Bandidos ameaçam taxistas para suspender de vez o transporte em Fortaleza
NOVO ALVO

Bandidos ameaçam taxistas para suspender de vez o transporte em Fortaleza

Taxista teve os pneus furados no Meireles e recebeu ameaça. Sindicato orienta que motoristas tenham cuidado

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

20 de abril de 2017 às 16:30

Há 1 semana
Taxista foi abordado na Rua Pereira Valente, próximo à Visconde de Mauá (FOTO: TV Jangadeiro/Dorian Girão)

Taxista foi abordado na Rua Pereira Valente, próximo à Visconde de Mauá (FOTO: TV Jangadeiro/Dorian Girão)

Após os ataques a ônibus, delegacias e agências bancárias, um taxista foi alvo dos bandidos em Fortaleza. E recebeu ameaças obrigando a categoria a paralisar as atividades nesta quinta-feira (20).

O motorista informou ao Tribuna do Ceará que foi fechado por um carro e uma motocicleta na Rua Pereira Valente, próximo à Rua Visconde de Mauá, no Bairro Meireles.

“Eu saí do aeroporto com um passageiro, desembarquei com o passageiro, quando fui fechado por um carro branco. Parei e vieram mais dois caras em uma moto. Um deles disse pra mim: ‘Vocês têm que parar igual aos ônibus’. E eu falei que era táxi do aeroporto e que ia voltar para lá. Ele disse: ‘Mesmo assim tem que parar, é só um aviso’”, contou o motorista, que pediu para não ser identificado. 

Em seguida, os homens furaram os pneus do táxi e fugiram na moto. “Ele não chegou a puxar a arma para mim, mas vi alguma coisa dentro da calça. Nenhum me agrediu, mas deixaram esse aviso”, explica.

De acordo com o condutor, ainda não houve recomendação do Sindicato dos Taxistas, no entanto, ele optou por paralisar as atividades e recolher o carro. “Para a gente é complicado. A gente acorda cedo, trabalha numa carga horária muito grande para levar dinheiro para casa, e agora tem que se preocupar com esse terrorismo também”, lamenta.

O presidente do Sinditaxi, Vicente de Paula Oliveira, afirmou que a frota permanece em funcionamento normal, mas o sindicato orienta que os motoristas tenham cuidado nas rotas. “Não podemos deixar a população sem transporte. Eles têm que ter cuidado com as corridas mais longas, para evitar transtornos. Não se arriscar muito, em bairros mais distantes ou ruas pouco movimentadas”, conclui.

Caos no Ceará

Já são 22 ônibus queimados em Fortaleza. Apenas nesta quinta-feira, ocorreram ataques nos bairros Castelo Encantado, Vila Velha, Álvaro Weyne, Jardim Fluminense e Planalto Ayrton Senna. Um cobrador deficiente físico teve dificuldade em sair de um dos ônibus incendiados e ficou gravemente ferido.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

20/4 – Hilux é metralhada na Praia do Futuro; Vítima seria líder de facção criminosa

20/4 – Sindionibus calcula prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão só no 1º dia de ataques

20/4 – É BOATO! Nota que seria assinada por Moroni é falsa, alerta a Prefeitura

20/4 – Uber justifica que subida de preços no caos em Fortaleza atendeu “aumento da demanda”

20/4 – Cobrador deficiente não consegue sair de ônibus em chamas e tem corpo queimado

20/4 – Oscilações de energia não têm relação com ataques em Fortaleza, tranquiliza Enel

20/4 – Polícia investiga se depósitos clandestinos venderam combustíveis usados em ataques

20/4 – Policiais de funções burocráticas vão às ruas para tentar conter caos na segurança

20/4 – Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

20/4 – Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 19 em menos de 24h

Publicidade

Dê sua opinião

NOVO ALVO

Bandidos ameaçam taxistas para suspender de vez o transporte em Fortaleza

Taxista teve os pneus furados no Meireles e recebeu ameaça. Sindicato orienta que motoristas tenham cuidado

Por Roberta Tavares em Segurança Pública

20 de abril de 2017 às 16:30

Há 1 semana
Taxista foi abordado na Rua Pereira Valente, próximo à Visconde de Mauá (FOTO: TV Jangadeiro/Dorian Girão)

Taxista foi abordado na Rua Pereira Valente, próximo à Visconde de Mauá (FOTO: TV Jangadeiro/Dorian Girão)

Após os ataques a ônibus, delegacias e agências bancárias, um taxista foi alvo dos bandidos em Fortaleza. E recebeu ameaças obrigando a categoria a paralisar as atividades nesta quinta-feira (20).

O motorista informou ao Tribuna do Ceará que foi fechado por um carro e uma motocicleta na Rua Pereira Valente, próximo à Rua Visconde de Mauá, no Bairro Meireles.

“Eu saí do aeroporto com um passageiro, desembarquei com o passageiro, quando fui fechado por um carro branco. Parei e vieram mais dois caras em uma moto. Um deles disse pra mim: ‘Vocês têm que parar igual aos ônibus’. E eu falei que era táxi do aeroporto e que ia voltar para lá. Ele disse: ‘Mesmo assim tem que parar, é só um aviso’”, contou o motorista, que pediu para não ser identificado. 

Em seguida, os homens furaram os pneus do táxi e fugiram na moto. “Ele não chegou a puxar a arma para mim, mas vi alguma coisa dentro da calça. Nenhum me agrediu, mas deixaram esse aviso”, explica.

De acordo com o condutor, ainda não houve recomendação do Sindicato dos Taxistas, no entanto, ele optou por paralisar as atividades e recolher o carro. “Para a gente é complicado. A gente acorda cedo, trabalha numa carga horária muito grande para levar dinheiro para casa, e agora tem que se preocupar com esse terrorismo também”, lamenta.

O presidente do Sinditaxi, Vicente de Paula Oliveira, afirmou que a frota permanece em funcionamento normal, mas o sindicato orienta que os motoristas tenham cuidado nas rotas. “Não podemos deixar a população sem transporte. Eles têm que ter cuidado com as corridas mais longas, para evitar transtornos. Não se arriscar muito, em bairros mais distantes ou ruas pouco movimentadas”, conclui.

Caos no Ceará

Já são 22 ônibus queimados em Fortaleza. Apenas nesta quinta-feira, ocorreram ataques nos bairros Castelo Encantado, Vila Velha, Álvaro Weyne, Jardim Fluminense e Planalto Ayrton Senna. Um cobrador deficiente físico teve dificuldade em sair de um dos ônibus incendiados e ficou gravemente ferido.

Acompanhe a cobertura dos ataques:

20/4 – Hilux é metralhada na Praia do Futuro; Vítima seria líder de facção criminosa

20/4 – Sindionibus calcula prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão só no 1º dia de ataques

20/4 – É BOATO! Nota que seria assinada por Moroni é falsa, alerta a Prefeitura

20/4 – Uber justifica que subida de preços no caos em Fortaleza atendeu “aumento da demanda”

20/4 – Cobrador deficiente não consegue sair de ônibus em chamas e tem corpo queimado

20/4 – Oscilações de energia não têm relação com ataques em Fortaleza, tranquiliza Enel

20/4 – Polícia investiga se depósitos clandestinos venderam combustíveis usados em ataques

20/4 – Policiais de funções burocráticas vão às ruas para tentar conter caos na segurança

20/4 – Motorista atingido por chamas em ataque ficou preso ao cinto de segurança

20/4 – Fortaleza tem novos ataques a ônibus nesta quinta; Já são 19 em menos de 24h