Morre guarda municipal que estava internado após ser baleado em assalto
SOFRIMENTO

Morre guarda municipal que estava internado após ser baleado em assalto

O crime aconteceu após o guarda comprar ingressos para jogo entre Fortaleza e Salgueiro. Ele foi baleado na cabeça e estava internado no IJF

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

4 de agosto de 2017 às 19:01

Há 3 meses
Ezequiel era casado e tinha três filhos (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Ezequiel era casado e tinha três filhos (FOTO: Reprodução Whatsapp)

O guarda municipal Ezequiel Reinaldo da Silva Brito, 43 anos, faleceu na tarde desta sexta-feira (4), no Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Ele foi baleado na Avenida dos Expedicionários, em uma tentativa de assalto, na última sexta-feira (28).

O crime aconteceu logo após Ezequiel comprar ingressos para a partida entre Fortaleza e Salgueiro, que ocorreu no último sábado (29), na Arena Castelão. Ao ser abordado por dois homens em uma moto, o guarda teria esboçado reação. Ele foi baleado na cabeça.

Em nota divulgada pela Guarda Municipal, “os dirigentes da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã e Guarda Municipal de Fortaleza lamentam, profundamente, o ocorrido e se solidarizam com amigos e familiares do sangue azul marinho”.

As investigações sobre o ocorrido já estão a cargo das autoridades policiais. Ezequiel era casado e tinha três filhos. O corpo será velado na Assembleia de Deus Templo Central, na Maraponga.

Confira a nota

É com pesar que informamos o falecimento do subinspetor da Guarda Municipal de Fortaleza, Ezequiel Reinaldo da Silva Brito, que durante uma semana lutou pela vida.

Os dirigentes da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã e Guarda Municipal de Fortaleza lamentam, profundamente, o ocorrido e se solidarizam com amigos e familiares do sangue azul marinho.

Na sexta-feira passada, o subinspetor foi lesionado por um disparo de arma de fogo, enquanto saia de uma loja de materiais esportivos na Avenida Dos Expedicionários. As investigações sobre o fato criminoso já estão a cargo das autoridades policiais.

Publicidade

Dê sua opinião

SOFRIMENTO

Morre guarda municipal que estava internado após ser baleado em assalto

O crime aconteceu após o guarda comprar ingressos para jogo entre Fortaleza e Salgueiro. Ele foi baleado na cabeça e estava internado no IJF

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

4 de agosto de 2017 às 19:01

Há 3 meses
Ezequiel era casado e tinha três filhos (FOTO: Reprodução Whatsapp)

Ezequiel era casado e tinha três filhos (FOTO: Reprodução Whatsapp)

O guarda municipal Ezequiel Reinaldo da Silva Brito, 43 anos, faleceu na tarde desta sexta-feira (4), no Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Ele foi baleado na Avenida dos Expedicionários, em uma tentativa de assalto, na última sexta-feira (28).

O crime aconteceu logo após Ezequiel comprar ingressos para a partida entre Fortaleza e Salgueiro, que ocorreu no último sábado (29), na Arena Castelão. Ao ser abordado por dois homens em uma moto, o guarda teria esboçado reação. Ele foi baleado na cabeça.

Em nota divulgada pela Guarda Municipal, “os dirigentes da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã e Guarda Municipal de Fortaleza lamentam, profundamente, o ocorrido e se solidarizam com amigos e familiares do sangue azul marinho”.

As investigações sobre o ocorrido já estão a cargo das autoridades policiais. Ezequiel era casado e tinha três filhos. O corpo será velado na Assembleia de Deus Templo Central, na Maraponga.

Confira a nota

É com pesar que informamos o falecimento do subinspetor da Guarda Municipal de Fortaleza, Ezequiel Reinaldo da Silva Brito, que durante uma semana lutou pela vida.

Os dirigentes da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã e Guarda Municipal de Fortaleza lamentam, profundamente, o ocorrido e se solidarizam com amigos e familiares do sangue azul marinho.

Na sexta-feira passada, o subinspetor foi lesionado por um disparo de arma de fogo, enquanto saia de uma loja de materiais esportivos na Avenida Dos Expedicionários. As investigações sobre o fato criminoso já estão a cargo das autoridades policiais.