Mutirão levará atendimento médico a comunidades de Fortaleza e Fortim

SOLIDARIEDADE

Mutirão levará atendimento médico a comunidades de Fortaleza e Fortim

No Ceará, o Hospital Walter Cantídio e a Maternidade-Escola prestarão atendimentos em Fortaleza e Fortim

Por Tribuna do Ceará em Saúde

10 de novembro de 2017 às 09:19

Há 1 mês
mutirao-medico

Mutirão de atendimento (FOTO: Divulgação)

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) realizará um mutirão nacional de atendimento de saúde fora do ambiente hospitalar nesta sexta-feira (10). No Ceará, o Hospital Walter Cantídio e a Maternidade-Escola prestarão atendimentos em Fortaleza e Fortim.

A Ebserh Solidária oferecerá milhares de atendimentos nas cinco regiões do país, com a participação de profissionais das áreas assistencial e administrativa, preceptores, residentes e estudantes, todos atuando de forma voluntária, pelos 39 hospitais universitários que compõem a rede.

O HUWC elaborou um projeto de qualificação da atenção primária do município de Fortim, a 130 quilômetros de Fortaleza. “Resolvemos fazer um pouco mais do que simplesmente um mutirão, pois entendemos que o mutirão não resolve o problema do acúmulo de consultas especializadas. É preciso qualificar, aprimorar a formação dos médicos que atuam do município”, explica a gerente de Atenção à Saúde do hospital, a médica Josenília Gomes.

Com esta premissa, o hospital organizou, em parceria com o Departamento de Saúde Comunitária da FAMED-UFC e a prefeitura de Fortim este projeto. A supervisora do Programa Mais Médicos do município, a médica Magda Almeida, professora da FAMED, identificou junto à secretaria de saúde, as especialidades com maior demanda reprimida: Endocrinologia (50 pacientes), Reumatologia (19 pacientes) e Neurologia (35 pacientes). Serão, portanto, nestes atendimentos que a equipe de cerca de 40 profissionais do Hospital Walter Cantídio irá focar. Todos os médicos do Programa Saúde da Família de Fortim participarão do atendimento e discutirão os casos com os especialistas e residentes. As atividades serão realizadas na unidade de saúde e no hospital da cidade das 9h às 15h30.

As demandas de exames complementares básicos serão encaminhadas pela Secretaria de Saúde de Fortim para resolução na macro-regional do Aracati. Já os pacientes graves que precisem de atenção terciária serão inseridos nas agendas de ambulatório do HUWC. “Espero que a atividade melhore a qualificação do atendimento na atenção primária do município. Dando o peixe, mas também ensinado a pescar. E mais do que isso: que este seja o primeiro de outros”, completa Josenília Gomes.

Maternidade

Já a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand participará da Ebserh Solidária realizando a segunda edição do projeto Saúde Cidadã, uma ação de atividades sócio-educativas que atendeu, no ano passado, cerca de 1 mil pessoas em um único dia. “A nossa expectativa é ampliar em 20% a participação da comunidade este ano, levando mais informação e saúde para moradores do Rodolfo Teófilo, Parque Araxá, Damas, Parquelândia e adjacências”, afirma o médico Carlos Augusto Alencar Júnior, gerente de Atenção à Saúde da MEAC. O atendimento será na Praça das Mangueiras, do Campus do Porangabuçu, com entrada pela Rua Alexandre Baraúna, das 9h às 13h.

Entre os serviços prestados pela equipe de cerca de 90 profissionais e estudantes das Faculdades da Saúde da UFC, estão: testagem rápida para sífilis e HIV, vacinação contra hepatite B, teste de glicemia, massoterapia, auriculoterapia, cálculo de IMC e orientação nutricional. Em parceria com o SENAC, haverá corte de cabelo masculino e feminino gratuitamente. Também estão previstas emissão de certidão de nascimento, casamento e óbito pelo Cartório Cavalcante Filho, aulões de zumba, alongamento e ginástica laboral e maquiagem com a equipe da Mary Kay, garantindo uma manhã de cidadania, saúde e bem-estar.

As ações educativas estarão voltadas para planejamento familiar e direitos da mulher, prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis, saúde mamária, boas práticas do parto e nascimento, saúde do recém-nascido, doação de leite materno, prevenção de câncer da próstata, do AVC e da diabetes, entre outras. Tudo integrando profissionais da assistência e estudantes das residências e graduação. A abertura do evento será conduzida pela Banda da Polícia Militar.

Serviço
Mutirão Ebserh Solidária – 10 de novembro de 2017
Das 8h às 13h em Fortaleza
Das 9h às 15h30 em Fortim

Publicidade

Dê sua opinião

SOLIDARIEDADE

Mutirão levará atendimento médico a comunidades de Fortaleza e Fortim

No Ceará, o Hospital Walter Cantídio e a Maternidade-Escola prestarão atendimentos em Fortaleza e Fortim

Por Tribuna do Ceará em Saúde

10 de novembro de 2017 às 09:19

Há 1 mês
mutirao-medico

Mutirão de atendimento (FOTO: Divulgação)

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) realizará um mutirão nacional de atendimento de saúde fora do ambiente hospitalar nesta sexta-feira (10). No Ceará, o Hospital Walter Cantídio e a Maternidade-Escola prestarão atendimentos em Fortaleza e Fortim.

A Ebserh Solidária oferecerá milhares de atendimentos nas cinco regiões do país, com a participação de profissionais das áreas assistencial e administrativa, preceptores, residentes e estudantes, todos atuando de forma voluntária, pelos 39 hospitais universitários que compõem a rede.

O HUWC elaborou um projeto de qualificação da atenção primária do município de Fortim, a 130 quilômetros de Fortaleza. “Resolvemos fazer um pouco mais do que simplesmente um mutirão, pois entendemos que o mutirão não resolve o problema do acúmulo de consultas especializadas. É preciso qualificar, aprimorar a formação dos médicos que atuam do município”, explica a gerente de Atenção à Saúde do hospital, a médica Josenília Gomes.

Com esta premissa, o hospital organizou, em parceria com o Departamento de Saúde Comunitária da FAMED-UFC e a prefeitura de Fortim este projeto. A supervisora do Programa Mais Médicos do município, a médica Magda Almeida, professora da FAMED, identificou junto à secretaria de saúde, as especialidades com maior demanda reprimida: Endocrinologia (50 pacientes), Reumatologia (19 pacientes) e Neurologia (35 pacientes). Serão, portanto, nestes atendimentos que a equipe de cerca de 40 profissionais do Hospital Walter Cantídio irá focar. Todos os médicos do Programa Saúde da Família de Fortim participarão do atendimento e discutirão os casos com os especialistas e residentes. As atividades serão realizadas na unidade de saúde e no hospital da cidade das 9h às 15h30.

As demandas de exames complementares básicos serão encaminhadas pela Secretaria de Saúde de Fortim para resolução na macro-regional do Aracati. Já os pacientes graves que precisem de atenção terciária serão inseridos nas agendas de ambulatório do HUWC. “Espero que a atividade melhore a qualificação do atendimento na atenção primária do município. Dando o peixe, mas também ensinado a pescar. E mais do que isso: que este seja o primeiro de outros”, completa Josenília Gomes.

Maternidade

Já a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand participará da Ebserh Solidária realizando a segunda edição do projeto Saúde Cidadã, uma ação de atividades sócio-educativas que atendeu, no ano passado, cerca de 1 mil pessoas em um único dia. “A nossa expectativa é ampliar em 20% a participação da comunidade este ano, levando mais informação e saúde para moradores do Rodolfo Teófilo, Parque Araxá, Damas, Parquelândia e adjacências”, afirma o médico Carlos Augusto Alencar Júnior, gerente de Atenção à Saúde da MEAC. O atendimento será na Praça das Mangueiras, do Campus do Porangabuçu, com entrada pela Rua Alexandre Baraúna, das 9h às 13h.

Entre os serviços prestados pela equipe de cerca de 90 profissionais e estudantes das Faculdades da Saúde da UFC, estão: testagem rápida para sífilis e HIV, vacinação contra hepatite B, teste de glicemia, massoterapia, auriculoterapia, cálculo de IMC e orientação nutricional. Em parceria com o SENAC, haverá corte de cabelo masculino e feminino gratuitamente. Também estão previstas emissão de certidão de nascimento, casamento e óbito pelo Cartório Cavalcante Filho, aulões de zumba, alongamento e ginástica laboral e maquiagem com a equipe da Mary Kay, garantindo uma manhã de cidadania, saúde e bem-estar.

As ações educativas estarão voltadas para planejamento familiar e direitos da mulher, prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis, saúde mamária, boas práticas do parto e nascimento, saúde do recém-nascido, doação de leite materno, prevenção de câncer da próstata, do AVC e da diabetes, entre outras. Tudo integrando profissionais da assistência e estudantes das residências e graduação. A abertura do evento será conduzida pela Banda da Polícia Militar.

Serviço
Mutirão Ebserh Solidária – 10 de novembro de 2017
Das 8h às 13h em Fortaleza
Das 9h às 15h30 em Fortim