Sejus suspende visita de crianças a detentos em presídio onde menina foi estuprada

ITAITINGA

Sejus suspende visita de crianças a detentos em presídio onde menina foi estuprada

A garota de 11 anos foi vítima de estupro na Casa de Privação Provisória de Liberdade V, em Itaitinga. Polícia investiga o caso

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

15 de outubro de 2018 às 16:45

Há 1 mês
Presídio em referência a Após estupro de menina, Sejus suspende visitas de crianças à internos

O caso aconteceu no sábado, em Itaitinga, Grande Fortaleza (FOTO: Pexels)

Após uma menina de 11 anos ter sido estuprada por um detento enquanto visitava o pai, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) informou que as visitas de crianças a todos os internos que respondam por crimes contra a dignidade sexual estão suspensas.

O caso ocorreu na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL V), em Itaitinga – Região Metropolitana de Fortaleza – no último sábado (13).

As investigações estão a cargo da Delegacia Metropolitana de Itaitinga. De acordo com a Sejus, o interno foi conduzido para o isolamento até a conclusão das investigações.

“A visita de filhos e netos de internos sempre transcorreu normalmente, desde que acompanhados pelos responsáveis legais e que estejam cadastrados no Núcleo de Cadastro de Visitantes para tal fim”, afirma a nota.

Em entrevista ao programa Barra Pesada, a mãe da vítima informou que a menina saiu da cela junto ao pai, quando foi raptada por um detento. Segundo a mãe, a criança queria escrever o nome da professora em um presente que daria nesta semana.

A mãe da vítima informou ainda que a criança voltou para a cela assustada e disse que nunca mais iria voltar ao local, porque um homem pegou em suas partes íntimas. Logo em seguida, a mulher viu que a calcinha da criança estavam suja de sangue, constatando o crime.

Publicidade

Dê sua opinião

ITAITINGA

Sejus suspende visita de crianças a detentos em presídio onde menina foi estuprada

A garota de 11 anos foi vítima de estupro na Casa de Privação Provisória de Liberdade V, em Itaitinga. Polícia investiga o caso

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

15 de outubro de 2018 às 16:45

Há 1 mês
Presídio em referência a Após estupro de menina, Sejus suspende visitas de crianças à internos

O caso aconteceu no sábado, em Itaitinga, Grande Fortaleza (FOTO: Pexels)

Após uma menina de 11 anos ter sido estuprada por um detento enquanto visitava o pai, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) informou que as visitas de crianças a todos os internos que respondam por crimes contra a dignidade sexual estão suspensas.

O caso ocorreu na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL V), em Itaitinga – Região Metropolitana de Fortaleza – no último sábado (13).

As investigações estão a cargo da Delegacia Metropolitana de Itaitinga. De acordo com a Sejus, o interno foi conduzido para o isolamento até a conclusão das investigações.

“A visita de filhos e netos de internos sempre transcorreu normalmente, desde que acompanhados pelos responsáveis legais e que estejam cadastrados no Núcleo de Cadastro de Visitantes para tal fim”, afirma a nota.

Em entrevista ao programa Barra Pesada, a mãe da vítima informou que a menina saiu da cela junto ao pai, quando foi raptada por um detento. Segundo a mãe, a criança queria escrever o nome da professora em um presente que daria nesta semana.

A mãe da vítima informou ainda que a criança voltou para a cela assustada e disse que nunca mais iria voltar ao local, porque um homem pegou em suas partes íntimas. Logo em seguida, a mulher viu que a calcinha da criança estavam suja de sangue, constatando o crime.