8 dos 14 mortos em chacina tinham até 25 anos. Veja os nomes das vítimas

BARBÁRIE

8 dos 14 mortos em chacina tinham até 25 anos. Veja os nomes das vítimas

Dois menores de idade estão entre as vítimas da matança feita por facção criminosa em casa de forró de Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

29 de Janeiro de 2018 às 09:31

Há 6 meses

14 pessoas morreram e 18 ficaram feridas na Chacina das Cajazeiras (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A Perícia Forense do Ceará divulgou os nomes das 14 pessoas assassinadas durante a chacina do último sábado (27), em Fortaleza. Oito mulheres e seis homens foram mortos por bandidos que chegaram atirando em um bar no Bairro Cajazeiras. Entre eles, duas adolescentes. As vítimas tinham entre 15 e 55 anos. Outras 18 pessoas foram feridas.

Membros da facção Guardiões do Estado (GDE) assumiram a autoria do crime bárbaro. O Governo do Estado trabalha junto à polícia e já identificou cinco envolvidos no massacre. O Governo Federal prometeu apoio financeiro e serviço de inteligência para auxiliar os trabalhos. 

Veja a lista dos mortos:

Maíra Santos da Silva (15 anos)
Maria Tatiana da Costa Ferreira (17)
Brenda Oliveira de Menezes (19)
José Jefferson de Souza Ferreira (21)
Raquel Martins Neves (22)
Luana Ramos Silva (22)
Wesley Brendo Santos Nascimento (24)
Natanael Abreu da Silva (25)
Antônio Gilson Ribeiro Xavier (31)
Renata Nunes de Sousa (32)
Mariza Mara Nascimento da Silva (37)
Edneusa Pereira de Albuquerque (38)
Raimundo da Cunha Dias (48)
Antônio José Dias de Oliveira (55)

Maior matança da história

Pelo menos 14 pessoas foram vítimas de uma chacina na madrugada deste sábado (27), no Bairro Cajazeiras. O caso aconteceu em uma pequena casa de shows, conhecida como “Forró do Gago”, na Rua Madre Tereza de Calcutá, na Comunidade Barreirão.

Pessoas armadas chegaram em carros e atiraram em outras que estavam na rua, sem qualquer alvo certo. Morreram clientes do local, trabalhadores que estavam vendendo lanches e até um motorista do Uber, que passava pela região.

Além dos 14 mortos, nove pessoas foram internadas no Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Quatro seguem internados após cirurgia (um homem, uma mulher e duas adolescentes). Um homem também está internado no Frotinha de Messejana.

Acompanhe o caso:

28/1 – Cinco suspeitos de chacina já foram identificados, anuncia Camilo Santana

28/1 – “Preto e pobre vira estatística quando morre”, lamenta sobrinha de vendedor morto em chacina

28/1 – “Violência no Ceará não é caso isolado”, afirma sociólogo após maior chacina no estado

27/1 – Mãe da vendedora de lanches morta em chacina decide doar órgãos

27/1 – Motorista de Uber levava passageiro quando foi atingido por tiros na Chacina das Cajazeiras

27/1 – Facção assume autoria de Chacina das Cajazeiras; Facção rival promete revanche

27/1 – Sobrevivente detalha momentos de terror durante maior chacina do Ceará

27/1 – Preso o 1º suspeito de chacina que deixou pelo menos 14 mortos em Fortaleza

27/1 – “Não há motivo para pânico”, declara secretário da Segurança Pública após maior chacina no Ceará

27/1 – Número de homicídios no Ceará saltou 545% nos últimos 20 anos

27/1 – Presidente do Sinpol culpa Governo por chacina: “Governo negou existência de facções por muito tempo”

27/1 – Chacina das Cajazeiras deixa pelo menos 14 mortos durante festa

Publicidade

Dê sua opinião

BARBÁRIE

8 dos 14 mortos em chacina tinham até 25 anos. Veja os nomes das vítimas

Dois menores de idade estão entre as vítimas da matança feita por facção criminosa em casa de forró de Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Segurança Pública

29 de Janeiro de 2018 às 09:31

Há 6 meses

14 pessoas morreram e 18 ficaram feridas na Chacina das Cajazeiras (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)

A Perícia Forense do Ceará divulgou os nomes das 14 pessoas assassinadas durante a chacina do último sábado (27), em Fortaleza. Oito mulheres e seis homens foram mortos por bandidos que chegaram atirando em um bar no Bairro Cajazeiras. Entre eles, duas adolescentes. As vítimas tinham entre 15 e 55 anos. Outras 18 pessoas foram feridas.

Membros da facção Guardiões do Estado (GDE) assumiram a autoria do crime bárbaro. O Governo do Estado trabalha junto à polícia e já identificou cinco envolvidos no massacre. O Governo Federal prometeu apoio financeiro e serviço de inteligência para auxiliar os trabalhos. 

Veja a lista dos mortos:

Maíra Santos da Silva (15 anos)
Maria Tatiana da Costa Ferreira (17)
Brenda Oliveira de Menezes (19)
José Jefferson de Souza Ferreira (21)
Raquel Martins Neves (22)
Luana Ramos Silva (22)
Wesley Brendo Santos Nascimento (24)
Natanael Abreu da Silva (25)
Antônio Gilson Ribeiro Xavier (31)
Renata Nunes de Sousa (32)
Mariza Mara Nascimento da Silva (37)
Edneusa Pereira de Albuquerque (38)
Raimundo da Cunha Dias (48)
Antônio José Dias de Oliveira (55)

Maior matança da história

Pelo menos 14 pessoas foram vítimas de uma chacina na madrugada deste sábado (27), no Bairro Cajazeiras. O caso aconteceu em uma pequena casa de shows, conhecida como “Forró do Gago”, na Rua Madre Tereza de Calcutá, na Comunidade Barreirão.

Pessoas armadas chegaram em carros e atiraram em outras que estavam na rua, sem qualquer alvo certo. Morreram clientes do local, trabalhadores que estavam vendendo lanches e até um motorista do Uber, que passava pela região.

Além dos 14 mortos, nove pessoas foram internadas no Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. Quatro seguem internados após cirurgia (um homem, uma mulher e duas adolescentes). Um homem também está internado no Frotinha de Messejana.

Acompanhe o caso:

28/1 – Cinco suspeitos de chacina já foram identificados, anuncia Camilo Santana

28/1 – “Preto e pobre vira estatística quando morre”, lamenta sobrinha de vendedor morto em chacina

28/1 – “Violência no Ceará não é caso isolado”, afirma sociólogo após maior chacina no estado

27/1 – Mãe da vendedora de lanches morta em chacina decide doar órgãos

27/1 – Motorista de Uber levava passageiro quando foi atingido por tiros na Chacina das Cajazeiras

27/1 – Facção assume autoria de Chacina das Cajazeiras; Facção rival promete revanche

27/1 – Sobrevivente detalha momentos de terror durante maior chacina do Ceará

27/1 – Preso o 1º suspeito de chacina que deixou pelo menos 14 mortos em Fortaleza

27/1 – “Não há motivo para pânico”, declara secretário da Segurança Pública após maior chacina no Ceará

27/1 – Número de homicídios no Ceará saltou 545% nos últimos 20 anos

27/1 – Presidente do Sinpol culpa Governo por chacina: “Governo negou existência de facções por muito tempo”

27/1 – Chacina das Cajazeiras deixa pelo menos 14 mortos durante festa