Mulher é assassinada em bairro nobre de Fortaleza e motivação do crime segue sem resposta

MEIRELES

Mulher é assassinada em bairro nobre de Fortaleza e motivação do crime segue sem resposta

A motivação para o crime ainda não foi desvendada pela Polícia. A jovem caminhava para a casa da avó quando foi brutalmente assassinada com vários tiros

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

2 de outubro de 2017 às 09:41

Há 3 meses
O crime aconteceu no Meireles (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O crime aconteceu no Meireles (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Uma jovem de 18 anos foi assassinada no Bairro Meireles, na noite da última sexta-feira (29). O crime tem características de execução, mas a família não sabe a motivação.

A vítima identificada como Fernanda Vitória de Oliveira Costa estava caminhando para ir a casa da avó, quando foi surpreendida e morta com vários tiros.

Pessoas próximas ressalta que ela recebia ameaças. Porém, os detalhes sobre quem ameaçava e que tipo de indício seria não foi abordado por um familiar que preferiu não se identificar.

A Polícia que esteve no local tentou colher mais informações com testemunhas e parentes, mas ninguém saberia qual o motivo poderia ter sido para a jovem ser assassinada. A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa está investigando o caso.

Publicidade

Dê sua opinião

MEIRELES

Mulher é assassinada em bairro nobre de Fortaleza e motivação do crime segue sem resposta

A motivação para o crime ainda não foi desvendada pela Polícia. A jovem caminhava para a casa da avó quando foi brutalmente assassinada com vários tiros

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

2 de outubro de 2017 às 09:41

Há 3 meses
O crime aconteceu no Meireles (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O crime aconteceu no Meireles (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Uma jovem de 18 anos foi assassinada no Bairro Meireles, na noite da última sexta-feira (29). O crime tem características de execução, mas a família não sabe a motivação.

A vítima identificada como Fernanda Vitória de Oliveira Costa estava caminhando para ir a casa da avó, quando foi surpreendida e morta com vários tiros.

Pessoas próximas ressalta que ela recebia ameaças. Porém, os detalhes sobre quem ameaçava e que tipo de indício seria não foi abordado por um familiar que preferiu não se identificar.

A Polícia que esteve no local tentou colher mais informações com testemunhas e parentes, mas ninguém saberia qual o motivo poderia ter sido para a jovem ser assassinada. A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa está investigando o caso.