Homem apontado como fornecedor de drogas na Bolívia é preso em motel no Ceará

TRÁFICO E LAVAGEM DE DINHEIRO

Homem apontado como fornecedor de drogas na Bolívia é preso em motel no Ceará

O mandado de prisão foi expedido em Mato Grosso do Sul e cumprido na cidade de Crato, região do Cariri; ele seria integrante de uma organização criminosa ligada ao tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

20 de julho de 2018 às 19:31

Há 3 meses
Policiais federais

Prisão foi efetuada pela Polícia Federal no Crato (FOTO: Marcelo Camargo/ Arquivo Agência Brasil)

Um homem foi preso pela Polícia Federal (PF) na cidade de Crato, no Cariri, nesta sexta-feira (20). Adriano Moreira da Silva, conhecido como Zarolho, tinha mandado de prisão expedido em Mato Grosso do Sul e seria fornecedor de drogas na Bolívia.

A prisão aconteceu em um motel onde Adriano estava hospedado com mais cinco pessoas. A TV Jangadeiro apurou que ele seria integrante de uma organização criminosa ligada ao tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro que atuava nas cidades de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Durante as investigações, a Polícia Federal, já havia apreendido um homem com quase 900 mil dólares, o valor pagaria parte de um parcelamento de mais de 1 milhão de dólares para Zarolho. A quantia seria referente a duas cargas de 400 quilos de cocaína.

Uma empresa de fachada ligada à organização criminosa teria bens avaliados na cidade de São Paulo em mais de R$ 3 milhões. Um dos homens ligados ao grupo recebeu depósitos de uma empresa operada por um doleiro investigado na Operação Lava Jato. Após a prisão, Zarolho foi levado para a PF na cidade de Juazeiro do Norte.

Publicidade

Dê sua opinião

TRÁFICO E LAVAGEM DE DINHEIRO

Homem apontado como fornecedor de drogas na Bolívia é preso em motel no Ceará

O mandado de prisão foi expedido em Mato Grosso do Sul e cumprido na cidade de Crato, região do Cariri; ele seria integrante de uma organização criminosa ligada ao tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

20 de julho de 2018 às 19:31

Há 3 meses
Policiais federais

Prisão foi efetuada pela Polícia Federal no Crato (FOTO: Marcelo Camargo/ Arquivo Agência Brasil)

Um homem foi preso pela Polícia Federal (PF) na cidade de Crato, no Cariri, nesta sexta-feira (20). Adriano Moreira da Silva, conhecido como Zarolho, tinha mandado de prisão expedido em Mato Grosso do Sul e seria fornecedor de drogas na Bolívia.

A prisão aconteceu em um motel onde Adriano estava hospedado com mais cinco pessoas. A TV Jangadeiro apurou que ele seria integrante de uma organização criminosa ligada ao tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro que atuava nas cidades de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Durante as investigações, a Polícia Federal, já havia apreendido um homem com quase 900 mil dólares, o valor pagaria parte de um parcelamento de mais de 1 milhão de dólares para Zarolho. A quantia seria referente a duas cargas de 400 quilos de cocaína.

Uma empresa de fachada ligada à organização criminosa teria bens avaliados na cidade de São Paulo em mais de R$ 3 milhões. Um dos homens ligados ao grupo recebeu depósitos de uma empresa operada por um doleiro investigado na Operação Lava Jato. Após a prisão, Zarolho foi levado para a PF na cidade de Juazeiro do Norte.