Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 21 em somente 24h
SEGURANÇA PÚBLICA

Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 21 em somente 24h

Logo cedo, mais dois ataques ocorreram nos bairros Vila Velha e Castelo Encantado

Por Lucas Barbosa em Segurança Pública

20 de abril de 2017 às 10:12

Há 5 meses
Rua do Vila Velha onde ônibus foi atacado tem inscrição ordenando fim de roubos (FOTO: Enviado por leitor via Whatsapp)

Rua do Vila Velha onde ônibus foi atacado tem inscrição ordenando fim de roubos (FOTO: Enviado por leitor via Whatsapp)

Fortaleza não ficou muitas horas sem registar ataques a ônibus nesta quinta-feira (20). Logo cedo, mais dois ocorreram nos bairros Vila Velha e Castelo Encantado. No fim da manhã, mais dois, no Álvaro Weyne e no Jardim Fluminense.

Assim, já são 19 veículos incendiados desde a tarde desta quarta-feira (19), na Região Metropolitana de Fortaleza.

Os ônibus que operam no “Corujão” receberam escolta na madrugada desta quinta-feira (20). O dia, porém, começou com expediente normal, afirmou o presidente do Sintro, Domingos Neto.

Ele disse ter recebido do Comando da Polícia Militar (PM), ainda nessa quarta-feira, garantia de “maior atenção” aos ônibus nos locais em que foram registrados os atentados. Nesta manhã, até as 9h30min, o funcionamento era normal, garantia o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). 

Nesta manhã, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) se reúne para debater, dentre outros assuntos, a segurança dos trabalhadores em ônibus.

“Que fique claro que a violência não foi só ontem, passageiros e trabalhadores sofrem a bastante tempo a violência nos coletivos. Não queremos segurança só nesses dias de ataque”, afirma Domingos Neto.

Até a noite dessa quarta-feira (19), seis pessoas haviam sido presas por suspeitas de envolvimento nos ataques, que seriam orquestrados de dentro de presídios da Grande Fortaleza. Seria uma exigência dos criminosos para transferências.

Veja vídeo de ataque desta quinta:

Publicidade

Dê sua opinião

SEGURANÇA PÚBLICA

Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 21 em somente 24h

Logo cedo, mais dois ataques ocorreram nos bairros Vila Velha e Castelo Encantado

Por Lucas Barbosa em Segurança Pública

20 de abril de 2017 às 10:12

Há 5 meses
Rua do Vila Velha onde ônibus foi atacado tem inscrição ordenando fim de roubos (FOTO: Enviado por leitor via Whatsapp)

Rua do Vila Velha onde ônibus foi atacado tem inscrição ordenando fim de roubos (FOTO: Enviado por leitor via Whatsapp)

Fortaleza não ficou muitas horas sem registar ataques a ônibus nesta quinta-feira (20). Logo cedo, mais dois ocorreram nos bairros Vila Velha e Castelo Encantado. No fim da manhã, mais dois, no Álvaro Weyne e no Jardim Fluminense.

Assim, já são 19 veículos incendiados desde a tarde desta quarta-feira (19), na Região Metropolitana de Fortaleza.

Os ônibus que operam no “Corujão” receberam escolta na madrugada desta quinta-feira (20). O dia, porém, começou com expediente normal, afirmou o presidente do Sintro, Domingos Neto.

Ele disse ter recebido do Comando da Polícia Militar (PM), ainda nessa quarta-feira, garantia de “maior atenção” aos ônibus nos locais em que foram registrados os atentados. Nesta manhã, até as 9h30min, o funcionamento era normal, garantia o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus). 

Nesta manhã, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) se reúne para debater, dentre outros assuntos, a segurança dos trabalhadores em ônibus.

“Que fique claro que a violência não foi só ontem, passageiros e trabalhadores sofrem a bastante tempo a violência nos coletivos. Não queremos segurança só nesses dias de ataque”, afirma Domingos Neto.

Até a noite dessa quarta-feira (19), seis pessoas haviam sido presas por suspeitas de envolvimento nos ataques, que seriam orquestrados de dentro de presídios da Grande Fortaleza. Seria uma exigência dos criminosos para transferências.

Veja vídeo de ataque desta quinta: