Adolescente é apreendido pouco antes de cometer homicídio que seria “batismo” em facção

VIOLÊNCIA

Adolescente é apreendido pouco antes de cometer homicídio que seria “batismo” em facção

O jovem estava com um grupo de cinco homens, que chegou a disparar contra guardas municipais

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

5 de Maio de 2017 às 09:32

Há 8 meses

Com o adolescente, a Guarda Municipal apreendeu um carregador para pistola e munições (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um adolescente foi apreendido após um tiroteio de um grupo de cinco pessoas com guardas municipais de Eusébio, na Grande Fortaleza. Segundo o que o adolescente contou aos inspetores, eles estariam em busca de um desafeto, que teria matado um irmão do jovem. O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (4).

Dois disparos atingiram a viatura dos guardas municipais — um no para-choque, outro na sirene. Os agentes se posicionaram atrás da viatura e nenhum deles foi ferido.

À reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, os inspetores afirmaram que cerca de 25 tiros foram efetuados contra a composição. A equipe apurou que cada um dos homens do grupo tinha uma pistola.

O adolescente teria um revólver calibre 38, que repassou a um dos comparsas quando estes fugiam. Ele só não teria escapado por ser baixo e não ter conseguido pular um muro. Até o momento, os homens estão foragidos. Os guardas conseguiram apreender ainda um carregador de pistola e munições de revólver.

Ainda conforme repassado pelo adolescente aos guardas, o grupo rodava há cerca de meia hora em um carro à procura do desafeto. O homicídio seria a condição posta para que o adolescente fosse “batizado”, isso é, passasse a ser reconhecido como membro da facção criminosa. O alvo seria membro da facção criminosa conhecida como Comando Vermelho (CV). O bando havia vindo do bairro Aerolândia, na Capital, apenas para cometer o assassinato.

Confira matéria sobre o caso às 12h10min no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Publicidade

Dê sua opinião

VIOLÊNCIA

Adolescente é apreendido pouco antes de cometer homicídio que seria “batismo” em facção

O jovem estava com um grupo de cinco homens, que chegou a disparar contra guardas municipais

Por TV Jangadeiro em Segurança Pública

5 de Maio de 2017 às 09:32

Há 8 meses

Com o adolescente, a Guarda Municipal apreendeu um carregador para pistola e munições (FOTO: Reprodução/TV Jangadeiro)

Um adolescente foi apreendido após um tiroteio de um grupo de cinco pessoas com guardas municipais de Eusébio, na Grande Fortaleza. Segundo o que o adolescente contou aos inspetores, eles estariam em busca de um desafeto, que teria matado um irmão do jovem. O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (4).

Dois disparos atingiram a viatura dos guardas municipais — um no para-choque, outro na sirene. Os agentes se posicionaram atrás da viatura e nenhum deles foi ferido.

À reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, os inspetores afirmaram que cerca de 25 tiros foram efetuados contra a composição. A equipe apurou que cada um dos homens do grupo tinha uma pistola.

O adolescente teria um revólver calibre 38, que repassou a um dos comparsas quando estes fugiam. Ele só não teria escapado por ser baixo e não ter conseguido pular um muro. Até o momento, os homens estão foragidos. Os guardas conseguiram apreender ainda um carregador de pistola e munições de revólver.

Ainda conforme repassado pelo adolescente aos guardas, o grupo rodava há cerca de meia hora em um carro à procura do desafeto. O homicídio seria a condição posta para que o adolescente fosse “batizado”, isso é, passasse a ser reconhecido como membro da facção criminosa. O alvo seria membro da facção criminosa conhecida como Comando Vermelho (CV). O bando havia vindo do bairro Aerolândia, na Capital, apenas para cometer o assassinato.

Confira matéria sobre o caso às 12h10min no programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.