Quatro mulheres são assassinadas na Grande Fortaleza no feriado do Réveillon

VIOLÊNCIA

Quatro mulheres são assassinadas na Grande Fortaleza no feriado do Réveillon

Duas delas eram jovens de 16 e 11 anos. O ano de 2017 acabou como o mais violento da história do Ceará

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

2 de Janeiro de 2018 às 10:40

Há 3 semanas

Os números podem ser ainda maiores do que os casos registrados pelo Barra Pesada (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Quatro mulheres foram mortas durante este fim de semana de passagem de ano, na Grande Fortaleza, casos registrados pelo programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT. Dois aconteceram durante a madrugada deste domingo (31). Um deles envolveu o homicídio de uma adolescente de 16 anos.

A vítima estava sentada em uma cadeira em sua casa, conversando com amigas, quando dois homens realizaram vários disparos contra ela. A jovem era mãe de um bebê de 6 meses.

O outro caso foi a morte de uma menina de 11 anos. O corpo da garota foi encontrado em uma estrada, no município de Pacajus, na Região de Metropolitana de Fortaleza. No local do crime, cápsulas de pistola foram encontradas. Até o momento, não se sabe a motivação do crime.

Em entrevista ao Barra Pesada, um socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), identificado como Fernandes, informou que outras duas mulheres teriam sido assassinadas no município.

Já na madrugada de domingo (31) para segunda (1), uma jovem de 20 anos foi morta a tiros nos últimos minutos de 2017. A vítima, identificada como Thaís de Sousa Silva, estava em uma festa de Réveillon, no Parque São João, no município de Maranguape.

Segundo informações da Polícia, dois homens chegaram ao local para executar a prima de Thaís, chamada Vitória Ribeiro. O alvo tentou fugir, mas foi baleada na perna e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região.

O último caso aconteceu na noite desta segunda-feira (1). O corpo de uma mulher foi encontrado na Lagoa da Libânia, no bairro Mondubim. Segundo informações de populares, o responsável pelo assassinato transitou pelo bairro com o corpo da vítima na garupa de uma motocicleta.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ainda não contabilizou o número de mulheres vítimas de homicídios na Grande Fortaleza durante este fim de semana.

2017, o ano mais violento do Ceará

Segundo dados preliminares da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Ceará registrou 4.492 0 homicídios até o dia 19 de novembro. O número deve ser ainda maior, pois a pasta ainda não contabilizou o número de mortes no último mês de dezembro. A quantidade é 53 a mais do que registrado em 2014, quando foram registrados 4.439 assassinatos.

Veja os casos no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10min desta terça-feira.

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

Quatro mulheres são assassinadas na Grande Fortaleza no feriado do Réveillon

Duas delas eram jovens de 16 e 11 anos. O ano de 2017 acabou como o mais violento da história do Ceará

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

2 de Janeiro de 2018 às 10:40

Há 3 semanas

Os números podem ser ainda maiores do que os casos registrados pelo Barra Pesada (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Quatro mulheres foram mortas durante este fim de semana de passagem de ano, na Grande Fortaleza, casos registrados pelo programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT. Dois aconteceram durante a madrugada deste domingo (31). Um deles envolveu o homicídio de uma adolescente de 16 anos.

A vítima estava sentada em uma cadeira em sua casa, conversando com amigas, quando dois homens realizaram vários disparos contra ela. A jovem era mãe de um bebê de 6 meses.

O outro caso foi a morte de uma menina de 11 anos. O corpo da garota foi encontrado em uma estrada, no município de Pacajus, na Região de Metropolitana de Fortaleza. No local do crime, cápsulas de pistola foram encontradas. Até o momento, não se sabe a motivação do crime.

Em entrevista ao Barra Pesada, um socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), identificado como Fernandes, informou que outras duas mulheres teriam sido assassinadas no município.

Já na madrugada de domingo (31) para segunda (1), uma jovem de 20 anos foi morta a tiros nos últimos minutos de 2017. A vítima, identificada como Thaís de Sousa Silva, estava em uma festa de Réveillon, no Parque São João, no município de Maranguape.

Segundo informações da Polícia, dois homens chegaram ao local para executar a prima de Thaís, chamada Vitória Ribeiro. O alvo tentou fugir, mas foi baleada na perna e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região.

O último caso aconteceu na noite desta segunda-feira (1). O corpo de uma mulher foi encontrado na Lagoa da Libânia, no bairro Mondubim. Segundo informações de populares, o responsável pelo assassinato transitou pelo bairro com o corpo da vítima na garupa de uma motocicleta.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ainda não contabilizou o número de mulheres vítimas de homicídios na Grande Fortaleza durante este fim de semana.

2017, o ano mais violento do Ceará

Segundo dados preliminares da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o Ceará registrou 4.492 0 homicídios até o dia 19 de novembro. O número deve ser ainda maior, pois a pasta ainda não contabilizou o número de mortes no último mês de dezembro. A quantidade é 53 a mais do que registrado em 2014, quando foram registrados 4.439 assassinatos.

Veja os casos no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10min desta terça-feira.