Campanha contra abuso sexual de mulheres será realizada nos terminais de ônibus em Fortaleza

ASSÉDIO

Campanha contra abuso sexual de mulheres será realizada nos terminais de ônibus em Fortaleza

A ação faz parte da “Campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, promovida anualmente de 20 de novembro a 10 de dezembro

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

29 de novembro de 2017 às 07:00

Há 8 meses

Ação terá início nesta quarta-feira (FOTO: Reprodução da TV Jangadeiro)

Relatos de mulheres que sofreram algum tipo abuso de sexual em transportes coletivos de Fortaleza não são raros.

Buscando proteger as vítimas, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) lança nesta quarta-feira (29) a campanha contra o abuso sexual de mulheres.

Equipes estarão espalhadas pelos sete terminais de ônibus de Fortaleza (Papicu, Parangaba, Messejana, Conjunto Ceará, Lagoa, Antônio Bezerra e Siqueira). Panfletos e orientações serão passados à população.

Dentro dos coletivos, cartazes serão colocados como forma de alerta e incentivo para que as mulheres denunciem o abusador. O objetivo é que a campanha seja permanente, além do material impresso, a mobilização terá ampla disseminação na cidade: eventos, sites, programas de TV e rádio, jornais e redes sociais dos órgãos envolvidos, bem como em outdoors.

A ação faz parte da “Campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, promovida anualmente de 20 de novembro a 10 de dezembro, em todo o mundo. Segundo pesquisa do Datafolha, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo em novembro de 2015, ônibus, trens e metrôs são os ambientes onde mais ocorrem assédio contra o sexo feminino.

Publicidade

Dê sua opinião

ASSÉDIO

Campanha contra abuso sexual de mulheres será realizada nos terminais de ônibus em Fortaleza

A ação faz parte da “Campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, promovida anualmente de 20 de novembro a 10 de dezembro

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

29 de novembro de 2017 às 07:00

Há 8 meses

Ação terá início nesta quarta-feira (FOTO: Reprodução da TV Jangadeiro)

Relatos de mulheres que sofreram algum tipo abuso de sexual em transportes coletivos de Fortaleza não são raros.

Buscando proteger as vítimas, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) lança nesta quarta-feira (29) a campanha contra o abuso sexual de mulheres.

Equipes estarão espalhadas pelos sete terminais de ônibus de Fortaleza (Papicu, Parangaba, Messejana, Conjunto Ceará, Lagoa, Antônio Bezerra e Siqueira). Panfletos e orientações serão passados à população.

Dentro dos coletivos, cartazes serão colocados como forma de alerta e incentivo para que as mulheres denunciem o abusador. O objetivo é que a campanha seja permanente, além do material impresso, a mobilização terá ampla disseminação na cidade: eventos, sites, programas de TV e rádio, jornais e redes sociais dos órgãos envolvidos, bem como em outdoors.

A ação faz parte da “Campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, promovida anualmente de 20 de novembro a 10 de dezembro, em todo o mundo. Segundo pesquisa do Datafolha, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo em novembro de 2015, ônibus, trens e metrôs são os ambientes onde mais ocorrem assédio contra o sexo feminino.