Única câmera de segurança do local onde estilista foi morta estava desligada

INVESTIGAÇÃO

Única câmera de segurança do local onde estilista foi morta estava desligada

A Polícia duvida que tenha sido latrocínio, já que nada foi levado de Nayara Mara, de 32 anos, durante o crime

Por Tribuna Bandnews FM em Segurança Pública

16 de Maio de 2018 às 11:12

Há 3 meses
Estilista assassinado

A jovem foi morta com um tiro no rosto enquanto deixava o trabalho (Foto: Reprodução/Instagram)

Em busca de identificar os responsáveis pela morte da estilista e modelo Nayara Mara, de 32 anos, a polícia segue com as investigações. A jovem foi morta na tarde desta terça-feira (16), quando deixava o trabalho, no bairro Parangaba, em Fortaleza.

A mulher foi abordada por dois homens que estavam em um carro. Um deles atirou na vítima, que morreu na hora. Segundo o que apurou a TV Jangadeiro, a única câmera de segurança do local estava desligada. Por isso, não há imagens do crime. Familiares e amigos fizeram homenagens à vítima e aguardam esclarecimento do caso.

O primeiro a atender a ocorrência foi o socorrista Alison Sousa. Ele conta que chegou assim que recebeu o chamado e identificou o local onde a moça sofreu o disparo.

“Quando cheguei ao local, segundo populares, foi uma tentativa de assalto. Foi possível visualizar uma perfuração de uma arma de fogo na face de uma mulher. Uma confecção que trabalha em frente, estava chegando ao local de trabalho e foi abordada por elementos”, relatou o socorrista.

Nenhum pertence da vítima foi levado. Ainda durante a noite desta terça-feira (15), duas pessoas foram levadas à delegacia, mas a polícia não informou se foram mantidos presos ou liberados.

Confira a matéria na Tribuna Band News.

Publicidade

Dê sua opinião

INVESTIGAÇÃO

Única câmera de segurança do local onde estilista foi morta estava desligada

A Polícia duvida que tenha sido latrocínio, já que nada foi levado de Nayara Mara, de 32 anos, durante o crime

Por Tribuna Bandnews FM em Segurança Pública

16 de Maio de 2018 às 11:12

Há 3 meses
Estilista assassinado

A jovem foi morta com um tiro no rosto enquanto deixava o trabalho (Foto: Reprodução/Instagram)

Em busca de identificar os responsáveis pela morte da estilista e modelo Nayara Mara, de 32 anos, a polícia segue com as investigações. A jovem foi morta na tarde desta terça-feira (16), quando deixava o trabalho, no bairro Parangaba, em Fortaleza.

A mulher foi abordada por dois homens que estavam em um carro. Um deles atirou na vítima, que morreu na hora. Segundo o que apurou a TV Jangadeiro, a única câmera de segurança do local estava desligada. Por isso, não há imagens do crime. Familiares e amigos fizeram homenagens à vítima e aguardam esclarecimento do caso.

O primeiro a atender a ocorrência foi o socorrista Alison Sousa. Ele conta que chegou assim que recebeu o chamado e identificou o local onde a moça sofreu o disparo.

“Quando cheguei ao local, segundo populares, foi uma tentativa de assalto. Foi possível visualizar uma perfuração de uma arma de fogo na face de uma mulher. Uma confecção que trabalha em frente, estava chegando ao local de trabalho e foi abordada por elementos”, relatou o socorrista.

Nenhum pertence da vítima foi levado. Ainda durante a noite desta terça-feira (15), duas pessoas foram levadas à delegacia, mas a polícia não informou se foram mantidos presos ou liberados.

Confira a matéria na Tribuna Band News.