Com aumento de 16% em homicídios, Ceará é o 2º estado mais violento do Brasil


Com aumento de 16% em homicídios, Ceará é o segundo estado mais violento do Brasil

Despesas com segurança pública também sofreram aumento. Entre 2007 e 2013, crescimento foi de aproximadamente 160%

Por Pedro Alves em Segurança Pública

12 de novembro de 2014 às 08:45

Há 5 anos

O Ceará é o segundo estado do País com maior taxa de homicídios, segundo dados relativos ao ano de 2013, divulgados nesta terça-feira (11) em uma pesquisa nacional. Foram 48,3 mortes a cada cem mil habitantes no ano passado, segundo 8ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Esse dado representa aumento de 16,5% em relação aos homicídios no ano anterior, 2012, quando a taxa ficou em 41,5 casos por cem mil habitantes.

O único estado do país onde ocorreram mais homicídios que no Ceará foi Alagoas, que lidera o ranking nacional, com taxa de 64,7.

Apesar do crescimento da violência entre 2012 e 2013, dados da secretaria de segurança do estado apontam que há movimento de redução de mortes neste ano. Em outubro, por exemplo, a ocorrência de crimes letais, como homicídios, latrocínios e agressões seguidas de morte, tiveram queda de 12,2%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em Fortaleza, a redução foi de 16,4%.

Ainda segundo a secretaria de segurança, outubro foi o terceiro mês consecutivo em que se verificou redução dos crimes letais – evidenciando que a ocorrência de assassinatos diminuiu exatamente no mesmo período das eleições.

Despesas com segurança pública

O relatório do fórum da segurança pública mostra ainda o volume de despesas em segurança pública, realizadas pelos governos estaduais. Em 2013, para cada habitante, o Governo investiu R$ 166,24. Em 2007 – primeiro ano de gestão do governador Cid Gomes (Pros) – esse gasto foi de R$ 62. O aumento das despesas na rubrica da segurança pública entre 2007 e 2013, por tanto, foi de aproximadamente 160% em sete anos.

Publicidade

Dê sua opinião

Com aumento de 16% em homicídios, Ceará é o segundo estado mais violento do Brasil

Despesas com segurança pública também sofreram aumento. Entre 2007 e 2013, crescimento foi de aproximadamente 160%

Por Pedro Alves em Segurança Pública

12 de novembro de 2014 às 08:45

Há 5 anos

O Ceará é o segundo estado do País com maior taxa de homicídios, segundo dados relativos ao ano de 2013, divulgados nesta terça-feira (11) em uma pesquisa nacional. Foram 48,3 mortes a cada cem mil habitantes no ano passado, segundo 8ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Esse dado representa aumento de 16,5% em relação aos homicídios no ano anterior, 2012, quando a taxa ficou em 41,5 casos por cem mil habitantes.

O único estado do país onde ocorreram mais homicídios que no Ceará foi Alagoas, que lidera o ranking nacional, com taxa de 64,7.

Apesar do crescimento da violência entre 2012 e 2013, dados da secretaria de segurança do estado apontam que há movimento de redução de mortes neste ano. Em outubro, por exemplo, a ocorrência de crimes letais, como homicídios, latrocínios e agressões seguidas de morte, tiveram queda de 12,2%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em Fortaleza, a redução foi de 16,4%.

Ainda segundo a secretaria de segurança, outubro foi o terceiro mês consecutivo em que se verificou redução dos crimes letais – evidenciando que a ocorrência de assassinatos diminuiu exatamente no mesmo período das eleições.

Despesas com segurança pública

O relatório do fórum da segurança pública mostra ainda o volume de despesas em segurança pública, realizadas pelos governos estaduais. Em 2013, para cada habitante, o Governo investiu R$ 166,24. Em 2007 – primeiro ano de gestão do governador Cid Gomes (Pros) – esse gasto foi de R$ 62. O aumento das despesas na rubrica da segurança pública entre 2007 e 2013, por tanto, foi de aproximadamente 160% em sete anos.