Suspeito de espancar idosa até a morte é preso após denúncia anônima

CRIME BÁRBARO

Suspeito de espancar idosa até a morte é preso após denúncia anônima

A prisão aconteceu na noite desta segunda-feira (3). Alexsandro Ribeiro da Silva, de 27 anos, era conhecido pela comunidade e pela idosa

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

6 de Fevereiro de 2018 às 10:27

Há 6 meses
O crime aconteceu na manhã do último sábado (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

O crime aconteceu na manhã do último sábado (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

O suspeito de ter espancado a idosa de 82 anos em Pacajus foi preso na noite desta segunda-feira (5) por meio de uma denúncia anônima.

A Delegacia Municipal de Horizonte teve acesso a um vídeo que mostra Alexsandro Ribeiro da Silva, de 27 anos, entrando e, momentos depois, saindo da casa de dona Carminha. As informações são do programa Barra Pesada.

Para o sobrinho da idosa, o crime foi premeditado, pois o suspeito era conhecido pela comunidade. “Ele premeditou, porque ele conhecia a movimentação da rua. Um dia antes, ele tinha dormido na calçada de uma casa ao lado à do meu pai”, acusa.

Segundo o sobrinho, os familiares moram perto da idosa e havia um revezamento entre sobrinhos e netos para dormir em sua casa. “Ela não costumava passar um bom tempo sozinha. Moramos todos perto dela. Havia um revezamento entre os parentes”.

A mãe do acusado, Vera Lúcia da Silva, explicou que o filho é usuário de drogas há 9 anos e já havia sido preso diversas vezes. Além disso, acrescentou que, antes do crime, Alexsandro estava há cinco dias fora de casa e que o rapaz costumava ir à casa da idosa. Entretanto, para a mãe, o filho não foi o responsável pelo assassinato. “Ele jura de ‘pé junto’ que não foi ele. É duro dizer isso, mas eu acho que não foi. Mas, se for, eu quero que ele pague”, declarou.

O caso

Um idosa de 81 morreu após ter sido espancada dentro de casa, no bairro Cruz das Almas, em Pacajus. O crime teria acontecido na manhã deste último sábado (3). Segundo os vizinhos, a idosa havia recebido uma visita momentos antes de ser assassinada. Após o crime, alguns pertences da residência foram levado.

“Ela era uma pessoa muito boa. Não merecia uma morte feia daquele jeito. O rosto dela ficou deformado. Eu ainda pensava que ela ainda estava viva”, diz Márcia Gleudete, vizinha da idosa, emocionada. A vítima morava na residência há mais de 20 anos e costumava  ajudar as pessoas que lhe pediam auxílio.

*O Tribuna do Ceará omitiu a identificação da idosa de 82 anos a pedido dos familiares que pediram privacidade neste momento de luto.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (6)

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME BÁRBARO

Suspeito de espancar idosa até a morte é preso após denúncia anônima

A prisão aconteceu na noite desta segunda-feira (3). Alexsandro Ribeiro da Silva, de 27 anos, era conhecido pela comunidade e pela idosa

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

6 de Fevereiro de 2018 às 10:27

Há 6 meses
O crime aconteceu na manhã do último sábado (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

O crime aconteceu na manhã do último sábado (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

O suspeito de ter espancado a idosa de 82 anos em Pacajus foi preso na noite desta segunda-feira (5) por meio de uma denúncia anônima.

A Delegacia Municipal de Horizonte teve acesso a um vídeo que mostra Alexsandro Ribeiro da Silva, de 27 anos, entrando e, momentos depois, saindo da casa de dona Carminha. As informações são do programa Barra Pesada.

Para o sobrinho da idosa, o crime foi premeditado, pois o suspeito era conhecido pela comunidade. “Ele premeditou, porque ele conhecia a movimentação da rua. Um dia antes, ele tinha dormido na calçada de uma casa ao lado à do meu pai”, acusa.

Segundo o sobrinho, os familiares moram perto da idosa e havia um revezamento entre sobrinhos e netos para dormir em sua casa. “Ela não costumava passar um bom tempo sozinha. Moramos todos perto dela. Havia um revezamento entre os parentes”.

A mãe do acusado, Vera Lúcia da Silva, explicou que o filho é usuário de drogas há 9 anos e já havia sido preso diversas vezes. Além disso, acrescentou que, antes do crime, Alexsandro estava há cinco dias fora de casa e que o rapaz costumava ir à casa da idosa. Entretanto, para a mãe, o filho não foi o responsável pelo assassinato. “Ele jura de ‘pé junto’ que não foi ele. É duro dizer isso, mas eu acho que não foi. Mas, se for, eu quero que ele pague”, declarou.

O caso

Um idosa de 81 morreu após ter sido espancada dentro de casa, no bairro Cruz das Almas, em Pacajus. O crime teria acontecido na manhã deste último sábado (3). Segundo os vizinhos, a idosa havia recebido uma visita momentos antes de ser assassinada. Após o crime, alguns pertences da residência foram levado.

“Ela era uma pessoa muito boa. Não merecia uma morte feia daquele jeito. O rosto dela ficou deformado. Eu ainda pensava que ela ainda estava viva”, diz Márcia Gleudete, vizinha da idosa, emocionada. A vítima morava na residência há mais de 20 anos e costumava  ajudar as pessoas que lhe pediam auxílio.

*O Tribuna do Ceará omitiu a identificação da idosa de 82 anos a pedido dos familiares que pediram privacidade neste momento de luto.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (6)