Jovem relata que foi agredido por ser gay, em Fortaleza; Vítima foi levada ao IJF

CRIME DE PRECONCEITO

Jovem relata que foi agredido por ser gay, em Fortaleza; Vítima foi levada ao IJF

O crime aconteceu no bairro Montese, na noite deste domingo (6). O rapaz foi encontrado com ferimentos na cabeça e levado ao IJF

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

7 de Maio de 2018 às 14:32

Há 6 meses
Samu, ambulância

Homem relata a socorristas do SAMU que foi espancado por ser gay. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um rapaz de 23 anos foi fortemente agredido na noite deste domingo (6), no bairro Montese, em Fortaleza. De acordo com relatos de moradores do local, o homem parecia fugir quando entrou na rua. Muitos gritos foram ouvidos. A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local.

“Ele está estável, mas requer cuidado. Está com dedos das mãos quebrados, tem lacerações na cabeça. Ele foi agredido pelo fato de ser gay, segundo ele”, disse o socorrista do Samu Daniel Santos.

Inicialmente, o homem foi amparado por populares, mas a ambulância do Samu não demorou a chegar ao local. O espancamento ocorreu na Rua Isaías Borís. A vítima foi levada para o Instituto Dr. José Frota (IJF) devido aos ferimentos na cabeça.

Veja detalhes no vídeo da matéria do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT: 

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME DE PRECONCEITO

Jovem relata que foi agredido por ser gay, em Fortaleza; Vítima foi levada ao IJF

O crime aconteceu no bairro Montese, na noite deste domingo (6). O rapaz foi encontrado com ferimentos na cabeça e levado ao IJF

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

7 de Maio de 2018 às 14:32

Há 6 meses
Samu, ambulância

Homem relata a socorristas do SAMU que foi espancado por ser gay. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um rapaz de 23 anos foi fortemente agredido na noite deste domingo (6), no bairro Montese, em Fortaleza. De acordo com relatos de moradores do local, o homem parecia fugir quando entrou na rua. Muitos gritos foram ouvidos. A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local.

“Ele está estável, mas requer cuidado. Está com dedos das mãos quebrados, tem lacerações na cabeça. Ele foi agredido pelo fato de ser gay, segundo ele”, disse o socorrista do Samu Daniel Santos.

Inicialmente, o homem foi amparado por populares, mas a ambulância do Samu não demorou a chegar ao local. O espancamento ocorreu na Rua Isaías Borís. A vítima foi levada para o Instituto Dr. José Frota (IJF) devido aos ferimentos na cabeça.

Veja detalhes no vídeo da matéria do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT: