Mulher é assassinada 48h depois do companheiro, também morto em Caucaia

REGIÃO DO TRÁFICO

Mulher é assassinada 48h depois do companheiro, também morto em Caucaia

A vítima foi identificada como Elisângela Maria Lima de Oliveira, de 33 anos. A polícia investiga se os dois crimes têm alguma ligação

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

6 de dezembro de 2018 às 09:35

Há 1 semana
policia

Mulher é morta 48 horas depois de companheiro ter sido assassinado. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Uma mulher foi morta dois dias após o companheiro também ter sido assassinado, numa rua da Grande Jurema, em Caucaia. Elisângela Maria Lima de Oliveira, de 33 anos, teria sido vítima de vingança, mas a Polícia Civil investiga se os crimes têm alguma ligação.

O crime ocorreu nesta quarta-feira (5), na Rua Taubaté, no Conjunto Marechal Rondon. Elisângela era moradora da área e foi morta a tiros. Ela teria passagem pela polícia e pode ter sido vítima de vingança de inimigos.

A área é dominada por facção criminosa e pelo tráfico de drogas. A polícia investiga se os crimes têm alguma relação.

Confira a reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quinta-feira (6).

Publicidade

Dê sua opinião

REGIÃO DO TRÁFICO

Mulher é assassinada 48h depois do companheiro, também morto em Caucaia

A vítima foi identificada como Elisângela Maria Lima de Oliveira, de 33 anos. A polícia investiga se os dois crimes têm alguma ligação

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

6 de dezembro de 2018 às 09:35

Há 1 semana
policia

Mulher é morta 48 horas depois de companheiro ter sido assassinado. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Uma mulher foi morta dois dias após o companheiro também ter sido assassinado, numa rua da Grande Jurema, em Caucaia. Elisângela Maria Lima de Oliveira, de 33 anos, teria sido vítima de vingança, mas a Polícia Civil investiga se os crimes têm alguma ligação.

O crime ocorreu nesta quarta-feira (5), na Rua Taubaté, no Conjunto Marechal Rondon. Elisângela era moradora da área e foi morta a tiros. Ela teria passagem pela polícia e pode ter sido vítima de vingança de inimigos.

A área é dominada por facção criminosa e pelo tráfico de drogas. A polícia investiga se os crimes têm alguma relação.

Confira a reportagem no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quinta-feira (6).