Mais dois suspeitos de envolvimento na morte de Dandara são capturados pela Polícia
TRANSFOBIA

Mais dois suspeitos de envolvimento na morte de Dandara são capturados pela Polícia

Dandara foi espancada e morta no dia 15 de fevereiro, no Bairro Bom Jardim, e teve o crime divulgado nas redes sociais pelos próprios torturadores

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

10 de março de 2017 às 09:24

Há 4 meses
Dandara foi morta em fevereiro. (FOTO: Reprodução)

Dandara foi morta em fevereiro, no Bom Jardim (FOTO: Reprodução)

Na última quinta-feira (9), o secretário de Segurança Pública do Ceará, André Costa, e o governador Camilo Santana divulgaram que Rafael Alves da Silva Paiva, de 21 anos, e um adolescente de 17 anos estão detidos suspeitos de participação no assassinato da travesti Dandara dos Santos. No total, são 7 pessoas presas suspeitas de envolvimento no crime.

Segundo informações divulgadas na coletiva, Rafael Alves foi preso em Maracanaú, e ele teria emprestado o carrinho de mão que levou Dandara para ser executada com tiros, após o espancamento. Mas ele negou a participação no assassinato, e foi levado para a delegacia no Bom Jardim.

Já o adolescente de 17 anos foi levado à Delegacia da Criança e do Adolescente e afirmou que foi ao local por boatos de que Dandara estava praticando roubos na região.

Cinco pessoas já estavam presas suspeitas de envolvimento no crime que aconteceu dia 15 de fevereiro, mas que só teve repercussão dias depois após a divulgação do vídeo nas redes sociais. Dandara foi espancada e depois foi executada com tiros.

Acompanhe o caso:

4 de março – Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti

4 de março – Vídeo mostra travesti Dandara à espera de socorro antes de ser morta

6 de março – Polícia está perto de identificar homens que mataram travesti brutalmente e filmaram crime

6 de março – Polícia intensificou investigações da morte de Dandara só após divulgação de vídeo feito por criminosos

7 de março – Ato contra LGBTfobia será realizado após travesti ser morta brutalmente no Bom Jardim

7 de março – 4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

7 de março5º suspeito de participar de assassinato de Dandara é preso na tarde desta terça

Publicidade

Dê sua opinião

TRANSFOBIA

Mais dois suspeitos de envolvimento na morte de Dandara são capturados pela Polícia

Dandara foi espancada e morta no dia 15 de fevereiro, no Bairro Bom Jardim, e teve o crime divulgado nas redes sociais pelos próprios torturadores

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

10 de março de 2017 às 09:24

Há 4 meses
Dandara foi morta em fevereiro. (FOTO: Reprodução)

Dandara foi morta em fevereiro, no Bom Jardim (FOTO: Reprodução)

Na última quinta-feira (9), o secretário de Segurança Pública do Ceará, André Costa, e o governador Camilo Santana divulgaram que Rafael Alves da Silva Paiva, de 21 anos, e um adolescente de 17 anos estão detidos suspeitos de participação no assassinato da travesti Dandara dos Santos. No total, são 7 pessoas presas suspeitas de envolvimento no crime.

Segundo informações divulgadas na coletiva, Rafael Alves foi preso em Maracanaú, e ele teria emprestado o carrinho de mão que levou Dandara para ser executada com tiros, após o espancamento. Mas ele negou a participação no assassinato, e foi levado para a delegacia no Bom Jardim.

Já o adolescente de 17 anos foi levado à Delegacia da Criança e do Adolescente e afirmou que foi ao local por boatos de que Dandara estava praticando roubos na região.

Cinco pessoas já estavam presas suspeitas de envolvimento no crime que aconteceu dia 15 de fevereiro, mas que só teve repercussão dias depois após a divulgação do vídeo nas redes sociais. Dandara foi espancada e depois foi executada com tiros.

Acompanhe o caso:

4 de março – Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti

4 de março – Vídeo mostra travesti Dandara à espera de socorro antes de ser morta

6 de março – Polícia está perto de identificar homens que mataram travesti brutalmente e filmaram crime

6 de março – Polícia intensificou investigações da morte de Dandara só após divulgação de vídeo feito por criminosos

7 de março – Ato contra LGBTfobia será realizado após travesti ser morta brutalmente no Bom Jardim

7 de março – 4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

7 de março5º suspeito de participar de assassinato de Dandara é preso na tarde desta terça