Menina de 13 anos abusada sexualmente lamenta prisão de irmão, suposto pai de seu filho
GUAIÚBA

Menina de 13 anos abusada sexualmente lamenta prisão de irmão, suposto pai de seu filho

A jovem era abusada desde os oito anos de idade pelo pai, sob ameaça. A jovem está grávida, resultado dos abusos sexuais praticados pelo irmão, de 19 anos

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

4 de outubro de 2017 às 13:46

Há 2 semanas
O caso aconteceu em Guaiúba (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O caso aconteceu em Guaiúba (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A menina de 13 anos abusada sexualmente pelo pai e irmão lamenta a prisão do pai de seu filho. Ela indica que seu irmão materno a teria engravidado e revelou que está apaixonada por ele.

“Eu fiquei com ele porque quis, ele não me obrigou. Eu me apaixonei por ele”, revela em entrevista ao repórter Abraão Ramos, do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Mesmo tendo sido abusada sexualmente pelo irmão maior de idade, a garota afirma que o sentimento falou mais alto. “Saber eu sabia, mas quando a pessoa se apaixona faz tanta coisa. Eu consenti com ele. Desde julho que nós ficamos juntos”, comenta.

Já ao falar do pai, a reação é outra, quando a adolescente demonstra receio. “Com o outro eu nunca quis, nunca consenti. Ele sempre me ameaçou. A minha mãe tentava me defender, mas ele batia nela, apontava faca, espingarda e ela não tinha como fazer nada”, relatou a garota.

De acordo com a vítima, o pai sempre foi muito ciumento e agressivo. “Ninguém podia chegar perto de mim. Uma vez fiquei com um menino e ele disse que só iria sossegar se matasse o menino. Sempre foi assim”, afirma.

Agora, a dúvida da jovem é como irá criar criança sem o pai. “Daqui para a frente não sei como será. Ele está preso e quando essa criança nascer? E depois de alguns anos perguntar por ele? Como vou falar? É difícil, não gosto nem de pensar”, reflete.

Mãe sofria ameaças

A mãe da vítima e do acusado de abuso, o jovem de 19 anos, também afirma as agressões sofridas pelo marido. “Eu já desconfiava das coisas que ele fazia com ela, mas quando vi ele me bateu para não falar nada. Eu tentava defender, mas ele é muito agressivo e era difícil”, desabafa.

Segundo a outra vítima, algumas pessoas a acusam de culpa. “Ele vivia nos ameaçando. Eu não tenho culpa de nada, diferente do que estão comentando por aí. Eu tentava me meter, mas ele batia em mim também”, disse.

Apesar do abuso sexual também do irmão, a mãe se diz feliz com a gravidez da menina. “Eu fico alegre, porque tem a felicidade da criança, mas não sei como será porque ele está preso”, afirma.

O caso

A polícia prendeu, em três dias, pai e filho suspeitos do abuso sexual. A jovem era abusada desde os 8 anos de idade pelo pai, sob grave ameaça, relata o delegado Francisco Cavalcante, titular da Delegacia Metropolitana de Guaiúba, cidade da Grande Fortaleza onde moravam.

A jovem está grávida, resultado dos abusos sexuais praticados pelo irmão, que tem 19 anos, segundo o Conselho Tutelar de Guaiúba. Ele a abusava desde julho deste ano, apontam as investigações. A última vez, na madrugada desta terça-feira (3), de acordo com Francisco Cavalcante. A Polícia, então, passou a fazer buscas pelo suspeito, prendendo-o, ainda em flagrante, nesta manhã. Ele tentava fugir da cidade em uma topique.

Veja o vídeo:

Publicidade

Dê sua opinião

GUAIÚBA

Menina de 13 anos abusada sexualmente lamenta prisão de irmão, suposto pai de seu filho

A jovem era abusada desde os oito anos de idade pelo pai, sob ameaça. A jovem está grávida, resultado dos abusos sexuais praticados pelo irmão, de 19 anos

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

4 de outubro de 2017 às 13:46

Há 2 semanas
O caso aconteceu em Guaiúba (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O caso aconteceu em Guaiúba (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

A menina de 13 anos abusada sexualmente pelo pai e irmão lamenta a prisão do pai de seu filho. Ela indica que seu irmão materno a teria engravidado e revelou que está apaixonada por ele.

“Eu fiquei com ele porque quis, ele não me obrigou. Eu me apaixonei por ele”, revela em entrevista ao repórter Abraão Ramos, do Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Mesmo tendo sido abusada sexualmente pelo irmão maior de idade, a garota afirma que o sentimento falou mais alto. “Saber eu sabia, mas quando a pessoa se apaixona faz tanta coisa. Eu consenti com ele. Desde julho que nós ficamos juntos”, comenta.

Já ao falar do pai, a reação é outra, quando a adolescente demonstra receio. “Com o outro eu nunca quis, nunca consenti. Ele sempre me ameaçou. A minha mãe tentava me defender, mas ele batia nela, apontava faca, espingarda e ela não tinha como fazer nada”, relatou a garota.

De acordo com a vítima, o pai sempre foi muito ciumento e agressivo. “Ninguém podia chegar perto de mim. Uma vez fiquei com um menino e ele disse que só iria sossegar se matasse o menino. Sempre foi assim”, afirma.

Agora, a dúvida da jovem é como irá criar criança sem o pai. “Daqui para a frente não sei como será. Ele está preso e quando essa criança nascer? E depois de alguns anos perguntar por ele? Como vou falar? É difícil, não gosto nem de pensar”, reflete.

Mãe sofria ameaças

A mãe da vítima e do acusado de abuso, o jovem de 19 anos, também afirma as agressões sofridas pelo marido. “Eu já desconfiava das coisas que ele fazia com ela, mas quando vi ele me bateu para não falar nada. Eu tentava defender, mas ele é muito agressivo e era difícil”, desabafa.

Segundo a outra vítima, algumas pessoas a acusam de culpa. “Ele vivia nos ameaçando. Eu não tenho culpa de nada, diferente do que estão comentando por aí. Eu tentava me meter, mas ele batia em mim também”, disse.

Apesar do abuso sexual também do irmão, a mãe se diz feliz com a gravidez da menina. “Eu fico alegre, porque tem a felicidade da criança, mas não sei como será porque ele está preso”, afirma.

O caso

A polícia prendeu, em três dias, pai e filho suspeitos do abuso sexual. A jovem era abusada desde os 8 anos de idade pelo pai, sob grave ameaça, relata o delegado Francisco Cavalcante, titular da Delegacia Metropolitana de Guaiúba, cidade da Grande Fortaleza onde moravam.

A jovem está grávida, resultado dos abusos sexuais praticados pelo irmão, que tem 19 anos, segundo o Conselho Tutelar de Guaiúba. Ele a abusava desde julho deste ano, apontam as investigações. A última vez, na madrugada desta terça-feira (3), de acordo com Francisco Cavalcante. A Polícia, então, passou a fazer buscas pelo suspeito, prendendo-o, ainda em flagrante, nesta manhã. Ele tentava fugir da cidade em uma topique.

Veja o vídeo: