Passeata deste sábado marca os 2 anos da Chacina da Grande Messejana

PRAIA DE IRACEMA

Passeata deste sábado marca os 2 anos da Chacina da Grande Messejana

A manifestação é o cume de uma série de atividade desenvolvidas ao longo da semana em alusão à efeméride. Em menos de quatro horas, onze pessoas foram mortas em quatro bairros da região

Por Lucas Barbosa em Segurança Pública

11 de novembro de 2017 às 06:45

Há 2 semanas

45 policias militares foram acusado pelo MPCE pelo crime. 34 devem ir a júri popular  (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Neste sábado (11), completam-se dois anos da série de 11 assassinatos que ficou conhecida como Chacina da Grande Messejana. Para marcar  a data, ocorre a “5ª Marcha da Periferia — #PorMemóriaEJustiça: 2 anos da Chacina da Grande Messejana“, às 15h, com concentração na Estátua de Iracema.

Ao longo de toda a semana, atividades em diversos bairros marcaram a data, assim como debateram a questão da violência policial. Foram, dentre outras, batalhas de hip hop em Cuca, exibição com debate do documentário Onze, que retrata o crime; e lançamento de exposição fotográfica “Perifa em Foto” de Gustavo Costa, do Coletivo Zoio no CUCA Jangurussu.

Nessa sexta-feira (10), ocorreu ainda o debate “Por memória e Justiça: contra a violência de Estado“, com a participação de mães de vítimas de violência policial de diversos estados. Estiveram presentes integrantes dos movimentos Mães de Maio, Mães de Manguinhos e Rede Contra a Violência. O evento foi realizado na Praça da Cruz Grande, no bairro Serrinha.

Saiba Mais

Pelo crime, 45 policiais militares foram denunciados pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). A Justiça, no entanto, recusou a denúncia no caso de um dos policiais. Foram pronunciados 34 acusados, que irão a júri popular — isso é, se  recurso que impuseram não for julgado procedente. Os outros dez acusados foram impronunciados e tiveram ordem para que seus processos fossem arquivados — decisão também contestada, dessa vez, pelo MPCE. O julgamento segue sem data para ser realizado. Os réus aguardam o julgamento em liberdade.

A chacina vitimou Alef Souza Cavalcante, Antônio Alisson Inácio Cardoso, Jardel Lima dos Santos, Marcelo da Silva Mendes, Pedro Alcântara Barroso do Nascimento, Patrício João Pinho Leite, Renayson Girão da Silva, Jandson Alexandre de Sousa, Valmir Ferreira da Conceição, Francisco Elenildo Pereira Chagas e José Gilvan Pinto Barbosa.

Relembre o caso através da cobertura de Tribuna do Ceará:

7 de julho — Chacina da Messejana: 34º policial é pronunciado e deve ir a júri popular

1º de junho — Mais 17 policiais acusados da Chacina da Messejana serão levados a júri popular

23 de maio — 17 policiais militares acusados de participar da Chacina da Messejana serão soltos

26 de abril — “Sou um PM injustiçado”, canta em música policial preso acusado da Chacina da Messejana

18 de abril — Após 7 meses presos, 8 policiais acusados de envolvimento na Chacina do Curió são soltos

23 de março — Capitão Wagner convoca população para protesto em favor de PMs presos por chacina do Curió

11 de fevereiro — 3 meses depois da chacina da Messejana, nada de resposta na investigação policial

17 de janeiro — Capitão Wagner aciona o CNJ para libertar policiais acusados da Chacina da Messejana

26 de novembro — 180 testemunhas de defesa de PMs já foram ouvidas sobre Chacina de Messejana

25 de novembro — Capitão Wagner dorme em barraca de camping para pedir liberdade de PMs acusados de chacina

12 de novembro — Um ano após Chacina da Messejana, comunidade se une através de ações culturais

11 de novembro — “Alívio só veio após prisão de PMs”, relata comunidade 1 ano após maior chacina do Ceará

9 de novembro — Ruas ganham nomes de vítimas da Chacina da Messejana a 3 dias de completar um ano

7 de outubro — 1ª audiência sobre chacina de Messejana tem protestos de familiares de PMs

22 de setembro — Filho de Bolsonaro visita PMs presos por acusação de participar da chacina do Curió

31 de agosto — Presos mais de 40 policiais acusados de envolvimento na chacina de Curió

7 de abril — Mais de 30 policiais serão indiciados por suspeita de envolvimento na maior chacina do Ceará

14 de março — Veja os 11 depoimentos mais chocantes do filme sobre a chacina que vitimou 11 jovens em Messejana

23 de novembro — Vítima da chacina de Messejana deixou viúva de 16 anos, já mãe de bebê de 3 meses

20 de novembro — Mãe de jovem morto em chacina contesta que ele respondia a ação por pensão alimentícia

17 de novembro — #TamoJuntoCurió: Página de apoio às vítimas de chacina vira febre em poucas horas

13 de novembro — Nenhuma das vítimas de chacina da Messejana tinha antecedentes criminais graves

13 de novembro – Sequência de mortes em Fortaleza aconteceu em 4 horas com pelos menos 4 adolescentes assassinados

12 de novembro – Escolas suspendem aulas por sequência de mortes na Grande Messejana

12 de novembro – Secretaria de Segurança monta força-tarefa para investigar mortes em sequência em Messejana

Publicidade

Dê sua opinião

PRAIA DE IRACEMA

Passeata deste sábado marca os 2 anos da Chacina da Grande Messejana

A manifestação é o cume de uma série de atividade desenvolvidas ao longo da semana em alusão à efeméride. Em menos de quatro horas, onze pessoas foram mortas em quatro bairros da região

Por Lucas Barbosa em Segurança Pública

11 de novembro de 2017 às 06:45

Há 2 semanas

45 policias militares foram acusado pelo MPCE pelo crime. 34 devem ir a júri popular  (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Neste sábado (11), completam-se dois anos da série de 11 assassinatos que ficou conhecida como Chacina da Grande Messejana. Para marcar  a data, ocorre a “5ª Marcha da Periferia — #PorMemóriaEJustiça: 2 anos da Chacina da Grande Messejana“, às 15h, com concentração na Estátua de Iracema.

Ao longo de toda a semana, atividades em diversos bairros marcaram a data, assim como debateram a questão da violência policial. Foram, dentre outras, batalhas de hip hop em Cuca, exibição com debate do documentário Onze, que retrata o crime; e lançamento de exposição fotográfica “Perifa em Foto” de Gustavo Costa, do Coletivo Zoio no CUCA Jangurussu.

Nessa sexta-feira (10), ocorreu ainda o debate “Por memória e Justiça: contra a violência de Estado“, com a participação de mães de vítimas de violência policial de diversos estados. Estiveram presentes integrantes dos movimentos Mães de Maio, Mães de Manguinhos e Rede Contra a Violência. O evento foi realizado na Praça da Cruz Grande, no bairro Serrinha.

Saiba Mais

Pelo crime, 45 policiais militares foram denunciados pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). A Justiça, no entanto, recusou a denúncia no caso de um dos policiais. Foram pronunciados 34 acusados, que irão a júri popular — isso é, se  recurso que impuseram não for julgado procedente. Os outros dez acusados foram impronunciados e tiveram ordem para que seus processos fossem arquivados — decisão também contestada, dessa vez, pelo MPCE. O julgamento segue sem data para ser realizado. Os réus aguardam o julgamento em liberdade.

A chacina vitimou Alef Souza Cavalcante, Antônio Alisson Inácio Cardoso, Jardel Lima dos Santos, Marcelo da Silva Mendes, Pedro Alcântara Barroso do Nascimento, Patrício João Pinho Leite, Renayson Girão da Silva, Jandson Alexandre de Sousa, Valmir Ferreira da Conceição, Francisco Elenildo Pereira Chagas e José Gilvan Pinto Barbosa.

Relembre o caso através da cobertura de Tribuna do Ceará:

7 de julho — Chacina da Messejana: 34º policial é pronunciado e deve ir a júri popular

1º de junho — Mais 17 policiais acusados da Chacina da Messejana serão levados a júri popular

23 de maio — 17 policiais militares acusados de participar da Chacina da Messejana serão soltos

26 de abril — “Sou um PM injustiçado”, canta em música policial preso acusado da Chacina da Messejana

18 de abril — Após 7 meses presos, 8 policiais acusados de envolvimento na Chacina do Curió são soltos

23 de março — Capitão Wagner convoca população para protesto em favor de PMs presos por chacina do Curió

11 de fevereiro — 3 meses depois da chacina da Messejana, nada de resposta na investigação policial

17 de janeiro — Capitão Wagner aciona o CNJ para libertar policiais acusados da Chacina da Messejana

26 de novembro — 180 testemunhas de defesa de PMs já foram ouvidas sobre Chacina de Messejana

25 de novembro — Capitão Wagner dorme em barraca de camping para pedir liberdade de PMs acusados de chacina

12 de novembro — Um ano após Chacina da Messejana, comunidade se une através de ações culturais

11 de novembro — “Alívio só veio após prisão de PMs”, relata comunidade 1 ano após maior chacina do Ceará

9 de novembro — Ruas ganham nomes de vítimas da Chacina da Messejana a 3 dias de completar um ano

7 de outubro — 1ª audiência sobre chacina de Messejana tem protestos de familiares de PMs

22 de setembro — Filho de Bolsonaro visita PMs presos por acusação de participar da chacina do Curió

31 de agosto — Presos mais de 40 policiais acusados de envolvimento na chacina de Curió

7 de abril — Mais de 30 policiais serão indiciados por suspeita de envolvimento na maior chacina do Ceará

14 de março — Veja os 11 depoimentos mais chocantes do filme sobre a chacina que vitimou 11 jovens em Messejana

23 de novembro — Vítima da chacina de Messejana deixou viúva de 16 anos, já mãe de bebê de 3 meses

20 de novembro — Mãe de jovem morto em chacina contesta que ele respondia a ação por pensão alimentícia

17 de novembro — #TamoJuntoCurió: Página de apoio às vítimas de chacina vira febre em poucas horas

13 de novembro — Nenhuma das vítimas de chacina da Messejana tinha antecedentes criminais graves

13 de novembro – Sequência de mortes em Fortaleza aconteceu em 4 horas com pelos menos 4 adolescentes assassinados

12 de novembro – Escolas suspendem aulas por sequência de mortes na Grande Messejana

12 de novembro – Secretaria de Segurança monta força-tarefa para investigar mortes em sequência em Messejana