Paulista líder espiritual é preso em flagrante suspeito de estuprar jovens em Fortaleza
CRIME SEXUAL

Paulista líder espiritual é preso em flagrante suspeito de estuprar jovens em Fortaleza

Pelo menos cinco jovens foram estupradas, sendo duas meninas com idade inferior a 18 anos

Por Ana Clara Jovino em Segurança Pública

8 de março de 2017 às 19:53

Há 5 meses

Paulo Monteiro Amorim também trabalhava como corretor de imóveis (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O corretor de imóveis e líder espiritual identificado como Paulo Monteiro Amorim, de 53 anos, foi preso nesta quarta-feira (8) em flagrante, suspeito de abusar sexualmente de crianças e jovens. Pelo menos cinco jovens foram estupradas, sendo duas meninas com idade inferior a 18 anos.

O caso estava sendo investigado há duas semanas no 2º Distrito Policial. Segundo o inquérito, o líder espiritual levava as vítimas, integrantes da comunidade católica, para dormir em sua casa, alegando que ele faria uma meditação. Durante a noite, ele dava um remédio que fazia as vítimas dormirem e praticava os atos sexuais.

A suspeita é de que Paulo abusava sexualmente de jovens há seis anos, porém só há duas semanas que as vítimas começaram a comentar entre elas sobre o que supostamente acontecia, pois como ele dava um remédio para elas dormirem, não tinham certeza se era um sonho ou a realidade. Então, as famílias começaram a denunciar o líder espiritual.

Na casa dele, localizada no bairro Meireles, foram encontrados celulares e roupas íntimas femininas. Ele alega que as moças deixaram lá, após passarem a noite.

Com informações da repórter Emanuella Braga, da TV Jangadeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME SEXUAL

Paulista líder espiritual é preso em flagrante suspeito de estuprar jovens em Fortaleza

Pelo menos cinco jovens foram estupradas, sendo duas meninas com idade inferior a 18 anos

Por Ana Clara Jovino em Segurança Pública

8 de março de 2017 às 19:53

Há 5 meses

Paulo Monteiro Amorim também trabalhava como corretor de imóveis (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

O corretor de imóveis e líder espiritual identificado como Paulo Monteiro Amorim, de 53 anos, foi preso nesta quarta-feira (8) em flagrante, suspeito de abusar sexualmente de crianças e jovens. Pelo menos cinco jovens foram estupradas, sendo duas meninas com idade inferior a 18 anos.

O caso estava sendo investigado há duas semanas no 2º Distrito Policial. Segundo o inquérito, o líder espiritual levava as vítimas, integrantes da comunidade católica, para dormir em sua casa, alegando que ele faria uma meditação. Durante a noite, ele dava um remédio que fazia as vítimas dormirem e praticava os atos sexuais.

A suspeita é de que Paulo abusava sexualmente de jovens há seis anos, porém só há duas semanas que as vítimas começaram a comentar entre elas sobre o que supostamente acontecia, pois como ele dava um remédio para elas dormirem, não tinham certeza se era um sonho ou a realidade. Então, as famílias começaram a denunciar o líder espiritual.

Na casa dele, localizada no bairro Meireles, foram encontrados celulares e roupas íntimas femininas. Ele alega que as moças deixaram lá, após passarem a noite.

Com informações da repórter Emanuella Braga, da TV Jangadeiro.