Arrependido, homem limpa muros que pichou com ameaças de facções criminosas

APOLOGIA AO CRIME

Arrependido, homem limpa muros que pichou com ameaças de facções criminosas

Preso pela Polícia, Joel da Silva Bento, de 23 anos, se dispôs a apagar as pichações que fazia em residências de Guaiúba

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

17 de agosto de 2017 às 11:06

Há 4 meses

Joel havia ganhado R$ 200 para fazer a pichação (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

Um homem que pichava muros para divulgar facções criminosos e intimidar a população no município de Guaíuba, na Região Metropolitana de Fortaleza, foi preso na manhã desta quarta-feira (16). Arrependido, Joel da Silva Bento se dispôs a apagar as pichações no muros das residências.

O rapaz, de 23 anos, foi encontrado pela PM em uma casa que funcionava como ponto de vendas de drogas. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

No local, foram apreendidos material utilizado no tráfico de drogas, um pé de maconha e R$ 240. Joel foi autuado em flagrante por apologia ao crime, por tráfico de drogas, associação criminosa e por ter ameaçado uma moradora do município. O homem teria recebido R$ 200 para fazer as pichações com ameaças à população.

Um dos moradores, que não quis se identificar, teve a frente de sua residência pichada um dia depois de ter ajeitado a fachada, mas por se tratar de facções criminosas optou por denunciar à polícia. “A gente entrega nas mãos de Deus, né?! Esse pessoal do crime organizado é muito perigoso”, informou ao Barra Pesada.

O pai de Joel, que também não quis se identificar, aconselhou ao filho a trabalhar e deixar o mundo do crime Segundo ele, o rapaz tem pelo menos cinco filhos e se envolveu nas facções há pouco tempo. “Eu mandei ele trabalhar, mas quis se envolver no crime”, disse.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10min.

Publicidade

Dê sua opinião

APOLOGIA AO CRIME

Arrependido, homem limpa muros que pichou com ameaças de facções criminosas

Preso pela Polícia, Joel da Silva Bento, de 23 anos, se dispôs a apagar as pichações que fazia em residências de Guaiúba

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

17 de agosto de 2017 às 11:06

Há 4 meses

Joel havia ganhado R$ 200 para fazer a pichação (FOTO: Reprodução/Barra Pesada)

Um homem que pichava muros para divulgar facções criminosos e intimidar a população no município de Guaíuba, na Região Metropolitana de Fortaleza, foi preso na manhã desta quarta-feira (16). Arrependido, Joel da Silva Bento se dispôs a apagar as pichações no muros das residências.

O rapaz, de 23 anos, foi encontrado pela PM em uma casa que funcionava como ponto de vendas de drogas. As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

No local, foram apreendidos material utilizado no tráfico de drogas, um pé de maconha e R$ 240. Joel foi autuado em flagrante por apologia ao crime, por tráfico de drogas, associação criminosa e por ter ameaçado uma moradora do município. O homem teria recebido R$ 200 para fazer as pichações com ameaças à população.

Um dos moradores, que não quis se identificar, teve a frente de sua residência pichada um dia depois de ter ajeitado a fachada, mas por se tratar de facções criminosas optou por denunciar à polícia. “A gente entrega nas mãos de Deus, né?! Esse pessoal do crime organizado é muito perigoso”, informou ao Barra Pesada.

O pai de Joel, que também não quis se identificar, aconselhou ao filho a trabalhar e deixar o mundo do crime Segundo ele, o rapaz tem pelo menos cinco filhos e se envolveu nas facções há pouco tempo. “Eu mandei ele trabalhar, mas quis se envolver no crime”, disse.

Confira o caso no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h10min.