Cearense cai em golpe após tentar comprar carro pelo aplicativo da OLX

ALERTA

Cearense cai em golpe após tentar comprar carro pelo aplicativo da OLX

O golpista chegou a enviar fotos, vídeos e até documento do suposto carro à venda. Ele fez com que a vítima acreditasse que era de uma família com problemas financeiros

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

19 de julho de 2018 às 11:08

Há 5 meses
celular

Golpista engana mulher através de venda pela internet. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um bandido usou aplicativo de venda pela internet para fazer mais uma vítima no Ceará. A mulher procurava por carro popular e teve interesse em um veículo anunciado no site OLX. De acordo com a vítima, o golpista enviou fotos, vídeos e até suposto documento do Palio prata. O homem ainda mostrou-se bastante amigável e disse que estava passando necessidades com a família.

A vítima registrou BO e alerta para perigos de compras na internet. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Após um contato inicial, golpista e vítima trocaram telefone. Daí, passaram a conversar por mensagem no celular. Tentando envolver a compradora, sempre a tratava por “amiga” e contou a suposta situação difícil da família. Falou que havia chegado em Juazeiro do Norte há pouco tempo, que a esposa dele errou ao fazer o anúncio e colocar a cidade para Fortaleza e se desculpou.

“(Ele disse) Sinto muito, mas estou há oito dias na cidade, estou desempregado, com a minha esposa e uma criança de 1 ano e 9 meses. Agora que consegui alugar uma casinha pra gente se manter aqui. Não tenho como levar o carro… Se eu tivesse dinheiro, levaria com a maior tranquilidade”, falou à vítima.

Então, ela se prontificou a enviar uma quantia para que o suposto vendedor pusesse gasolina e trouxesse o carro da cidade do Cariri até Fortaleza.

“Ele fez como combinado. Fui ao banco, ele me deu uma conta como sendo da esposa dele, Paloma Silva, da Caixa Econômica, do Maranhão. Aí, saquei da minha conta, depositei em dinheiro, e ele prontamente me respondendo pelo wapp. Estava tudo certo. No outro dia, 5h da manhã, ele disse que estava saindo de lá”, explicou a mulher, que preferiu não se identificar.

O golpista enviou até um mapa localizador para a mulher. Às 11h, ele informou que estava em Quixadá almoçando com a esposa e o filho pequeno. Minutos depois, avisou que o carro havia dado problema. Segundo a vítima, o homem enviou fotos do carro e do documento, vídeos. Faltava apenas pagar o licenciamento, no valor de R$300,00. Estava tudo ok. Então, o golpista pediu ajuda.

Novamente a vítima fez um novo depósito. Transferiu R$400,00 para a mesma conta. Depois, notou que o homem desligou o celular. Ela chegou a ficar preocupada, inclusive com a criança. Por volta das 20h, a mulher percebeu que o golpista apareceu online no WhatsApp, mas não respondeu.

Com suspeita, a filha procurou o endereço do documento do carro no Google e descobreu que o local fica em Curitiba. Ligaram para o número disponível, o de uma lan house, e foram avisadas de que se tratava de um golpe. Segundo o responsável pelo local, muita gente procurou pelo veículo lá.

“Ele me enganou. Perdi R$ 900, mais o que paguei do licenciamento. Ele disse que vinha tentar a vida pra cá. Aquilo me sensibilizou tanto. Cheguei a preparar uma canja pro suposto bebezinho que eles iam trazer. Eu ia acomodar essa família aqui em casa. Por um momento, se ele quisesse, continuava a situação. Ele poderia ter acabado com a minha família”, disse a mulher.

A vítima alerta para os perigos de comprar na internet, mas se mostra insatisfeita com a resposta da polícia.

“Nós, vítimas, fazemos o que a lei manda. Fiz um BO, mas eles não têm nada para dizer. Não tive muita resposta da polícia. O intuito do meu desabafo aqui é que não caiam nessa. Ele me cativou, foi pelo lado emocional. Em todos os momentos ele foi muito educado pra conversar comigo. Você quer comprar um carro? Vá na loja. Uma boa quantidade desses anúncios (na internet) é de bandidos”, concluiu.

Confira a matéria no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quinta-feira (19).

Publicidade

Dê sua opinião

ALERTA

Cearense cai em golpe após tentar comprar carro pelo aplicativo da OLX

O golpista chegou a enviar fotos, vídeos e até documento do suposto carro à venda. Ele fez com que a vítima acreditasse que era de uma família com problemas financeiros

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

19 de julho de 2018 às 11:08

Há 5 meses
celular

Golpista engana mulher através de venda pela internet. (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um bandido usou aplicativo de venda pela internet para fazer mais uma vítima no Ceará. A mulher procurava por carro popular e teve interesse em um veículo anunciado no site OLX. De acordo com a vítima, o golpista enviou fotos, vídeos e até suposto documento do Palio prata. O homem ainda mostrou-se bastante amigável e disse que estava passando necessidades com a família.

A vítima registrou BO e alerta para perigos de compras na internet. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Após um contato inicial, golpista e vítima trocaram telefone. Daí, passaram a conversar por mensagem no celular. Tentando envolver a compradora, sempre a tratava por “amiga” e contou a suposta situação difícil da família. Falou que havia chegado em Juazeiro do Norte há pouco tempo, que a esposa dele errou ao fazer o anúncio e colocar a cidade para Fortaleza e se desculpou.

“(Ele disse) Sinto muito, mas estou há oito dias na cidade, estou desempregado, com a minha esposa e uma criança de 1 ano e 9 meses. Agora que consegui alugar uma casinha pra gente se manter aqui. Não tenho como levar o carro… Se eu tivesse dinheiro, levaria com a maior tranquilidade”, falou à vítima.

Então, ela se prontificou a enviar uma quantia para que o suposto vendedor pusesse gasolina e trouxesse o carro da cidade do Cariri até Fortaleza.

“Ele fez como combinado. Fui ao banco, ele me deu uma conta como sendo da esposa dele, Paloma Silva, da Caixa Econômica, do Maranhão. Aí, saquei da minha conta, depositei em dinheiro, e ele prontamente me respondendo pelo wapp. Estava tudo certo. No outro dia, 5h da manhã, ele disse que estava saindo de lá”, explicou a mulher, que preferiu não se identificar.

O golpista enviou até um mapa localizador para a mulher. Às 11h, ele informou que estava em Quixadá almoçando com a esposa e o filho pequeno. Minutos depois, avisou que o carro havia dado problema. Segundo a vítima, o homem enviou fotos do carro e do documento, vídeos. Faltava apenas pagar o licenciamento, no valor de R$300,00. Estava tudo ok. Então, o golpista pediu ajuda.

Novamente a vítima fez um novo depósito. Transferiu R$400,00 para a mesma conta. Depois, notou que o homem desligou o celular. Ela chegou a ficar preocupada, inclusive com a criança. Por volta das 20h, a mulher percebeu que o golpista apareceu online no WhatsApp, mas não respondeu.

Com suspeita, a filha procurou o endereço do documento do carro no Google e descobreu que o local fica em Curitiba. Ligaram para o número disponível, o de uma lan house, e foram avisadas de que se tratava de um golpe. Segundo o responsável pelo local, muita gente procurou pelo veículo lá.

“Ele me enganou. Perdi R$ 900, mais o que paguei do licenciamento. Ele disse que vinha tentar a vida pra cá. Aquilo me sensibilizou tanto. Cheguei a preparar uma canja pro suposto bebezinho que eles iam trazer. Eu ia acomodar essa família aqui em casa. Por um momento, se ele quisesse, continuava a situação. Ele poderia ter acabado com a minha família”, disse a mulher.

A vítima alerta para os perigos de comprar na internet, mas se mostra insatisfeita com a resposta da polícia.

“Nós, vítimas, fazemos o que a lei manda. Fiz um BO, mas eles não têm nada para dizer. Não tive muita resposta da polícia. O intuito do meu desabafo aqui é que não caiam nessa. Ele me cativou, foi pelo lado emocional. Em todos os momentos ele foi muito educado pra conversar comigo. Você quer comprar um carro? Vá na loja. Uma boa quantidade desses anúncios (na internet) é de bandidos”, concluiu.

Confira a matéria no Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10 desta quinta-feira (19).