Família de mulher morta em colisão entre ônibus e caminhão pede ajuda para cuidar de criança salva

DRAMA FAMILIAR

Família de mulher morta em colisão entre ônibus e caminhão pede ajuda para cuidar de criança salva

Viúvo, José Nicácio conta com o apoio da família da esposa para cuidar das três crianças, a mais jovem com paralisia cerebral

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

17 de setembro de 2018 às 11:30

Há 3 meses
jose-nicacio

Viúvo pede ajuda para cuidar de filha com paralisia cerebral. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Há uma semana, Thaís Silva de Almeida, de 27 anos, morreu em colisão de um ônibus com um caminhão, na Avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza. A mulher, que estava com a filha pequena nos braços, jogou a criança nos braços de um passageiro e conseguiu salvá-la. Vitória tem paralisia cerebral. Ela completou três anos no último sábado (15) e a família pede ajuda, informa o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

“Quem dá força pra gente é Deus. E aqui todos nós estamos ajudando a cuidar dela. Ela precisa de cuidados especiais, de fralda, leite, ela vai aos médicos… Quem fazia isso com ela era a minha irmã. A gente precisa de transporte para ela ir ao médico. Ela faz tratamento no Sarah, no Iprede, Hospital Geral… Ela precisa da cadeira Zeus. Minha mãe, que fica com ela muitas vezes, não tem como ficar com ela sempre nos braços. Ela pesa muito e está crescendo. A gente precisa dessa cadeira”, disse a irmã da vítima, Sâmia Maria.

Inconsolável, o viúvo e pai das três crianças, José Nicácio, confessa que não tem dormido durante a noite e conta com o apoio da família da companheira para cuidar dos filhos.

“É muito difícil, não tenho dormido. Eu conheci a pessoa que salvou a vida da minha filha, ele chegou a relatar o que aconteceu. Não tive como escutar nem a metade do que ele falou. Muito triste. Uma falta de responsabilidade daquela, minha esposa morreu esmagada. Só Deus sabe o que estou passando. Tenho aqui essas três crianças… Graças a Deus tem a família Thaís me ajudando”, desabafou Nicácio.

Quem tiver interesse em ajudar pode entrar em contato com o viúvo José Nicácio (98863-0521) ou com a produção do Barra Pesada (3466-3038).

Confira a reportagem no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta segunda-feira (17).

Publicidade

Dê sua opinião

DRAMA FAMILIAR

Família de mulher morta em colisão entre ônibus e caminhão pede ajuda para cuidar de criança salva

Viúvo, José Nicácio conta com o apoio da família da esposa para cuidar das três crianças, a mais jovem com paralisia cerebral

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

17 de setembro de 2018 às 11:30

Há 3 meses
jose-nicacio

Viúvo pede ajuda para cuidar de filha com paralisia cerebral. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Há uma semana, Thaís Silva de Almeida, de 27 anos, morreu em colisão de um ônibus com um caminhão, na Avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza. A mulher, que estava com a filha pequena nos braços, jogou a criança nos braços de um passageiro e conseguiu salvá-la. Vitória tem paralisia cerebral. Ela completou três anos no último sábado (15) e a família pede ajuda, informa o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

“Quem dá força pra gente é Deus. E aqui todos nós estamos ajudando a cuidar dela. Ela precisa de cuidados especiais, de fralda, leite, ela vai aos médicos… Quem fazia isso com ela era a minha irmã. A gente precisa de transporte para ela ir ao médico. Ela faz tratamento no Sarah, no Iprede, Hospital Geral… Ela precisa da cadeira Zeus. Minha mãe, que fica com ela muitas vezes, não tem como ficar com ela sempre nos braços. Ela pesa muito e está crescendo. A gente precisa dessa cadeira”, disse a irmã da vítima, Sâmia Maria.

Inconsolável, o viúvo e pai das três crianças, José Nicácio, confessa que não tem dormido durante a noite e conta com o apoio da família da companheira para cuidar dos filhos.

“É muito difícil, não tenho dormido. Eu conheci a pessoa que salvou a vida da minha filha, ele chegou a relatar o que aconteceu. Não tive como escutar nem a metade do que ele falou. Muito triste. Uma falta de responsabilidade daquela, minha esposa morreu esmagada. Só Deus sabe o que estou passando. Tenho aqui essas três crianças… Graças a Deus tem a família Thaís me ajudando”, desabafou Nicácio.

Quem tiver interesse em ajudar pode entrar em contato com o viúvo José Nicácio (98863-0521) ou com a produção do Barra Pesada (3466-3038).

Confira a reportagem no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta segunda-feira (17).