Paraipaba tem aulas e atendimento público suspensos devido à violência
TIROTEIO

Paraipaba tem aulas e atendimento público suspensos devido à violência

A decisão da prefeitura é decorrente de uma ação criminosa, que terminou em morte e rendeu boatos de retaliação

Por Hayanne Narlla em Segurança Pública

17 de fevereiro de 2017 às 10:50

Há 3 meses
tiros-divulgacao

Houve troca de tiros (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

As escolas e os prédios públicos de Paraipaba, a 93 quilômetros de Fortaleza, estavam fechados nesta sexta-feira (17). A decisão é decorrente de uma ação criminoso, que terminou em morte e rendeu boatos de retaliação.

Na noite de quarta-feira (15), criminosos foram executar um homem bem próximo à delegacia da cidade. Policias tentaram intervir a ação e começou um tiroteio. Um suspeito de tráfico de drogas foi morto e dois homens suspeitos foram preso.

Foram presos: Thiago Marques do Nascimento, 27 anos, conhecido por “Mad Max” – que responde por tráfico de drogas; e Antônio Eduardo da Silva Geraldo, 21 anos, conhecido por “Dudu” – que já responde por crime de trânsito. Os dois estavam em um veículo, na companhia de Carlos Augusto Correa Caetano, 25 anos, conhecido por “Carlos Bombado”, e tentaram matar um desafeto em uma quadra poliesportiva da cidade.

Na fuga, os homens se depararam com uma composição policial, o que resultou em uma troca de tiros. “Carlos Bombado”, que era investigado por ser um dos líderes do tráfico de drogas na região e já respondia a dois homicídios, foi lesionado e veio a óbito no local. Com eles, a polícia apreendeu duas armas de fogo e munições. Os demais envolvidos foram indiciados em flagrante, na Delegacia Municipal de Paraipaba, por tentativa de homicídio, associação criminosa, desobediência e resistência.

Após o confronto, uma organização criminosa ameaçou os policiais de retaliação. Na madrugada desta sexta, tentar incendiar um coletivo em frente à cadeia pública.

Diante das possíveis ameaças, a Prefeitura de Paraipaba suspendeu as aulas da rede municipal e o atendimento de prédio públicos. Entretanto, os demais trabalhadores prosseguiram suas atividades. Alguns moradores estão preocupados, pois dizem nunca ter acontecido algo semelhante na cidade. Mas a vida segue rotineiramente no município.

A Polícia Militar reforçou a segurança da cidade. Viaturas de outros municípios foram acionadas e permanecem no local.

Confira nota da prefeitura

“A Prefeitura de Paraipaba, prezando sempre pela segurança dos alunos e de todos os seus colaboradores, informa que as aulas das escolas da Rede Municipal estão temporariamente suspensas, desde a tarde de ontem (16), retornando na próxima segunda-feira, dia 20 de fevereiro. Os prédios públicos também tiveram o atendimento ao público suspenso temporariamente, mas estão funcionando normalmente para atividades internas. Na próxima segunda-feira as atividades voltarão ao normal. A medida foi tomada após uma reunião que aconteceu entre o responsável pela polícia militar da Cidade, Tenente Cláudio, e representantes da Prefeitura”.

Publicidade

Dê sua opinião

TIROTEIO

Paraipaba tem aulas e atendimento público suspensos devido à violência

A decisão da prefeitura é decorrente de uma ação criminosa, que terminou em morte e rendeu boatos de retaliação

Por Hayanne Narlla em Segurança Pública

17 de fevereiro de 2017 às 10:50

Há 3 meses
tiros-divulgacao

Houve troca de tiros (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

As escolas e os prédios públicos de Paraipaba, a 93 quilômetros de Fortaleza, estavam fechados nesta sexta-feira (17). A decisão é decorrente de uma ação criminoso, que terminou em morte e rendeu boatos de retaliação.

Na noite de quarta-feira (15), criminosos foram executar um homem bem próximo à delegacia da cidade. Policias tentaram intervir a ação e começou um tiroteio. Um suspeito de tráfico de drogas foi morto e dois homens suspeitos foram preso.

Foram presos: Thiago Marques do Nascimento, 27 anos, conhecido por “Mad Max” – que responde por tráfico de drogas; e Antônio Eduardo da Silva Geraldo, 21 anos, conhecido por “Dudu” – que já responde por crime de trânsito. Os dois estavam em um veículo, na companhia de Carlos Augusto Correa Caetano, 25 anos, conhecido por “Carlos Bombado”, e tentaram matar um desafeto em uma quadra poliesportiva da cidade.

Na fuga, os homens se depararam com uma composição policial, o que resultou em uma troca de tiros. “Carlos Bombado”, que era investigado por ser um dos líderes do tráfico de drogas na região e já respondia a dois homicídios, foi lesionado e veio a óbito no local. Com eles, a polícia apreendeu duas armas de fogo e munições. Os demais envolvidos foram indiciados em flagrante, na Delegacia Municipal de Paraipaba, por tentativa de homicídio, associação criminosa, desobediência e resistência.

Após o confronto, uma organização criminosa ameaçou os policiais de retaliação. Na madrugada desta sexta, tentar incendiar um coletivo em frente à cadeia pública.

Diante das possíveis ameaças, a Prefeitura de Paraipaba suspendeu as aulas da rede municipal e o atendimento de prédio públicos. Entretanto, os demais trabalhadores prosseguiram suas atividades. Alguns moradores estão preocupados, pois dizem nunca ter acontecido algo semelhante na cidade. Mas a vida segue rotineiramente no município.

A Polícia Militar reforçou a segurança da cidade. Viaturas de outros municípios foram acionadas e permanecem no local.

Confira nota da prefeitura

“A Prefeitura de Paraipaba, prezando sempre pela segurança dos alunos e de todos os seus colaboradores, informa que as aulas das escolas da Rede Municipal estão temporariamente suspensas, desde a tarde de ontem (16), retornando na próxima segunda-feira, dia 20 de fevereiro. Os prédios públicos também tiveram o atendimento ao público suspenso temporariamente, mas estão funcionando normalmente para atividades internas. Na próxima segunda-feira as atividades voltarão ao normal. A medida foi tomada após uma reunião que aconteceu entre o responsável pela polícia militar da Cidade, Tenente Cláudio, e representantes da Prefeitura”.