Atendentes do Samu são assaltados após se deslocarem para ocorrência inexistente

POSSÍVEL TROTE

Atendentes do Samu são assaltados após se deslocarem para ocorrência inexistente

Uma ligação apontou que um homem teve um AVC em uma casa na rua onde o assalto ocorreu. Número da residência informado não existia

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

24 de agosto de 2017 às 19:39

Há 2 anos

Profissionais foram rendidos e tiveram diversos pertences levados (FOTO: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza)

Atendentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram assaltados no momento em que retornavam de um chamado para atender um homem que teria sido acometido por um acidente vascular cerebral (AVC). O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira (24), no bairro Parque das Nações, em Caucaia (Grande Fortaleza).

Ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, os profissionais disseram que foram informados por telefone que o paciente estava em uma casa que, constatou-se, tinha numeração inexistente.

Os atendentes chegaram até a perguntar aos três homens que iriam assaltá-los se eles sabiam onde ficava a referida residência. Os suspeitos estavam sentados em frente a uma casa que deveria ser vizinha à descrita ao Samu.

Eles negaram, e o motorista já se dirigia de volta à Central, realizando uma manobra de retorno já que a rua para a qual foram acionados não tinha saída. Foi quando os mesmos indivíduos anunciaram o assalto. Um deles portava um revólver calibre 38. Foram levados diversos pertences do motorista, enfermeiro e médico que estavam na ambulância, como celulares e carteiras. Também levaram um walkie-talkie fornecido pelo Samu.

Os criminosos ordenaram ainda que os profissionais deitassem de rosto voltado para o chão. Em seguida fugiram e, até o momento, não foram localizados. Os profissionais acionaram a Polícia Militar, que os escoltaram até a Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde registraram queixa.

Tribuna do Ceará tentou contato nesta noite com o número de telefone que os atendentes do Samu informaram ser do autor do chamado. O celular encontrava-se desligado.

Confira mais informações sobre o caso às 12h10, no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Publicidade

Dê sua opinião

POSSÍVEL TROTE

Atendentes do Samu são assaltados após se deslocarem para ocorrência inexistente

Uma ligação apontou que um homem teve um AVC em uma casa na rua onde o assalto ocorreu. Número da residência informado não existia

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

24 de agosto de 2017 às 19:39

Há 2 anos

Profissionais foram rendidos e tiveram diversos pertences levados (FOTO: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza)

Atendentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram assaltados no momento em que retornavam de um chamado para atender um homem que teria sido acometido por um acidente vascular cerebral (AVC). O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira (24), no bairro Parque das Nações, em Caucaia (Grande Fortaleza).

Ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, os profissionais disseram que foram informados por telefone que o paciente estava em uma casa que, constatou-se, tinha numeração inexistente.

Os atendentes chegaram até a perguntar aos três homens que iriam assaltá-los se eles sabiam onde ficava a referida residência. Os suspeitos estavam sentados em frente a uma casa que deveria ser vizinha à descrita ao Samu.

Eles negaram, e o motorista já se dirigia de volta à Central, realizando uma manobra de retorno já que a rua para a qual foram acionados não tinha saída. Foi quando os mesmos indivíduos anunciaram o assalto. Um deles portava um revólver calibre 38. Foram levados diversos pertences do motorista, enfermeiro e médico que estavam na ambulância, como celulares e carteiras. Também levaram um walkie-talkie fornecido pelo Samu.

Os criminosos ordenaram ainda que os profissionais deitassem de rosto voltado para o chão. Em seguida fugiram e, até o momento, não foram localizados. Os profissionais acionaram a Polícia Militar, que os escoltaram até a Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde registraram queixa.

Tribuna do Ceará tentou contato nesta noite com o número de telefone que os atendentes do Samu informaram ser do autor do chamado. O celular encontrava-se desligado.

Confira mais informações sobre o caso às 12h10, no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.