4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

CASO DANDARA

4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

Dandara foi assassinada no dia 15 de fevereiro, e os criminosos fizeram o vídeo que ajudou na identificação deles

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

7 de Março de 2017 às 09:55

Há 9 meses
O crime aconteceu no bairro Bom Jardim (FOTO: Reprodução)

O crime aconteceu no bairro Bom Jardim (FOTO: Reprodução)

Uma operação no Bairro Bom Jardim nesta terça-feira (7) acabou com quatro homens presos suspeitos de participarem do assassinato da travesti Dandara, no último dia 15 de fevereiro, em Fortaleza. A informação foi compartilhada pelo secretário de Segurança do Ceará, André Costa, nas redes sociais.

Segundo o secretário, dentre os presos, três aparecem no vídeo que foi divulgado nas redes sociais, feito pelos próprios criminosos e compartilhado duas semanas depois.

“Agora no Bom Jardim sendo realizada operação para prisão dos envolvidos na morte cruel da travesti Dandara dos Santos. 4 meliantes presos, sendo 3 que aparecem no vídeo que circulou na internet e 1 que participou da filmagem”, diz a publicação de André Costa.

As investigações do caso seguem e nesta terça-feira acontecerá uma coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Segurança Pública do Ceará para falar mais sobre essas prisões e também do prosseguimento das investigações desse crime que chocou pela crueldade.

O crime

Dandara foi morta no dia 15 de fevereiro, no Bairro Bom Jardim, por pelo menos cinco homens, mas o crime só ganhou repercussão na sexta-feira (3), depois de as imagens da violência serem compartilhadas na internet. De acordo com a Polícia, os suspeitos já foram identificados, mas estão foragidos. A principal suspeita é de que o crime foi motivado por homofobia.

Segundo o coordenador da Diversidade Sexual da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos de Fortaleza, Paulo Diógenes, relatos da comunidade afirmam que Dandara teria ficado cerca de 20 minutos à espera de socorro, mas nada foi feito.

“Uma fatalidade que autoridades precisam dar os devidos esclarecimentos!”, reforçou Diógenes, famoso pela personagem de humor Raimundinha, uma travesti.

Acompanhe o caso:

4 de março – Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti

4 de março – Vídeo mostra travesti Dandara à espera de socorro antes de ser morta

6 de março – Polícia está perto de identificar homens que mataram travesti brutalmente e filmaram crime

6 de março – Polícia intensificou investigações da morte de Dandara só após divulgação de vídeo feito por criminosos

7 de março – Ato contra LGBTfobia será realizado após travesti ser morta brutalmente no Bom Jardim

Publicidade

Dê sua opinião

CASO DANDARA

4 homens são presos suspeitos de participar do assassinato de travesti em Fortaleza

Dandara foi assassinada no dia 15 de fevereiro, e os criminosos fizeram o vídeo que ajudou na identificação deles

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

7 de Março de 2017 às 09:55

Há 9 meses
O crime aconteceu no bairro Bom Jardim (FOTO: Reprodução)

O crime aconteceu no bairro Bom Jardim (FOTO: Reprodução)

Uma operação no Bairro Bom Jardim nesta terça-feira (7) acabou com quatro homens presos suspeitos de participarem do assassinato da travesti Dandara, no último dia 15 de fevereiro, em Fortaleza. A informação foi compartilhada pelo secretário de Segurança do Ceará, André Costa, nas redes sociais.

Segundo o secretário, dentre os presos, três aparecem no vídeo que foi divulgado nas redes sociais, feito pelos próprios criminosos e compartilhado duas semanas depois.

“Agora no Bom Jardim sendo realizada operação para prisão dos envolvidos na morte cruel da travesti Dandara dos Santos. 4 meliantes presos, sendo 3 que aparecem no vídeo que circulou na internet e 1 que participou da filmagem”, diz a publicação de André Costa.

As investigações do caso seguem e nesta terça-feira acontecerá uma coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Segurança Pública do Ceará para falar mais sobre essas prisões e também do prosseguimento das investigações desse crime que chocou pela crueldade.

O crime

Dandara foi morta no dia 15 de fevereiro, no Bairro Bom Jardim, por pelo menos cinco homens, mas o crime só ganhou repercussão na sexta-feira (3), depois de as imagens da violência serem compartilhadas na internet. De acordo com a Polícia, os suspeitos já foram identificados, mas estão foragidos. A principal suspeita é de que o crime foi motivado por homofobia.

Segundo o coordenador da Diversidade Sexual da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos de Fortaleza, Paulo Diógenes, relatos da comunidade afirmam que Dandara teria ficado cerca de 20 minutos à espera de socorro, mas nada foi feito.

“Uma fatalidade que autoridades precisam dar os devidos esclarecimentos!”, reforçou Diógenes, famoso pela personagem de humor Raimundinha, uma travesti.

Acompanhe o caso:

4 de março – Não iremos tolerar esse tipo de violência, diz governador do Ceará sobre morte de travesti

4 de março – Vídeo mostra travesti Dandara à espera de socorro antes de ser morta

6 de março – Polícia está perto de identificar homens que mataram travesti brutalmente e filmaram crime

6 de março – Polícia intensificou investigações da morte de Dandara só após divulgação de vídeo feito por criminosos

7 de março – Ato contra LGBTfobia será realizado após travesti ser morta brutalmente no Bom Jardim