Mulher é morta a tiros e tem corpo atropelado por moto várias vezes em Fortaleza

CRUELDADE

Mulher é morta a tiros e tem corpo atropelado por moto várias vezes em Fortaleza

Segundo a Polícia, nessa região houve 13 assassinatos em 10 dias. A dupla autora do crime ainda não foi identificada

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

9 de Fevereiro de 2018 às 11:14

Há 9 meses

O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (9) (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Uma jovem de 22 anos foi morta a tiros e teve seu corpo atropelado por uma moto várias vezes na tarde desta quinta-feira (8), no Bairro Granja Portugal, em Fortaleza. Segundo informações da Polícia, dois homens em uma motocicleta abordaram Joyce Raulino Barroso e a alvejaram. Depois, passaram a moto por cima do corpo.

O crime aconteceu na Rua Londrina. De acordo com os familiares, Joyce morava perto do local onde morreu e era usuária de drogas, mas não possuía dívidas com traficantes. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia, na mesma região onde Joyce foi morta, outros 13 assassinatos foram realizados durante um período de 10 dias.

A polícia trabalha em duas hipóteses para o motivo do homicídio. A primeira é que a vítima falava informações confidenciais. A segunda é que o crime tem relação com o homicídio de um adolescente que teve mãos e pés amarrados também no mesmo bairro.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 nesta sexta-feira (9).

Publicidade

Dê sua opinião

CRUELDADE

Mulher é morta a tiros e tem corpo atropelado por moto várias vezes em Fortaleza

Segundo a Polícia, nessa região houve 13 assassinatos em 10 dias. A dupla autora do crime ainda não foi identificada

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

9 de Fevereiro de 2018 às 11:14

Há 9 meses

O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (9) (Foto: Reprodução/Barra Pesada)

Uma jovem de 22 anos foi morta a tiros e teve seu corpo atropelado por uma moto várias vezes na tarde desta quinta-feira (8), no Bairro Granja Portugal, em Fortaleza. Segundo informações da Polícia, dois homens em uma motocicleta abordaram Joyce Raulino Barroso e a alvejaram. Depois, passaram a moto por cima do corpo.

O crime aconteceu na Rua Londrina. De acordo com os familiares, Joyce morava perto do local onde morreu e era usuária de drogas, mas não possuía dívidas com traficantes. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia, na mesma região onde Joyce foi morta, outros 13 assassinatos foram realizados durante um período de 10 dias.

A polícia trabalha em duas hipóteses para o motivo do homicídio. A primeira é que a vítima falava informações confidenciais. A segunda é que o crime tem relação com o homicídio de um adolescente que teve mãos e pés amarrados também no mesmo bairro.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 nesta sexta-feira (9).