Boatos de invasão de facções levam escolas municipais a fecharem nesta sexta-feira

MEDO

Boatos de invasão de facções levam escolas municipais a fecharem nesta sexta-feira

Uma grande movimentação tomou conta das proximidades dos colégios, cerca de 200 estudantes tiveram sua rotina alterada

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

2 de Fevereiro de 2018 às 18:38

Há 10 meses

As escolas estão localizadas no bairro Edson Queiroz (FOTO: Reprodução)

Duas escolas municipais foram fechadas na tarde desta sexta-feira (2). O motivo teria sido um boato de que facções criminosas invadiriam os locais. As escolas estão localizadas no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza.

Um posto de saúde do bairro também foi fechado. “Eu estava no posto de saúde quando começaram a gritar que todo mundo tinha que ir embora e que o posto iria fechar”, relata uma paciente que não quis se identificar.

O boato fez com que muitos pais de alunos fossem até as escolas para retirar os seus filhos. Uma grande movimentação tomou conta das proximidades dos colégios. Cerca de 200 estudantes tiveram sua rotina alterada.

A sigla de uma facção criminosa estava escrita no muro de umas das escolas. Segundo o segurança do local, nenhum membro de facção ordenou que a unidade fosse fechada, mas o boato se espalhou pelo bairro.

Mais casos

Ainda nesta semana outra escola municipal fechou as portas por conta de mensagens deixadas como forma de ameaça aos professores e funcionários. A Escola Municipal Dois de Dezembro, na Barra do Ceará, fechou as portas.

Já na tarde desta sexta-feira (2), uma adolescente foi assassinada, vítima de bala perdida no Bairro Jardim Fluminense. Homens chegaram em um carro prata, na tentativa de matar um outro homem. O alvo dos disparos correu para a frente da escola. Uma das balas atingiu a jovem, que foi socorrida mas não resistiu aos ferimentos.

Publicidade

Dê sua opinião

MEDO

Boatos de invasão de facções levam escolas municipais a fecharem nesta sexta-feira

Uma grande movimentação tomou conta das proximidades dos colégios, cerca de 200 estudantes tiveram sua rotina alterada

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

2 de Fevereiro de 2018 às 18:38

Há 10 meses

As escolas estão localizadas no bairro Edson Queiroz (FOTO: Reprodução)

Duas escolas municipais foram fechadas na tarde desta sexta-feira (2). O motivo teria sido um boato de que facções criminosas invadiriam os locais. As escolas estão localizadas no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza.

Um posto de saúde do bairro também foi fechado. “Eu estava no posto de saúde quando começaram a gritar que todo mundo tinha que ir embora e que o posto iria fechar”, relata uma paciente que não quis se identificar.

O boato fez com que muitos pais de alunos fossem até as escolas para retirar os seus filhos. Uma grande movimentação tomou conta das proximidades dos colégios. Cerca de 200 estudantes tiveram sua rotina alterada.

A sigla de uma facção criminosa estava escrita no muro de umas das escolas. Segundo o segurança do local, nenhum membro de facção ordenou que a unidade fosse fechada, mas o boato se espalhou pelo bairro.

Mais casos

Ainda nesta semana outra escola municipal fechou as portas por conta de mensagens deixadas como forma de ameaça aos professores e funcionários. A Escola Municipal Dois de Dezembro, na Barra do Ceará, fechou as portas.

Já na tarde desta sexta-feira (2), uma adolescente foi assassinada, vítima de bala perdida no Bairro Jardim Fluminense. Homens chegaram em um carro prata, na tentativa de matar um outro homem. O alvo dos disparos correu para a frente da escola. Uma das balas atingiu a jovem, que foi socorrida mas não resistiu aos ferimentos.