Menino de 7 anos é encontrado com o corpo carbonizado em estação de esgoto

VIOLÊNCIA EXTREMA

Menino de 7 anos é encontrado com o corpo carbonizado em estação de esgoto

Só foi possível para a mãe reconhecer o filho por causa das roupas que o garoto vestia quando saiu de casa para brincar

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

19 de dezembro de 2017 às 10:57

Há 1 ano

A criança havia ido brincar com os amigos da rua no último domingo, 17 (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Um menino de 7 anos foi encontrado morto dentro de uma estação de tratamento de esgoto, com o corpo parcialmente carbonizado, no Bairro Aracapé, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira (18). As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

De acordo com a mãe, que não quis se identificar, o menino M.H.G.O. havia saído de casa no fim da tarde do último domingo (17), para brincar com os seus amigos da rua, e não voltou mais. A criança costumava sair nesse horário e retornava para casa por volta das 21h.

Até o momento, ainda não se sabe se as causas da morte do menino. “Quando deu umas 21h, ele não voltou mais. Ele (criança) tinha saído no fim da tarde. Compartilhei em todos os grupos das redes sociais, mas ninguém sabia de nada”, informou a mãe.

Com o desaparecimento, os familiares buscaram a criança em casas de colegas e por outras ruas do bairro. Solicitaram também as imagens da câmera de monitoramento de uma estação de metrô que fica ao lado do sistema de esgoto onde o corpo foi encontrado.

“Já tinham saído para encontrá-lo em hospitais e no Instituto Médico Legal (IML) quando uma senhora veio e informou que tinham encontrado uma criança morta dentro de uma fossa”, explica a mãe. Segundo ela, a identificação só foi possível porque reconheceu a blusa azul que a criança estava vestida.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Civil do Ceará (PCCE) informa que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa está responsável pelas investigações sobre o caso.

Para saber as causas da morte, a PCCE pede a ajuda da população. Segundo a pasta, as denúncias podem ser feitas pelo Disque Denúncia por meio do número 181, para DHPP pelo número (85) 3527-8807 ou pelo Whatsapp da Divisão por meio do telefone (85) 9 9111-7498. As denúncias podem ser feitas confidenciais.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira.

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA EXTREMA

Menino de 7 anos é encontrado com o corpo carbonizado em estação de esgoto

Só foi possível para a mãe reconhecer o filho por causa das roupas que o garoto vestia quando saiu de casa para brincar

Por Daniel Rocha em Segurança Pública

19 de dezembro de 2017 às 10:57

Há 1 ano

A criança havia ido brincar com os amigos da rua no último domingo, 17 (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Um menino de 7 anos foi encontrado morto dentro de uma estação de tratamento de esgoto, com o corpo parcialmente carbonizado, no Bairro Aracapé, em Fortaleza, na noite desta segunda-feira (18). As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

De acordo com a mãe, que não quis se identificar, o menino M.H.G.O. havia saído de casa no fim da tarde do último domingo (17), para brincar com os seus amigos da rua, e não voltou mais. A criança costumava sair nesse horário e retornava para casa por volta das 21h.

Até o momento, ainda não se sabe se as causas da morte do menino. “Quando deu umas 21h, ele não voltou mais. Ele (criança) tinha saído no fim da tarde. Compartilhei em todos os grupos das redes sociais, mas ninguém sabia de nada”, informou a mãe.

Com o desaparecimento, os familiares buscaram a criança em casas de colegas e por outras ruas do bairro. Solicitaram também as imagens da câmera de monitoramento de uma estação de metrô que fica ao lado do sistema de esgoto onde o corpo foi encontrado.

“Já tinham saído para encontrá-lo em hospitais e no Instituto Médico Legal (IML) quando uma senhora veio e informou que tinham encontrado uma criança morta dentro de uma fossa”, explica a mãe. Segundo ela, a identificação só foi possível porque reconheceu a blusa azul que a criança estava vestida.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Civil do Ceará (PCCE) informa que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa está responsável pelas investigações sobre o caso.

Para saber as causas da morte, a PCCE pede a ajuda da população. Segundo a pasta, as denúncias podem ser feitas pelo Disque Denúncia por meio do número 181, para DHPP pelo número (85) 3527-8807 ou pelo Whatsapp da Divisão por meio do telefone (85) 9 9111-7498. As denúncias podem ser feitas confidenciais.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira.