estupro, enquanto outros dois respondem por infração à Lei Maria da Penha.

Quatro detentos fugiram da Delegacia de Capturas (Decap), no Centro de Fortaleza, na tarde deste domingo (30) por meio de um buraco feito na parede da cela.

Dois dos quatros fugitivos são acusados de estupro, enquanto outros dois respondem por infração à Lei Maria da Penha, segundo a polícia. Apenas dois guardas estavam à trabalho na Decap no momento da fuga.

Mais de cem detentos estão nas celas da Decap e esta já é a segunda fuga registrada em 2012 nessa delegacia. No dia 14 de março, três homens fugiram depois de serrarem as grades e escaparem pelo teto.

Candidata a vereadora é presa ao tentar entregar cocaína a detento da CPPL II

Uma candidata a vereadora de Fortaleza foi presa, no fim da noite desta quinta-feira (13), ao tentar entregar cocaína a um detento da CPPL II, em Itaitinga, Região Metropolitana

Fátima Pontes é candidata a vereadora pelo PTN (Foto: Divulgação/ TRE)

Uma candidata a vereadora de Fortaleza foi presa, no fim da noite desta quinta-feira (13), ao tentar entregar cocaína a um detento da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto (CPPL II), em Itaitinga, Região Metropolitana da Capital. Segundo informações da Delegacia de Capturas (Decap), a droga estava escondida dentro de dois tubos de pomadas usadas como medicamento.

Maria de Fátima Almeida de Pontes, de 59 anos, foi presa e encaminhada à Delegacia Metropolitana de Maracanaú, de onde foi transferida para a Decap, por volta de 2h desta sexta-feira (14), por conta da falta de xadrez feminino na primeira unidade. De acordo com Decap, ela será transferida, nos próximos dias, para o Instituto Penal Feminino Desembargador Auri Moura Costa, em Aquiraz.

Perfil

Fátima Pontes é candidata a uma das 43 vagas de vereadores da capital cearense, pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN) – que não está coligado a nenhum outro nas eleições de 2012. Segundo informações disponibilizadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ela nasceu em Fortaleza, é casada e exerce a profissão de dentista, na qual é formada.

Página 1 de 3123