Homem é preso por roubo e delegado descobre que ele já era procurado por matar a esposa

MANDADO EM ABERTO

Homem é preso por roubo e delegado descobre que ele já era procurado por matar a esposa

O homem contou que estrangulou a mulher por não aceitar a separação às vésperas do Carnaval. “Se a pessoa lhe trai, você faz o quê?!”, disse

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

15 de Fevereiro de 2018 às 18:00

Há 4 meses
O acusado foi preso na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

O acusado foi preso na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

Um homem de 36 anos suspeito de matar a esposa no último dia 3 de fevereiro foi preso nesta quarta-feira (14) no 13º Distrito Policial.

Segundo a Polícia Civil, o acusado possuía um mandado de prisão por roubo emitido pela 10ª Vara Criminal, mas a polícia tinha conhecimento do feminicídio.

Ao chegar à delegacia, o homem confessou ter assassinado a esposa. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Ele teria assassinado a mulher por estrangulamento após descobrir traição. O crime aconteceu por volta das 17h do dia 3 de fevereiro deste ano, na Rua Tenente Lisboa, no bairro Padre Andrade.

“Se a pessoa lhe trai, você faz o quê?! Ela era a minha esposa. Ela disse que ia me deixar para curtir o Carnaval. Eu ‘apenas’ estrangulei”, diz o acusado. Uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) foi acionada ao local para realizar as diligências necessárias sobre o caso. Um mandado de prisão será emitido.

A irmã da vítima, que optou por não se identificar, informou que mulher sofria constantes agressões do marido, com quem tem uma filha de 4 anos. Por medo de ser assassinada, ela não havia feito nenhum Boletim de Ocorrência (BO). “Ela sofria ameaças caso denunciasse”, ressalta.

No dia do crime, a família recebeu um telefonema informando que a vítima tinha sido agredida e que estava deitada no sofá da casa do acusado. Imediatamente, os irmãos da mulher a levaram para um hospital, quando os médicos afirmaram que ela estava morta há horas.

“Quando chegou no hospital, fazia tempo que ela estava morta. Ele batia nela com frequência. Ela morreu lá. Todo mundo da família dele viu. Minha irmã era uma mulher trabalhadora”, lamenta indignada.

A Secretaria de Segurança Pública (SSPDS) informou por meio de nota que iniciou todos os procedimentos para que fosse expedido o mandado de prisão do suspeito, pelo crime de feminicídio.

Segue a nota da SSPDS:

Policiais do 10º Distrito Policial (DP) prenderam, nessa quarta-feira (14), um homem que tinha contra ele um mandado de prisão em aberto por roubo. A ação foi desencadeada no bairro Padre Andrade, Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6). Ao ser apresentado na delegacia, foi constatado que o indivíduo era suspeito de cometer um homicídio contra sua ex-companheira, crime este registrado no dia 3 de fevereiro de 2018.

De posse do mandado de prisão, expedido pela 10ª Vara Criminal, os policiais seguiram até a Avenida Tenente Lisboa, onde localizaram Frank Júnior Sousa da Silva (35). Ele foi abordado e conduzido pelos agentes de segurança até o 10º DP.

Além da prisão por roubo, o homem é suspeito de cometer um homicídio contra sua companheira, identificada como Jaqueline dos Santos Silva (34). Após sua chegada na unidade policial, uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) foi acionada, para colher o depoimento do indivíduo.

Aos agentes de segurança, Frank Júnior disse ter cometido o crime motivado por ciúmes. Após ouvir o depoimento, a delegada da DDM, Rebeca Nóbrega, iniciou todos os procedimentos para que fosse expedido o mandado de prisão do suspeito, pelo crime de feminicídio.

* O Tribuna do Ceará opta por não identificar os envolvidos no crime para preservar a identidade dos familiares da vítima.

Publicidade

Dê sua opinião

MANDADO EM ABERTO

Homem é preso por roubo e delegado descobre que ele já era procurado por matar a esposa

O homem contou que estrangulou a mulher por não aceitar a separação às vésperas do Carnaval. “Se a pessoa lhe trai, você faz o quê?!”, disse

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

15 de Fevereiro de 2018 às 18:00

Há 4 meses
O acusado foi preso na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

O acusado foi preso na tarde desta quarta-feira (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

Um homem de 36 anos suspeito de matar a esposa no último dia 3 de fevereiro foi preso nesta quarta-feira (14) no 13º Distrito Policial.

Segundo a Polícia Civil, o acusado possuía um mandado de prisão por roubo emitido pela 10ª Vara Criminal, mas a polícia tinha conhecimento do feminicídio.

Ao chegar à delegacia, o homem confessou ter assassinado a esposa. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Ele teria assassinado a mulher por estrangulamento após descobrir traição. O crime aconteceu por volta das 17h do dia 3 de fevereiro deste ano, na Rua Tenente Lisboa, no bairro Padre Andrade.

“Se a pessoa lhe trai, você faz o quê?! Ela era a minha esposa. Ela disse que ia me deixar para curtir o Carnaval. Eu ‘apenas’ estrangulei”, diz o acusado. Uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) foi acionada ao local para realizar as diligências necessárias sobre o caso. Um mandado de prisão será emitido.

A irmã da vítima, que optou por não se identificar, informou que mulher sofria constantes agressões do marido, com quem tem uma filha de 4 anos. Por medo de ser assassinada, ela não havia feito nenhum Boletim de Ocorrência (BO). “Ela sofria ameaças caso denunciasse”, ressalta.

No dia do crime, a família recebeu um telefonema informando que a vítima tinha sido agredida e que estava deitada no sofá da casa do acusado. Imediatamente, os irmãos da mulher a levaram para um hospital, quando os médicos afirmaram que ela estava morta há horas.

“Quando chegou no hospital, fazia tempo que ela estava morta. Ele batia nela com frequência. Ela morreu lá. Todo mundo da família dele viu. Minha irmã era uma mulher trabalhadora”, lamenta indignada.

A Secretaria de Segurança Pública (SSPDS) informou por meio de nota que iniciou todos os procedimentos para que fosse expedido o mandado de prisão do suspeito, pelo crime de feminicídio.

Segue a nota da SSPDS:

Policiais do 10º Distrito Policial (DP) prenderam, nessa quarta-feira (14), um homem que tinha contra ele um mandado de prisão em aberto por roubo. A ação foi desencadeada no bairro Padre Andrade, Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6). Ao ser apresentado na delegacia, foi constatado que o indivíduo era suspeito de cometer um homicídio contra sua ex-companheira, crime este registrado no dia 3 de fevereiro de 2018.

De posse do mandado de prisão, expedido pela 10ª Vara Criminal, os policiais seguiram até a Avenida Tenente Lisboa, onde localizaram Frank Júnior Sousa da Silva (35). Ele foi abordado e conduzido pelos agentes de segurança até o 10º DP.

Além da prisão por roubo, o homem é suspeito de cometer um homicídio contra sua companheira, identificada como Jaqueline dos Santos Silva (34). Após sua chegada na unidade policial, uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) foi acionada, para colher o depoimento do indivíduo.

Aos agentes de segurança, Frank Júnior disse ter cometido o crime motivado por ciúmes. Após ouvir o depoimento, a delegada da DDM, Rebeca Nóbrega, iniciou todos os procedimentos para que fosse expedido o mandado de prisão do suspeito, pelo crime de feminicídio.

* O Tribuna do Ceará opta por não identificar os envolvidos no crime para preservar a identidade dos familiares da vítima.