Professor é morto a facadas em Várzea Alegre; No local, havia material para tortura

ASSASSINADO EM CASA

Professor é morto a facadas em Várzea Alegre; No local, havia material para tortura

A polícia encontrou dentro de um carro, no local do crime, corda, luvas, fitas isolantes e adesivas, sacos pretos e álcool em gel

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

13 de Março de 2018 às 10:55

Há 6 meses

Professor foi morto a facadas nesta segunda-feira, em casa. (FOTO: Reprodução/Portal Váreza Alegre Agora)

Um homem foi morto a facadas nesta segunda-feira (12). O professor de português José Cláudio Gonçalves, de 51 anos, foi encontrado ainda vivo na própria residência, na cidade de Várzea Alegre, na região do Cariri, a 446 km de Fortaleza.

A vítima foi conduzida ao hospital pela equipe do Samu, mas não resistiu. Em perícia realizada no local do crime, a polícia teria encontrado uma arma. As informações são do portal Várzea Alegre Agora.

Ainda de acordo com a reportagem, a polícia informou que ao chegar ao local do crime encontrou o homem gritando por socorro e logo identificou diversas perfurações no corpo.

O representante comercial, que morava no bairro Zezinho Costa, foi conduzido pela equipe do Samu ao Hospital São Raimundo Nonato e depois transferido para o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

Na perícia realizada no local, segundo informações do portal, foram encontrados uma arma tipo combate e um carro Gol 1.0, de 2006, cor preto, placa HXR 2004. Dentro do veículo havia corda, luvas, fitas isolantes e adesivas, lanterna, sacos pretos e álcool em gel.

A polícia ainda disse que as placas estavam adulteradas com fitas adesivas. Além disso, um smartphone foi encontrado e apreendido assim como o carro, que está no pátio da delegacia. O corpo de José Cláudio está no rabecão do IML da cidade de Iguatu.

Publicidade

Dê sua opinião

ASSASSINADO EM CASA

Professor é morto a facadas em Várzea Alegre; No local, havia material para tortura

A polícia encontrou dentro de um carro, no local do crime, corda, luvas, fitas isolantes e adesivas, sacos pretos e álcool em gel

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

13 de Março de 2018 às 10:55

Há 6 meses

Professor foi morto a facadas nesta segunda-feira, em casa. (FOTO: Reprodução/Portal Váreza Alegre Agora)

Um homem foi morto a facadas nesta segunda-feira (12). O professor de português José Cláudio Gonçalves, de 51 anos, foi encontrado ainda vivo na própria residência, na cidade de Várzea Alegre, na região do Cariri, a 446 km de Fortaleza.

A vítima foi conduzida ao hospital pela equipe do Samu, mas não resistiu. Em perícia realizada no local do crime, a polícia teria encontrado uma arma. As informações são do portal Várzea Alegre Agora.

Ainda de acordo com a reportagem, a polícia informou que ao chegar ao local do crime encontrou o homem gritando por socorro e logo identificou diversas perfurações no corpo.

O representante comercial, que morava no bairro Zezinho Costa, foi conduzido pela equipe do Samu ao Hospital São Raimundo Nonato e depois transferido para o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

Na perícia realizada no local, segundo informações do portal, foram encontrados uma arma tipo combate e um carro Gol 1.0, de 2006, cor preto, placa HXR 2004. Dentro do veículo havia corda, luvas, fitas isolantes e adesivas, lanterna, sacos pretos e álcool em gel.

A polícia ainda disse que as placas estavam adulteradas com fitas adesivas. Além disso, um smartphone foi encontrado e apreendido assim como o carro, que está no pátio da delegacia. O corpo de José Cláudio está no rabecão do IML da cidade de Iguatu.