20 bandidos armados invadem Centro Socioeducativo e executam 4 adolescentes

CHACINA DA SAPIRANGA

20 bandidos armados invadem Centro Socioeducativo e executam 4 adolescentes

Num dia de crise para o sistema socioeducacional, mais 15 internos conseguiram fugir do centro horas depois

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

13 de novembro de 2017 às 10:42

Há 1 semana
O caso aconteceu no Bairro Sapiranga (FOTO: Reprodução/Google)

O caso aconteceu no Bairro Sapiranga (FOTO: Reprodução/Google)

Atualizada às 11h30

Cerca de 20 homens invadiram o Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, no Bairro Sapiranga, em Fortaleza, na madrugada desta segunda-feira (13), e retiraram seis adolescentes do local. Quatro deles foram assassinados com vários tiros, na Rua Firmo Ananias Cardoso. Os outros dois foram liberados, e retornaram para o centro.

De acordo com informações policiais, os homens invadiram a unidade pulando o muro da parte de trás do Centro Educacional. Armados, tiraram os adolescentes.

Ainda não há confirmação, mas o caso, de acordo com as primeiras informações, pode ter ligação com facções criminosas.

Na manhã desta segunda-feira, por volta das 7h20, mais de 15 internos fugiram da unidade pulando o portão da frente. Dez jovens já foram recapturados, cinco ainda estão sendo procurados.

Confira a nota da  Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) sobre o caso:

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) informa que quatro adolescentes internos no Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, na Sapiranga, foram retirados do local, por um grupo de homens armados, na madrugada desta segunda-feira (13), e executados nas proximidades da unidade. Órgãos da estrutura do Governo do Ceará ligados ao tema estão reunidos no momento para tratar do caso. A Seas lamenta profundamente o ocorrido e trabalha no apoio às famílias dos adolescentes – e dos demais internos. Em paralelo, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) iniciou os trabalhos de investigação no intuito de elucidar a ocorrência. Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizaram os primeiros levantamentos no Centro. A Polícia Militar intensificou o policiamento na região com o reforço de equipes dos Batalhões Especializados, como o de Polícia de Choque (BPChoque) e o de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio).

Com informações do repórter Abraão Ramos, do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Publicidade

Dê sua opinião

CHACINA DA SAPIRANGA

20 bandidos armados invadem Centro Socioeducativo e executam 4 adolescentes

Num dia de crise para o sistema socioeducacional, mais 15 internos conseguiram fugir do centro horas depois

Por Lyvia Rocha em Segurança Pública

13 de novembro de 2017 às 10:42

Há 1 semana
O caso aconteceu no Bairro Sapiranga (FOTO: Reprodução/Google)

O caso aconteceu no Bairro Sapiranga (FOTO: Reprodução/Google)

Atualizada às 11h30

Cerca de 20 homens invadiram o Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, no Bairro Sapiranga, em Fortaleza, na madrugada desta segunda-feira (13), e retiraram seis adolescentes do local. Quatro deles foram assassinados com vários tiros, na Rua Firmo Ananias Cardoso. Os outros dois foram liberados, e retornaram para o centro.

De acordo com informações policiais, os homens invadiram a unidade pulando o muro da parte de trás do Centro Educacional. Armados, tiraram os adolescentes.

Ainda não há confirmação, mas o caso, de acordo com as primeiras informações, pode ter ligação com facções criminosas.

Na manhã desta segunda-feira, por volta das 7h20, mais de 15 internos fugiram da unidade pulando o portão da frente. Dez jovens já foram recapturados, cinco ainda estão sendo procurados.

Confira a nota da  Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) sobre o caso:

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) informa que quatro adolescentes internos no Centro de Semiliberdade Mártir Francisca, na Sapiranga, foram retirados do local, por um grupo de homens armados, na madrugada desta segunda-feira (13), e executados nas proximidades da unidade. Órgãos da estrutura do Governo do Ceará ligados ao tema estão reunidos no momento para tratar do caso. A Seas lamenta profundamente o ocorrido e trabalha no apoio às famílias dos adolescentes – e dos demais internos. Em paralelo, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) iniciou os trabalhos de investigação no intuito de elucidar a ocorrência. Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizaram os primeiros levantamentos no Centro. A Polícia Militar intensificou o policiamento na região com o reforço de equipes dos Batalhões Especializados, como o de Polícia de Choque (BPChoque) e o de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio).

Com informações do repórter Abraão Ramos, do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.