TripAdvisor e Google registram diversos relatos de insegurança na Praia do Futuro
QUEIMANDO O FILME

TripAdvisor e Google registram diversos relatos de insegurança na Praia do Futuro

Levantamento feito pelo Tribuna do Ceará mostra que turistas e fortalezenses fazem alertas sobre a escalada de violência na Praia do Futuro

Por Gabriel Borges em Segurança Pública

10 de agosto de 2017 às 07:00

Há 2 meses
Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

A Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza, mas – nos últimos anos – o local antes considerado sinônimo de lazer acabou se transformando em uma zona de assaltos e ações violentas.

Na internet, não é difícil encontrar comentários negativos sobre a região. “Fiquei num hotel nesta praia, não sabia que era perigosa, mas não dava nem pra sair na rua. O tempo todo tinha que ficar preocupada em não ser roubada. Até os Ubers e táxis estavam com medo de me levar para o hotel quando era noite”, conta uma turista em post no site TripAdvisor.

Outro internauta avisa que a região não tem movimentação durante a noite. “É perigoso andar pelo local após as 17h”, alerta. Uma turista acrescenta que o filho já foi vítima da criminalidade no local. “A praia é muito bonita, porém o local tem vários ladrões. Roubaram o celular do meu filho”.

Na última semana, um turista de Curitiba teve o celular roubado durante uma ação violenta na Praia do Futuro. Mesmo sem reagir a ação dos assaltantes, o homem de 56 anos foi atingido com várias perfurações a faca.

Em nota, a Polícia Militar do Estado do Ceará declarou que o policiamento ostensivo diário na área da Praia do Futuro é feito por equipes do moto patrulhamento e de viaturas do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), do Comando de Policiamento Comunitário (CPCom), que atuam diuturnamente.

Apesar dos frequentes assaltos no local, a nota também afirma que a região recebe saturações de equipes do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), do Batalhão de Choque (BPChoque) e do Regimento de Polícia Montada (RPMont).

De acordo com estatística da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na Área Integrada de Segurança 10, que engloba 12 bairros (incluindo Praia do Futuro I e II), foram registrados 1.394 roubos a pessoa e de documentos, em 2017. O levantamento mostra ainda a ocorrência de 242 roubos a residências, roubos com restrição de liberdade e roubos de carga e de veículos.

Confira alguns dos relatos encontrados na internet:

Relatos negativos
1/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
2/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
3/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
4/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
5/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
6/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
7/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
8/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
9/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Publicidade

Dê sua opinião

QUEIMANDO O FILME

TripAdvisor e Google registram diversos relatos de insegurança na Praia do Futuro

Levantamento feito pelo Tribuna do Ceará mostra que turistas e fortalezenses fazem alertas sobre a escalada de violência na Praia do Futuro

Por Gabriel Borges em Segurança Pública

10 de agosto de 2017 às 07:00

Há 2 meses
Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

A Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza, mas – nos últimos anos – o local antes considerado sinônimo de lazer acabou se transformando em uma zona de assaltos e ações violentas.

Na internet, não é difícil encontrar comentários negativos sobre a região. “Fiquei num hotel nesta praia, não sabia que era perigosa, mas não dava nem pra sair na rua. O tempo todo tinha que ficar preocupada em não ser roubada. Até os Ubers e táxis estavam com medo de me levar para o hotel quando era noite”, conta uma turista em post no site TripAdvisor.

Outro internauta avisa que a região não tem movimentação durante a noite. “É perigoso andar pelo local após as 17h”, alerta. Uma turista acrescenta que o filho já foi vítima da criminalidade no local. “A praia é muito bonita, porém o local tem vários ladrões. Roubaram o celular do meu filho”.

Na última semana, um turista de Curitiba teve o celular roubado durante uma ação violenta na Praia do Futuro. Mesmo sem reagir a ação dos assaltantes, o homem de 56 anos foi atingido com várias perfurações a faca.

Em nota, a Polícia Militar do Estado do Ceará declarou que o policiamento ostensivo diário na área da Praia do Futuro é feito por equipes do moto patrulhamento e de viaturas do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), do Comando de Policiamento Comunitário (CPCom), que atuam diuturnamente.

Apesar dos frequentes assaltos no local, a nota também afirma que a região recebe saturações de equipes do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), do Batalhão de Choque (BPChoque) e do Regimento de Polícia Montada (RPMont).

De acordo com estatística da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na Área Integrada de Segurança 10, que engloba 12 bairros (incluindo Praia do Futuro I e II), foram registrados 1.394 roubos a pessoa e de documentos, em 2017. O levantamento mostra ainda a ocorrência de 242 roubos a residências, roubos com restrição de liberdade e roubos de carga e de veículos.

Confira alguns dos relatos encontrados na internet:

Relatos negativos
1/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
2/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
3/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
4/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
5/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
6/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
7/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
8/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)

Relatos negativos
9/9

Relatos negativos

Fortalezenses e turistas alertam para o perigo no local ( FOTO: Reprodução TripAdvisor)