Corpo de mulher é encontrado esquartejado em fossa de galpão de Fortaleza

CRUELDADE

Corpo de mulher é encontrado esquartejado em fossa de galpão de Fortaleza

A mulher de 40 anos estava desaparecida desta a última sexta-feira (13). Um funcionário do local, amigo da vítima, é acusado

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

17 de julho de 2018 às 11:27

Há 3 meses
corpo-mulher

Mulher é morta e esquartejada em Fortaleza. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O corpo esquartejado de uma mulher foi encontrado dentro de uma fossa, em um depósito do bairro José Walter, em Fortaleza. A vítima, de aparentemente 40 anos, teria saído de casa na companhia de um funcionário do local na última sexta-feira (13).

O corpo foi encontrado na noite desta segunda-feira (16). Corpo de Bombeiros e Polícia Militar trabalharam na operação. O 13º DP investiga o caso.

O Corpo de Bombeiros precisou ir ao local, na Avenida Bernardo Manuel, para retirar o corpo, que estava numa estrutura semelhante ao de uma fossa e envolto a um saco plástico. De acordo com os responsáveis pelo resgate, o criminoso assassinou a vítima e, na sequência, a esquartejou e a jogou na fossa.

“O corpo estava dentro da cacimba, todo retalhado. Tivemos muito trabalho para retirar, mas o trabalho foi feito e o rabecão recolheu o resto do corpo que estava lá. É um corpo do sexo feminino. Estava na profundidade de um metro. Pernas e o tronco apartados, só o saco cobrindo e areia”, disse um dos bombeiros.

Herdriano Lopes Pereira, de 38 anos, era parceiro de festa da vítima. Ele é vigilante do local e foi preso pela polícia. Segundo o próprio acusado, ele matou a mulher no sábado, após ela ter vendido o celular dele.

De acordo com parentes, a mulher havia saído de casa na noite da sexta-feira, na companhia de um homem, que seria funcionário do local. A família chegou a perguntar ao suspeito sobre a vítima, mas ele contou que ela o havia deixado no meio do caminho. Desaparecida há três dias, era moradora do Planalto Ayrton Senna, bairro vizinho onde foi encontrada.

“A última vez que tivemos notícia, ele estava com ela. Não sei o que ela veio fazer aqui não. Ele pegou ela lá no Planalto. Ele trouxe ela pra cá. Não sei dizer se tinham relacionamento. Ela é casada, tem o marido dela”, disse uma parente.

Confira reportagem no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (17).

Publicidade

Dê sua opinião

CRUELDADE

Corpo de mulher é encontrado esquartejado em fossa de galpão de Fortaleza

A mulher de 40 anos estava desaparecida desta a última sexta-feira (13). Um funcionário do local, amigo da vítima, é acusado

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

17 de julho de 2018 às 11:27

Há 3 meses
corpo-mulher

Mulher é morta e esquartejada em Fortaleza. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

O corpo esquartejado de uma mulher foi encontrado dentro de uma fossa, em um depósito do bairro José Walter, em Fortaleza. A vítima, de aparentemente 40 anos, teria saído de casa na companhia de um funcionário do local na última sexta-feira (13).

O corpo foi encontrado na noite desta segunda-feira (16). Corpo de Bombeiros e Polícia Militar trabalharam na operação. O 13º DP investiga o caso.

O Corpo de Bombeiros precisou ir ao local, na Avenida Bernardo Manuel, para retirar o corpo, que estava numa estrutura semelhante ao de uma fossa e envolto a um saco plástico. De acordo com os responsáveis pelo resgate, o criminoso assassinou a vítima e, na sequência, a esquartejou e a jogou na fossa.

“O corpo estava dentro da cacimba, todo retalhado. Tivemos muito trabalho para retirar, mas o trabalho foi feito e o rabecão recolheu o resto do corpo que estava lá. É um corpo do sexo feminino. Estava na profundidade de um metro. Pernas e o tronco apartados, só o saco cobrindo e areia”, disse um dos bombeiros.

Herdriano Lopes Pereira, de 38 anos, era parceiro de festa da vítima. Ele é vigilante do local e foi preso pela polícia. Segundo o próprio acusado, ele matou a mulher no sábado, após ela ter vendido o celular dele.

De acordo com parentes, a mulher havia saído de casa na noite da sexta-feira, na companhia de um homem, que seria funcionário do local. A família chegou a perguntar ao suspeito sobre a vítima, mas ele contou que ela o havia deixado no meio do caminho. Desaparecida há três dias, era moradora do Planalto Ayrton Senna, bairro vizinho onde foi encontrada.

“A última vez que tivemos notícia, ele estava com ela. Não sei o que ela veio fazer aqui não. Ele pegou ela lá no Planalto. Ele trouxe ela pra cá. Não sei dizer se tinham relacionamento. Ela é casada, tem o marido dela”, disse uma parente.

Confira reportagem no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta terça-feira (17).