Posts com a tag: assassinato

 

Em menos de uma semana, dois universitários são assassinados após assalto em Fortaleza

Na madrugada deste domingo, um jovem estava no carro com outros quatro amigos, quando foi abordado por dois homens armados

Jovem era estudante da FIC, em Fortaleza (FOTO: Reprodução/Facebook)

Jovem era estudante da FIC, em Fortaleza (FOTO: Reprodução/Facebook)

Um jovem de 27 anos foi assassinado, na madrugada deste domingo (23), durante uma tentativa de assalto no Bairro Messejana, em Fortaleza. O crime ocorreu por volta das 3h30.

Segundo a polícia, Raphael Lopes estava em um carro com outros quatro amigos, quando foi abordado por dois homens armados, na Avenida Odilom Guimarães. Um deles atirou contra o jovem, que estava no banco traseiro do veículo, após o motorista do carro acelerar para evitar o assalto.

> LEIA MAIS

Raphael ainda foi encaminhado ao hospital Frotinha de Messejana, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho da unidade de saúde. A polícia vai investigar o caso. A vítima estudava na Faculdade Integrada do Ceará (FIC).

Segundo caso em uma semana

Somente nesta semana, este é o segundo caso de assassinato de estudante em Fortaleza. Na última quarta-feira (19), o estudante de direito Mardônio Freire, de 19 anos, foi morto a tiros durante tentativa de assalto no Bairro Henrique Jorge. O jovem era estudante da Universidade Federal do Ceará (UFC). Amigos e colegas de Mardônio organizaram uma homenagem na Faculdade de Direito.

Vídeo registra momentos finais de execução no Bairro Cocó

Apesar do movimento e da quantidade de prédios e residências, os acusados permaneceram no local o tempo suficiente para que moradores registrassem o crime

Crime assustou moradores da região (FOTO: Reprodução)

Crime assustou moradores da região (FOTO: Reprodução)

Uma tarde de terror na área nobre de Fortaleza. Dois motociclistas foram executados na quarta-feira (19), no Bairro Cocó, no cruzamento das Ruas Bento Albuquerque e Batista de Oliveira.

Apesar do movimento e da quantidade de prédios e residências, os acusados não tiveram receio e permaneceram no local o tempo suficiente para que algumas pessoas registrassem o momento do crime. A sequência de tiros assustou os moradores.

Redes sociais

As imagens chamaram a atenção de internautas na capital. Postagens no Whatsapp e Facebook revelam o medo da população. “Segurança já… somente o povo pode fazer alguma coisa”; “Acho que o problema da insegurança se resolve em começar coibir todo e qualquer delito leve”, opinam internautas em postagem do vídeo, com mais de 100 compartilhamentos.

De acordo com a polícia, as vítimas trafegavam em uma motocicleta pela Rua Bento Albuquerque, em direção à Avenida Engenheiro Santana Júnior, por volta das 16h. Um carro parou, e de lá saíram três homens, que efetuaram vários disparos. O motociclista perdeu o controle da moto, e os dois caíram na calçada. A dupla teve morte imediata. Os ocupantes do carro, modelo Jetta, fugiram em seguida.

> LEIA MAIS

Segundo a polícia, uma das vítimas, Francisco Antônio Morais, de 28 anos, não tinha antecedente criminais. O outro homem não foi identificado. Testemunhas informaram que a arma de um deles foi levada pelos acusados. Conforme a perícia, foram identificados sete ferimentos de balas em cada uma das vítimas, na cabeça, no tórax e nas pernas.

Ainda não se sabe o motivo do crime. A polícia, que não descarta nenhuma hipótese, vai continuar investigando o caso.

Protesto em Juazeiro do Norte e Sobral contra a violência no Ceará

Cruzes foram fincadas em pontos turísticos das duas cidades cearenses para representar vítimas da violência em 2013.

ceará-mortesDois protestos foram realizados neste final de semana pelo Sindicato dos Policiais Civis de carreira do Estado do Ceará (Sinpol/CE) contra o avanço da violência no Ceará. Em Sobral, a 238 km de Fortaleza, 400 cruzes foram instaladas no Arco Nossa Senhora de Fátima, conhecido como Arco do Triunfo, representando menos de dez por cento de pessoas assassinadas no estado.

Já no município de Juazeiro do Norte, distante 528 km da capital, o ato público foi realizado no Triângulo Crajubar. Foram fincadas 71 cruzes, como representação de pessoas mortas na região do Cariri, pelo número de homicídios registrados em apenas cinco dias, durante o carnaval.

As manifestações realizadas neste final de semana integram as atividades do movimento chamado “Polícia Legal”, dos policias civis do Ceará. A campanha completará três meses no próximo dia 20 de março e já realizou ações em delegacias na capital e no interior onde foi possível identificar irregularidades como improbidade administrativa e peculato-desvio, falta de apuração dos boletins de ocorrência, abuso de autoridade, assédio moral e usurpação de função pública.

LEIA MAIS:

Policiais civis fazem ato ‘Polícia Legal’ na Praça dos Leões
Policiais são flagrados transportando presos em carro alugado e com multas

Os policiais civis do Ceará também divulgaram uma campanha com 10 outdoors espalhados pela da cidade para mostrar, segundo afirma o sindicato, a real situação da segurança pública no Ceará. Um deles foi instalado próximo ao prédio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que divulgou redução do número de assaltos no Ceará, em 45%.

Adolescentes são apreendidos sob suspeita de matar taxista

Crime motivou um protesto de taxistas indignados com a violência, que bloquearam a Avenida Bezerra de Menezes

Polícia apresentou a arma utilizada pelos dois adolescente para assassinar o taxista (FOTO: Marco Dublê)

Polícia apresentou a arma utilizada pelos dois adolescente para assassinar o taxista (FOTO: Marco Dublê)

Foram apreendidos dois adolescentes, nesta segunda-feira (18), suspeitos de assassinarem um taxista na noite da última quinta-feira (14). As investigações iniciaram logo após a descoberta do corpo do taxista e chegaram aos adolescentes, ambos de 17 anos e sem passagens pela Delegacia de Crianças e Adolescentes.

A dupla foi apreendida no Bairro Álvaro Weyne. Segundo a polícia, no momento da abordagem foi encontrado o celular da vítima com um dos envolvidos. Além disso, a polícia constatou que o crime seria um latrocínio, visto que um dos adolescentes confessou o assalto, porque estava precisando da quantia de R$ 130 para pagar uma dívida.

O crime

O taxista Antônio Ediano Nobre, de 55 anos, foi encontrado morto na praia do Icaraí, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, na manhã da última sexta-feira (15). A vítima apresentava um corte no pescoço. Seu veículo foi encontrado horas depois da descoberta do corpo, no bairro Álvaro Weyne.

Protesto

Indignados com a onda de violência contra a categoria, taxistas bloquearam, na manhã desta segunda-feira (18), a Avenida Bezerra de Menezes, no Bairro São Gerardo, em Fortaleza. O protestou iniciou por volta das 8h, em frente à sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Cerca de 100 pessoas participaram da manifestação, que reivindicava segurança e justiça em decorrência do número de crimes de assassinato e assalto contra a categoria.

Taxistas bloqueiam Avenida Bezerra de Menezes reivindicando mais segurança

Cerca de 100 pessoas participaram do protesto, que reivindicava segurança em decorrência do número de crimes de assassinato e assalto contra taxistas

Taxistas bloquearam, na manhã desta segunda-feira (18), a Avenida Bezerra de Menezes, no Bairro São Gerardo, em Fortaleza. O protestou iniciou por volta das 8h, em frente à sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Cerca de 100 pessoas participaram da manifestação, que reivindicava segurança e justiça em decorrência do número de crimes de assassinato e assalto contra a categoria em Fortaleza.

O presidente do Sindicato dos Taxistas, Vicente de Paulo, e familiares do taxista morto na última sexta-feira (15) estiveram reunidos com o titular da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional da SSPDS, Fernando Menezes. Segundo ele, as investigações já estão sendo realizadas pela Delegacia de Homicídios.

Veja as imagens:

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)
Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Manifestação pede mais segurança e justiça no Ceará (FOTOS: Fábio Bessa e Paulo Roberto)

Crime

Com palavras de ordem “segurança já” e “queremos justiça”, o grupo lembrou o crime contra o taxista Antônio Ediano Nobre, que foi assassinado e teve o corpo encontrado com ferimentos a faca próximo à praia do Icaraí, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. O caso aconteceu na sexta-feira (15).

Em menos de 45 dias, outro taxista foi morto em Fortaleza. A vítima realizava uma corrida com uma jovem quando, ao parar no sinal vermelho na Avenida Francisco Sá, foi atingido por vários tiros e morreu na hora.

O presidente do Sinditáxi informou que não há como contabilizar o número de casos de assaltos contra taxistas. “A gente já perdeu as contas”, lamenta.

Homem é morto na frente da esposa grávida no Terminal do Antônio Bezerra

O casal esperava pelo ônibus quando foi surpreendido pelos tiros. Os acusados não foram identificados

Um homem foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (17) no Terminal do Antônio Bezerra. João Henrique da Silva, 28 anos, esperava o ônibus acompanhado pela esposa gestante no momento em que foi surpreendido pelos disparos. Os tiros atingiram as costas do rapaz que morreu na hora.

De acordo com o testemunho da esposa, a ação ocorreu sem que ele conseguisse identificar o suspeito. O casal vinha da casa da mãe da vítima no bairro Vila Velha e seguia para a casa da família na Serrinha.

A polícia não sabia informar se a a vítima respondia a algum processo.

Com informações dos repórteres Abraão Ramos e Nilson Bezerra

Índice de assassinatos em Fortaleza é 5 vezes maior que o mínimo para epidemia

Especialistas acreditam que cidades com taxa de assassinatos quem ultrapassam 10 para cada 100 mil habitantes estão vivendo epidemia de violência

O número de homicídios registrados em Fortaleza de janeiro a agosto de 2013 é de 1.254 casos. A informação é de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).

Sem contabilizar ainda quatro meses, o número tem 374 assassinatos a menos que o total de 2012 na capital cearense, que foi de 1.628 homicídios. Ou seja, os casos até o oitavo mês de 2013 corresponde já a 77% dos de 2012 inteiro.

O Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela) divulgou a quantidade de pessoas assassinadas de 2009 a 2011. Durante os três anos, 3.507 homicídios foram registrados. Em 2009, houve o menor registro, com 902 apenas. O número corresponde a 55% do total de 2012. Em 2010, foram 1.268 assassinatos e, em 2011, 1.337.

Fortaleza em epidemia

Especialistas acreditam que cidades com taxa de assassinatos quem ultrapassam 10 para cada 100 mil habitantes estão vivendo epidemia de violência. Em Fortaleza, o ano de 2011 contava com a população de 2.476.589 pessoas, para 1.337. Ou seja, a capital cearense encontra-se além do mínimo solicitado, acima cerca de 535%, quase seis vezes mais.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população de 2013 de Fortaleza é de 2.551.805. Os cálculos do índice de violência até agosto deste ano apontam que o nível da epidemia de violência está cerca de 490% acima do mínimo, quase cinco vezes maior.

Percentuais

De 2009 para 2012, houve um crescimento de 80% no número de homicídios em Fortaleza. Só de 2009 para 2010, o crescimento foi de 80%. Já de 2010 para 2011, o número se manteve quase estável, com leve aumento de 5%.

Confira o crescimento de ano em ano:

2009 para 2010: 40%
2010 para 2011: 5%
2011 para 2012: 21%

Combate

Uma ação de para conter as altas taxas de homicídio em Fortaleza foi desenvolvida pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). O coronel João Batista, que assumiu o Comando de Policiamento da Capital recentemente, falou sobre o projeto que se chama “Cinturão Vermelho”.

Advogado criminalista é assassinado em casa no Antônio Bezerra

Uma mulher teria ido deixar um documento na residência, percebeu a porta aberta, e viu o corpo do advogado

Um advogado criminalista foi assassinado na noite desta segunda-feira (12), no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. O crime aconteceu na casa da vítima, na Rua Anário Braga.

De acordo com a polícia, uma mulher teria ido deixar um documento na residência, percebeu a porta aberta, e viu o corpo de Evaneudo Martins.

Quando a polícia chegou, a vítima já estava morta. O advogado morava sozinho. A polícia ainda vai investigar as causas do crime.

Com informações do repórter Nilson Bezerra

Funcionário do Frotinha de Messejana é assassinado na porta do hospital

“Mairson Delfino foi atingido por seis disparos, sendo três na cabeça e três nas costas”, explica capitão Artunani Aguiar

Um funcionário do Frotinha de Messejana foi assassinado na porta do hospital, na manhã desta segunda-feira (12). O crime aconteceu por volta das 9h20.

Mairson Delfino da Silva, de 52 anos, estava chegando ao trabalho, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta, de acordo com o comandante 1ª companhia do 16º batalhão da Polícia Militar, capitão Artunani Aguiar.

“O garupeiro desceu e efetuou vários disparos contra a vítima. Mairson Delfino foi atingido por seis disparos, sendo três na cabeça e três nas costas”, explica.

A vítima ainda foi socorrida no hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Mairson Delfino respondia por homicídio, receptação e assalto. A polícia está à procura dos autores do crime. A Divisão de Homicídios vai investigar o caso.

“Lema é matar PM”, diz pichação de jovem preso

“Para os policiais isso é uma agressão. Eles estão declarando guerra contra a vida dos militares", diz o presidente da Aspramece

Um jovem foi preso pichando a parede de um prédio público, na noite de domingo (4), no Conjunto Maria Tomásia, na Grande Messejana. O mais grave é que a pichação dizia: “lema é matar PM”.

Pedro Henrique Carvalho Patrício Braz, de 18 anos, foi detido por policiais do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). Ele foi encaminhado ao 30º Distrito Policial.

Um jovem foi preso pichando a parede de um prédio público, na noite de domingo (4), no Conjunto Maria Tomásia, na Grande Messejana.

Desde o início do ano, 19 policiais foram assassinados no Ceará (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

“Para os policiais isso é uma agressão. Eles estão declarando guerra contra a vida dos militares. Mas esse jovem também é vítima do sistema que se instalou no Ceará”, diz o presidente da Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (Aspramece), Pedro Queiroz.

Segundo ele, para reverter a situação são necessárias políticas públicas mais eficazes. “Os jovens precisam de mais atenção. Isso é uma demonstração clara de que a política de segurança pública está falida”, conclui.

Mortes de policiais

De acordo com a Aspramece, desde o início do ano, 19 policiais (incluindo militares, civis, bombeiros e rodoviários federais) foram mortos. Até agosto de 2013, foram assassinados 16 policiais militares. No mesmo período do ano passado, foram dez militares.

Página 1 de 6912345...102030...Última »