Empacotador é morto a tiros dentro de supermercado em Maranguape. Veja vídeo

BARBÁRIE

Empacotador é morto a tiros dentro de supermercado em Maranguape. Veja vídeo

Uma criança que estava ao lado do homem assassinado foi atingida com tiro no pé. Caso chocou testemunhas

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

10 de novembro de 2017 às 09:23

Há 2 semanas
O homem de vermelho é o atirador (FOTO: Reprodução)

O homem de vermelho é o atirador (FOTO: Reprodução)

Um homem armado invadiu um supermercado na cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite desta quinta-feira (9), e assassinou um empacotador com tiros. O jovem tinha 14 anos e morreu no local. Além dele, uma criança foi atingida no pé, mas não corre risco de morrer.

Segundo informações dos familiares da vítima, ela era usuário de drogas, e o motivo do crime pode ter sido por não pagamento de dívidas. De acordo com a Polícia, o atirador tinha o apoio de uma moto que estava do lado externo do supermercado. Os criminosos ainda não foram identificados.

Porém, toda a ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança interna do estabelecimento. Os clientes do local falaram do caso e se mostraram assustados com a violência. “Dá muito medo, estamos fazendo as compras e acontece isso”, disse uma das pessoas entrevistadas.

Veja o vídeo:

Outro assassinato em supermercado

No último dia 5 de novembro, um homem foi vítima de latrocínio no estacionamento de um supermercado no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. O fato ocorreu no estacionamento do estabelecimento comercial localizado na Avenida Oliveira Paiva. A vítima, identificada como Thaumaturgo Correia de Alencar, de 45 anos, foi surpreendida por uma dupla armada, em uma motocicleta.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem reagiu ao assalto e foi baleado. Após o fato, os suspeitos fugiram. “Uma viatura da PM socorreu o homem, que veio a óbito na unidade de saúde. A Polícia Civil solicitou, ainda, imagens de câmeras do local, que auxiliarão nos trabalhos policiais”, informa a nota.

Publicidade

Dê sua opinião

BARBÁRIE

Empacotador é morto a tiros dentro de supermercado em Maranguape. Veja vídeo

Uma criança que estava ao lado do homem assassinado foi atingida com tiro no pé. Caso chocou testemunhas

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

10 de novembro de 2017 às 09:23

Há 2 semanas
O homem de vermelho é o atirador (FOTO: Reprodução)

O homem de vermelho é o atirador (FOTO: Reprodução)

Um homem armado invadiu um supermercado na cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite desta quinta-feira (9), e assassinou um empacotador com tiros. O jovem tinha 14 anos e morreu no local. Além dele, uma criança foi atingida no pé, mas não corre risco de morrer.

Segundo informações dos familiares da vítima, ela era usuário de drogas, e o motivo do crime pode ter sido por não pagamento de dívidas. De acordo com a Polícia, o atirador tinha o apoio de uma moto que estava do lado externo do supermercado. Os criminosos ainda não foram identificados.

Porém, toda a ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança interna do estabelecimento. Os clientes do local falaram do caso e se mostraram assustados com a violência. “Dá muito medo, estamos fazendo as compras e acontece isso”, disse uma das pessoas entrevistadas.

Veja o vídeo:

Outro assassinato em supermercado

No último dia 5 de novembro, um homem foi vítima de latrocínio no estacionamento de um supermercado no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. O fato ocorreu no estacionamento do estabelecimento comercial localizado na Avenida Oliveira Paiva. A vítima, identificada como Thaumaturgo Correia de Alencar, de 45 anos, foi surpreendida por uma dupla armada, em uma motocicleta.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem reagiu ao assalto e foi baleado. Após o fato, os suspeitos fugiram. “Uma viatura da PM socorreu o homem, que veio a óbito na unidade de saúde. A Polícia Civil solicitou, ainda, imagens de câmeras do local, que auxiliarão nos trabalhos policiais”, informa a nota.