Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti
CRIME DE ÓDIO

Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti

Dandara do Santos, 42 anos, foi agredida até a morte no Bairro Bom Jardim. Imagens foram compartilhadas na última sexta-feira (3)

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

4 de março de 2017 às 13:42

Há 3 meses
travesti-morta

(FOTO: Reprodução)

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), se pronunciou, neste sábado (4), a respeito da morte da travesti Dandara do Santos, 42 anos. Ela foi agredida até a morte no Bairro Bom Jardim, no dia 15 de fevereiro. O caso ganhou repercussão 15 dias depois, após as imagens do crime serem compartilhadas em redes sociais.

Em nota no Facebook, Camilo julgou o caso “repugnante e inaceitável” e determinou ao secretário de Segurança que trabalhe com “total empenho no sentido de identificar e punir cada um dos criminosos”.

Crime

Em imagens divulgadas nas redes sociais, pelo menos cinco jovens aparecem no vídeo com 1 minuto e 20 segundos de tortura. Os envolvidos no crime foram identificados, mas ainda não foram presos.

A polícia suspeita que a motivação seja homofobia. O caso gerou comoção entre moradores do Conjunto Ceará, onde Dandara morava, mas também em internautas, que pediam uma resolução para o crime.

Confira a nota do governador

Todo e qualquer ato que atente contra a vida tem o meu mais profundo repúdio. Desde o início do nosso governo, não temos medido esforços, juntamente com nossas forças de segurança, para combater a violência no Ceará. Nossa meta é reduzir, cada vez mais, os crimes contra a vida. Diante do repugnante e inaceitável crime do qual foi vítima Dandara dos Santos, em Fortaleza, determinei ao secretário da Segurança total empenho no sentido de identificar e punir cada um dos criminosos. Tenham certeza de que eles não ficarão impunes. Não iremos tolerar esse tipo de violência. Também determinei uma reunião imediata, já marcada para terça-feira, entre a SSPDS e a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para LGBT do Estado do Ceará, para que se faça um plano de proteção para as minorias, assim como tem sido desenvolvido em relação às mulheres. No ensejo, presto minha solidariedade à família e amigos de Dandara“.

Todo e qualquer ato que atente contra a vida tem o meu mais profundo repúdio. Desde o início do nosso governo, não temos…

Posted by Camilo Santana on Saturday, March 4, 2017

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME DE ÓDIO

Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti

Dandara do Santos, 42 anos, foi agredida até a morte no Bairro Bom Jardim. Imagens foram compartilhadas na última sexta-feira (3)

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

4 de março de 2017 às 13:42

Há 3 meses
travesti-morta

(FOTO: Reprodução)

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), se pronunciou, neste sábado (4), a respeito da morte da travesti Dandara do Santos, 42 anos. Ela foi agredida até a morte no Bairro Bom Jardim, no dia 15 de fevereiro. O caso ganhou repercussão 15 dias depois, após as imagens do crime serem compartilhadas em redes sociais.

Em nota no Facebook, Camilo julgou o caso “repugnante e inaceitável” e determinou ao secretário de Segurança que trabalhe com “total empenho no sentido de identificar e punir cada um dos criminosos”.

Crime

Em imagens divulgadas nas redes sociais, pelo menos cinco jovens aparecem no vídeo com 1 minuto e 20 segundos de tortura. Os envolvidos no crime foram identificados, mas ainda não foram presos.

A polícia suspeita que a motivação seja homofobia. O caso gerou comoção entre moradores do Conjunto Ceará, onde Dandara morava, mas também em internautas, que pediam uma resolução para o crime.

Confira a nota do governador

Todo e qualquer ato que atente contra a vida tem o meu mais profundo repúdio. Desde o início do nosso governo, não temos medido esforços, juntamente com nossas forças de segurança, para combater a violência no Ceará. Nossa meta é reduzir, cada vez mais, os crimes contra a vida. Diante do repugnante e inaceitável crime do qual foi vítima Dandara dos Santos, em Fortaleza, determinei ao secretário da Segurança total empenho no sentido de identificar e punir cada um dos criminosos. Tenham certeza de que eles não ficarão impunes. Não iremos tolerar esse tipo de violência. Também determinei uma reunião imediata, já marcada para terça-feira, entre a SSPDS e a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para LGBT do Estado do Ceará, para que se faça um plano de proteção para as minorias, assim como tem sido desenvolvido em relação às mulheres. No ensejo, presto minha solidariedade à família e amigos de Dandara“.

Todo e qualquer ato que atente contra a vida tem o meu mais profundo repúdio. Desde o início do nosso governo, não temos…

Posted by Camilo Santana on Saturday, March 4, 2017