Sindiônibus lamenta com indignação morte de cobrador queimado em ataque a ônibus
NOTA DE PESAR

Sindiônibus lamenta com indignação morte de cobrador queimado em ataque a ônibus

O cobrador passou 18 dias na UTI do IJF, com 90% do corpo queimado após um ataque a ônibus em Fortaleza

Por Deborah Tavares em Segurança Pública

8 de maio de 2017 às 18:13

Há 3 meses

José Nunes estava no bairro Jardim Fluminense quando seu ônibus foi atacado. (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) lamentou, em nota, a morte de José Nunes de Sousa Neto, de 56 anos, nesta segunda-feira (8). O cobrador passou 18 dias na UTI do Instituto Doutor José Frota (IJF), com 90% do corpo queimado após um ataque ao ônibus em que estava, no bairro Jardim Fluminense em Fortaleza.

“É com muito pesar e indignação que lamentamos a morte do funcionário José Nunes de Sousa Neto, vítima da prática criminosa e recorrente de incêndios a ônibus e que tem colocado em risco a vida de trabalhadores do transporte e cidadãos”, disse o Sindiônibus.

O Sindicato destacou também que José Nunes estava na mesma empresa de ônibus desde 1979, e que sua morte “deixou a todos que atuam no setor de transporte de Fortaleza profundamente consternados”.

José era deficiente físico e não conseguiu sair a tempo. Ele teve queimaduras de terceiro grau e estava em estado grave desde o ataque.

Ataques

Os ataques começaram no início da tarde da quarta-feira (19), quando vários ônibus foram incendiados em Fortaleza e região metropolitana. As empresas de ônibus resolveram recolher os veículos e paralisar o serviço devido à insegurança.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

08/5 – Morre cobrador de ônibus queimado na onda de ataques de bandidos em Fortaleza

05/5 – Motorista e cobrador que tiveram parte do corpo queimado em ataques permanecem no IJF

22/4 – Facção pede desculpa à população por transtornos e diz que o foco é atacar “governo corrupto”

22/4 – Dois carros são incendiados no 19º Distrito Policial

21/4 – Caminhão da Enel é incendiado em novo atentado de bandidos

21/4 – Cobrador deficiente atingido por chamas é entubado com 90% do corpo queimado

21/4 – Secretário explica ‘sumiço’ durante caos em Fortaleza: “Primeiro trabalho, depois postagens”

21/4 – Mesmo com reforço policial, dupla assalta ônibus e 3 pessoas acabam atingidas por tiros

21/4 – Em meio a onda de terror, Fortaleza receberá grande quantidade de turistas no feriado

21/4 – Facções estão em guerra pelo controle do tráfico de drogas, revela Conselho Penitenciário

20/4 – 16 pessoas são presas e 23 ônibus incendiados em ataques no Ceará, confirma SSPDS

20/4 – Capitão Wagner chama Camilo Santana de “frouxo”; Governador rebate com “moleque”

20/4 – Ônibus passam a circular em comboios e com escolta da polícia em Fortaleza

20/4 – Bandidos ameaçam taxistas para suspender de vez o transporte em Fortaleza

20/4 – Hilux é metralhada na Praia do Futuro; Vítima seria líder de facção criminosa

20/4 – Sindiônibus calcula prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão só no 1º dia de ataques

20/4 – É BOATO! Nota que seria assinada por Moroni é falsa, alerta a Prefeitura

20/4 – Uber justifica que subida de preços no caos em Fortaleza atendeu “aumento da demanda”

20/4 – Cobrador deficiente não consegue sair de ônibus em chamas e tem corpo queimado

20/4 – Oscilações de energia não têm relação com ataques em Fortaleza, tranquiliza Enel

20/4 – Polícia investiga se depósitos clandestinos venderam combustíveis usados em ataques

20/4 – Policiais de funções burocráticas vão às ruas para tentar conter caos na segurança

20/4Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

20/4Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 19 em menos de 24h

Publicidade

Dê sua opinião

NOTA DE PESAR

Sindiônibus lamenta com indignação morte de cobrador queimado em ataque a ônibus

O cobrador passou 18 dias na UTI do IJF, com 90% do corpo queimado após um ataque a ônibus em Fortaleza

Por Deborah Tavares em Segurança Pública

8 de maio de 2017 às 18:13

Há 3 meses

José Nunes estava no bairro Jardim Fluminense quando seu ônibus foi atacado. (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) lamentou, em nota, a morte de José Nunes de Sousa Neto, de 56 anos, nesta segunda-feira (8). O cobrador passou 18 dias na UTI do Instituto Doutor José Frota (IJF), com 90% do corpo queimado após um ataque ao ônibus em que estava, no bairro Jardim Fluminense em Fortaleza.

“É com muito pesar e indignação que lamentamos a morte do funcionário José Nunes de Sousa Neto, vítima da prática criminosa e recorrente de incêndios a ônibus e que tem colocado em risco a vida de trabalhadores do transporte e cidadãos”, disse o Sindiônibus.

O Sindicato destacou também que José Nunes estava na mesma empresa de ônibus desde 1979, e que sua morte “deixou a todos que atuam no setor de transporte de Fortaleza profundamente consternados”.

José era deficiente físico e não conseguiu sair a tempo. Ele teve queimaduras de terceiro grau e estava em estado grave desde o ataque.

Ataques

Os ataques começaram no início da tarde da quarta-feira (19), quando vários ônibus foram incendiados em Fortaleza e região metropolitana. As empresas de ônibus resolveram recolher os veículos e paralisar o serviço devido à insegurança.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

08/5 – Morre cobrador de ônibus queimado na onda de ataques de bandidos em Fortaleza

05/5 – Motorista e cobrador que tiveram parte do corpo queimado em ataques permanecem no IJF

22/4 – Facção pede desculpa à população por transtornos e diz que o foco é atacar “governo corrupto”

22/4 – Dois carros são incendiados no 19º Distrito Policial

21/4 – Caminhão da Enel é incendiado em novo atentado de bandidos

21/4 – Cobrador deficiente atingido por chamas é entubado com 90% do corpo queimado

21/4 – Secretário explica ‘sumiço’ durante caos em Fortaleza: “Primeiro trabalho, depois postagens”

21/4 – Mesmo com reforço policial, dupla assalta ônibus e 3 pessoas acabam atingidas por tiros

21/4 – Em meio a onda de terror, Fortaleza receberá grande quantidade de turistas no feriado

21/4 – Facções estão em guerra pelo controle do tráfico de drogas, revela Conselho Penitenciário

20/4 – 16 pessoas são presas e 23 ônibus incendiados em ataques no Ceará, confirma SSPDS

20/4 – Capitão Wagner chama Camilo Santana de “frouxo”; Governador rebate com “moleque”

20/4 – Ônibus passam a circular em comboios e com escolta da polícia em Fortaleza

20/4 – Bandidos ameaçam taxistas para suspender de vez o transporte em Fortaleza

20/4 – Hilux é metralhada na Praia do Futuro; Vítima seria líder de facção criminosa

20/4 – Sindiônibus calcula prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão só no 1º dia de ataques

20/4 – É BOATO! Nota que seria assinada por Moroni é falsa, alerta a Prefeitura

20/4 – Uber justifica que subida de preços no caos em Fortaleza atendeu “aumento da demanda”

20/4 – Cobrador deficiente não consegue sair de ônibus em chamas e tem corpo queimado

20/4 – Oscilações de energia não têm relação com ataques em Fortaleza, tranquiliza Enel

20/4 – Polícia investiga se depósitos clandestinos venderam combustíveis usados em ataques

20/4 – Policiais de funções burocráticas vão às ruas para tentar conter caos na segurança

20/4Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

20/4Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 19 em menos de 24h