Denúncia via "Whatsapp do Secretário" desvenda comércio de crack em ponto de açaí

"FALE COM O SECRETÁRIO"

Denúncia via “Whatsapp do Secretário” desvenda comércio de crack em ponto de açaí

O ponto de açaí servia de fachada para a comercialização da droga. A polícia apreendeu 11 kg de crack e prendeu três pessoas no Bairro Henrique Jorge

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

18 de julho de 2017 às 14:55

Há 2 anos
O anúncio foi feito em coletiva (FOTO: Reprodução/Facebook)

O anúncio foi feito em coletiva (FOTO: Reprodução/Facebook)

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, delegado André Costa, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (18), para falar sobre as operações e apreensões do mês de junho, algumas delas vieram através do Fale com o Secretário, plataforma no Whatsapp.

Através do Whatsapp, a polícia conseguiu apreender 11 kg de crack e prender três pessoas, no último dia 8 de julho.

A desarticulação desfez um esquema criminoso que funcionava em ponto de venda de açaí. O local servia de fachada para a comercialização de crack.

Foram detidos Cícero Gomes da Silva, de 35 anos, conhecido como Bruno. Ele já responde por crimes como tráfico de drogas e homicídios. Também foram presos na operação Francisca Márcia de Oliveira, 22 anos, sem antecedentes criminais, e Willamy Teixeira, 21 anos, que respondia por crime ambiental. Eles foram capturados no bairro Henrique Jorge.

Número de armas apreendidas cresce

As operações realizadas pelos órgãos de Segurança Pública cumpriram 247 mandatos de busca e apreensão. Em decorrência desses cumprimentos, 69 pessoas foram capturadas e 65 armas apreendidas. Apenas no mês de junho, 341 pessoas foram presas por mandado de prisão.

Foram 3.712 armas apreendidas este ano, em comparação a 2016, cresceu 56%. No mesmo período do ano passado foram 2.956 apreendidas. No mesmo período, 7.542 pessoas foram presas.

Os dados, quando comparados no mesmo período de 2016, apontam redução de 8,2%. No número de latrocínios é 12,1% no número de furtos e roubos a instituições financeiras.

Serviço:

Whatsapp “Fale com o Secretário”: (85) 9 8439-2904

Publicidade

Dê sua opinião

"FALE COM O SECRETÁRIO"

Denúncia via “Whatsapp do Secretário” desvenda comércio de crack em ponto de açaí

O ponto de açaí servia de fachada para a comercialização da droga. A polícia apreendeu 11 kg de crack e prendeu três pessoas no Bairro Henrique Jorge

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

18 de julho de 2017 às 14:55

Há 2 anos
O anúncio foi feito em coletiva (FOTO: Reprodução/Facebook)

O anúncio foi feito em coletiva (FOTO: Reprodução/Facebook)

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, delegado André Costa, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (18), para falar sobre as operações e apreensões do mês de junho, algumas delas vieram através do Fale com o Secretário, plataforma no Whatsapp.

Através do Whatsapp, a polícia conseguiu apreender 11 kg de crack e prender três pessoas, no último dia 8 de julho.

A desarticulação desfez um esquema criminoso que funcionava em ponto de venda de açaí. O local servia de fachada para a comercialização de crack.

Foram detidos Cícero Gomes da Silva, de 35 anos, conhecido como Bruno. Ele já responde por crimes como tráfico de drogas e homicídios. Também foram presos na operação Francisca Márcia de Oliveira, 22 anos, sem antecedentes criminais, e Willamy Teixeira, 21 anos, que respondia por crime ambiental. Eles foram capturados no bairro Henrique Jorge.

Número de armas apreendidas cresce

As operações realizadas pelos órgãos de Segurança Pública cumpriram 247 mandatos de busca e apreensão. Em decorrência desses cumprimentos, 69 pessoas foram capturadas e 65 armas apreendidas. Apenas no mês de junho, 341 pessoas foram presas por mandado de prisão.

Foram 3.712 armas apreendidas este ano, em comparação a 2016, cresceu 56%. No mesmo período do ano passado foram 2.956 apreendidas. No mesmo período, 7.542 pessoas foram presas.

Os dados, quando comparados no mesmo período de 2016, apontam redução de 8,2%. No número de latrocínios é 12,1% no número de furtos e roubos a instituições financeiras.

Serviço:

Whatsapp “Fale com o Secretário”: (85) 9 8439-2904