Homem ateou fogo à casa para que Polícia achasse que mulher e filhos morreram em acidente

CRIME BÁRBARO

Homem ateou fogo à casa para que Polícia achasse que mulher e filhos morreram em acidente

Francisco Clóvis Camelo, de 50 anos, matou a esposa a pauladas, e depois os filhos de 10, 8 e 5 anos. Para dificultar a investigação, incendiou a casa

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

6 de dezembro de 2017 às 15:01

Há 1 semana
O homem é suspeito de matar a esposa e os filhos por não aceitar o fim do relacionamento (FOTO: Reprodução)

O homem disse que matou a esposa e os filhos por não aceitar o fim do relacionamento (FOTO: Reprodução)

O homem suspeito de matar a esposa e os três filhos, em Ipueiras, confessou o crime após ser preso nesta quarta-feira (6). Francisco Clóvis Camelo, de 50 anos, está preso na delegacia de Crateús, e deu detalhes do ato brutal que cometeu.

Em entrevista ao repórter Tony Sales, da Rádio Vale do Rio Poty, a delegada Ana Scott que colheu o depoimento de Francisco Clóvis Camelo repassou o que foi dito no depoimento.

“Ele disse que matou todos a pauladas. A esposa primeiro e, quando as crianças viram, tentaram defender a mãe, mas também foram assassinadas. Uma das crianças ainda correu para o quarto, porém ele conseguiu alcançá-la e também a matou”, diz a delegada.

A motivação para o crime, segundo ele, seria o fim do relacionamento. “Ele não queria aceitar o fim do relacionamento. O suspeito disse que foi um momento de desespero”, relata. De acordo com a delegada, ele será conduzido a Fortaleza.

O caso

O crime ocorreu na segunda-feira (4). Uma mulher e três crianças foram mortas em um incêndio que atingiu a casa onde moravam, na localidade de Pai Mané, em Ipueiras, a 304 quilômetros de Fortaleza. O suspeito do suposto incêndio criminoso é o companheiro e padrasto das vítimas.

O fogo foi apagado pelos próprios moradores da região, de acordo com informações do Destacamento da Polícia Militar no Município. Em seguida, quatro corpos foram encontrados. A mulher tinha 30 anos, e os filhos 10, 8 e 5 anos.

Publicidade

Dê sua opinião

CRIME BÁRBARO

Homem ateou fogo à casa para que Polícia achasse que mulher e filhos morreram em acidente

Francisco Clóvis Camelo, de 50 anos, matou a esposa a pauladas, e depois os filhos de 10, 8 e 5 anos. Para dificultar a investigação, incendiou a casa

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

6 de dezembro de 2017 às 15:01

Há 1 semana
O homem é suspeito de matar a esposa e os filhos por não aceitar o fim do relacionamento (FOTO: Reprodução)

O homem disse que matou a esposa e os filhos por não aceitar o fim do relacionamento (FOTO: Reprodução)

O homem suspeito de matar a esposa e os três filhos, em Ipueiras, confessou o crime após ser preso nesta quarta-feira (6). Francisco Clóvis Camelo, de 50 anos, está preso na delegacia de Crateús, e deu detalhes do ato brutal que cometeu.

Em entrevista ao repórter Tony Sales, da Rádio Vale do Rio Poty, a delegada Ana Scott que colheu o depoimento de Francisco Clóvis Camelo repassou o que foi dito no depoimento.

“Ele disse que matou todos a pauladas. A esposa primeiro e, quando as crianças viram, tentaram defender a mãe, mas também foram assassinadas. Uma das crianças ainda correu para o quarto, porém ele conseguiu alcançá-la e também a matou”, diz a delegada.

A motivação para o crime, segundo ele, seria o fim do relacionamento. “Ele não queria aceitar o fim do relacionamento. O suspeito disse que foi um momento de desespero”, relata. De acordo com a delegada, ele será conduzido a Fortaleza.

O caso

O crime ocorreu na segunda-feira (4). Uma mulher e três crianças foram mortas em um incêndio que atingiu a casa onde moravam, na localidade de Pai Mané, em Ipueiras, a 304 quilômetros de Fortaleza. O suspeito do suposto incêndio criminoso é o companheiro e padrasto das vítimas.

O fogo foi apagado pelos próprios moradores da região, de acordo com informações do Destacamento da Polícia Militar no Município. Em seguida, quatro corpos foram encontrados. A mulher tinha 30 anos, e os filhos 10, 8 e 5 anos.