Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

MOMENTO DE DESESPERO

Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

O homem está internado no IJF, no Centro. As regiões mais atingidas foram costas, antebraço e parte do peito

Por Hayanne Narlla em Segurança Pública

20 de Abril de 2017 às 10:37

Há 7 meses
onibus-incendiado

Ônibus incendiado em Fortaleza (FOTO: Reprodução)

O motorista atingido pelas chamas em ataque a ônibus nesta quarta-feira (19), em Fortaleza, segue internado. Ele teve o corpo queimado após o ônibus em que estava dirigindo ser incendiado por criminosos.

Segundo o secretário de Segurança, André Costa, o motorista ficou preso ao cinto de segurança, e por isso não conseguiu deixar o veículo a tempo.

O caso aconteceu no Bairro Barroso, e foi o primeiro da sequência de ataques a ônibus que vem acontecendo em Fortaleza.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Ceará (Sintro), Domingos Neto, a diretoria da entidade o visitou nesta quarta. Ele está internado no Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, onde fez pequenas cirurgias.

Ainda de acordo com Domingos, o motorista não corre risco de morte e está consciente. As regiões mais atingidas foram costas, antebraço e parte do peito

Ataques

Os ataques começaram no início da tarde da quarta-feira (19), quando vários ônibus foram incendiados em Fortaleza e região metropolitana. As empresas de ônibus resolveram recolher os veículos e paralisar o serviço devido à insegurança.

Durante a noite de quarta, a Segurança Pública e Defesa Social divulgou que seis homens foram presos suspeitos de envolvimento na onda de ataques. No total, até a madrugada de quinta, 17 ônibus foram incendiados na Região Metropolitana de Fortaleza.

Acompanhe a cobertura do caso:

20/4 – Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 19 em menos de 24h

20/4 – Três delegacias e dois bancos são alvos de atentado de bandidos durante a noite

19/4 – Seis homens são presos suspeitos de envolvimento em ataques a ônibus no Ceará

19/4 –  Em dia de caos, 12 ônibus são incendiados e motorista é queimado no Ceará

19/4 – Onda de ataques a ônibus é resultado de guerra entre 3 facções, alerta Conselho Penitenciário

19/4 – Carta deixada em ônibus incendiado ameaça explodir Assembleia e Secretaria de Segurança

19/4 – Ônibus são incendiados em vários bairros de Fortaleza e terminais são fechados

Publicidade

Dê sua opinião

MOMENTO DE DESESPERO

Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

O homem está internado no IJF, no Centro. As regiões mais atingidas foram costas, antebraço e parte do peito

Por Hayanne Narlla em Segurança Pública

20 de Abril de 2017 às 10:37

Há 7 meses
onibus-incendiado

Ônibus incendiado em Fortaleza (FOTO: Reprodução)

O motorista atingido pelas chamas em ataque a ônibus nesta quarta-feira (19), em Fortaleza, segue internado. Ele teve o corpo queimado após o ônibus em que estava dirigindo ser incendiado por criminosos.

Segundo o secretário de Segurança, André Costa, o motorista ficou preso ao cinto de segurança, e por isso não conseguiu deixar o veículo a tempo.

O caso aconteceu no Bairro Barroso, e foi o primeiro da sequência de ataques a ônibus que vem acontecendo em Fortaleza.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Ceará (Sintro), Domingos Neto, a diretoria da entidade o visitou nesta quarta. Ele está internado no Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, onde fez pequenas cirurgias.

Ainda de acordo com Domingos, o motorista não corre risco de morte e está consciente. As regiões mais atingidas foram costas, antebraço e parte do peito

Ataques

Os ataques começaram no início da tarde da quarta-feira (19), quando vários ônibus foram incendiados em Fortaleza e região metropolitana. As empresas de ônibus resolveram recolher os veículos e paralisar o serviço devido à insegurança.

Durante a noite de quarta, a Segurança Pública e Defesa Social divulgou que seis homens foram presos suspeitos de envolvimento na onda de ataques. No total, até a madrugada de quinta, 17 ônibus foram incendiados na Região Metropolitana de Fortaleza.

Acompanhe a cobertura do caso:

20/4 – Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 19 em menos de 24h

20/4 – Três delegacias e dois bancos são alvos de atentado de bandidos durante a noite

19/4 – Seis homens são presos suspeitos de envolvimento em ataques a ônibus no Ceará

19/4 –  Em dia de caos, 12 ônibus são incendiados e motorista é queimado no Ceará

19/4 – Onda de ataques a ônibus é resultado de guerra entre 3 facções, alerta Conselho Penitenciário

19/4 – Carta deixada em ônibus incendiado ameaça explodir Assembleia e Secretaria de Segurança

19/4 – Ônibus são incendiados em vários bairros de Fortaleza e terminais são fechados