Casos de viroses aumentam após feriado prolongado do Carnaval
ATCHIM!

Casos de viroses aumentam após feriado prolongado do Carnaval

O melhor tratamento para a virose é a ingestão de líquidos, repouso e boa alimentação

Por Jangadeiro FM em Saúde

7 de março de 2017 às 07:00

Há 7 meses
espirrando

(FOTO: Divulgação)

Muita gente voltou doente do Carnaval. Mas isso tem explicação: é que aumentou o número de casos de viroses após o feriado prolongado.

De acordo o clínico geral Roberto Maranhão, além do tempo chuvoso, o contato próximo, com aglomerações de pessoas em locais onde ocorrem as festas, é um ambiente propício para as transmissões.

A estudante Juliana de Queiroz é uma das vítimas da virose no Carnaval e confirma que, além do tempo, o contato dela com outras pessoas já doentes pode ter facilitado a transmissão. Ela tem sentido febre e dores musculares, sintomas comuns da doença.

O médico Roberto Maranhão fala que o melhor tratamento para a virose é a ingestão de líquidos, repouso e boa alimentação.

Apesar de ser uma doença passageira e de simples tratamento, é importante ter bastante cuidado, pois a virose pode dar origem a uma infecção bacteriana, resultando em um quadro clínico mais grave, com febre elevada e cansaço excessivo. Neste caso, a orientação é buscar atendimento médico imediatamente.

Confira na matéria de João Ricart para a Rede Jangadeiro FM:

Publicidade

Dê sua opinião

ATCHIM!

Casos de viroses aumentam após feriado prolongado do Carnaval

O melhor tratamento para a virose é a ingestão de líquidos, repouso e boa alimentação

Por Jangadeiro FM em Saúde

7 de março de 2017 às 07:00

Há 7 meses
espirrando

(FOTO: Divulgação)

Muita gente voltou doente do Carnaval. Mas isso tem explicação: é que aumentou o número de casos de viroses após o feriado prolongado.

De acordo o clínico geral Roberto Maranhão, além do tempo chuvoso, o contato próximo, com aglomerações de pessoas em locais onde ocorrem as festas, é um ambiente propício para as transmissões.

A estudante Juliana de Queiroz é uma das vítimas da virose no Carnaval e confirma que, além do tempo, o contato dela com outras pessoas já doentes pode ter facilitado a transmissão. Ela tem sentido febre e dores musculares, sintomas comuns da doença.

O médico Roberto Maranhão fala que o melhor tratamento para a virose é a ingestão de líquidos, repouso e boa alimentação.

Apesar de ser uma doença passageira e de simples tratamento, é importante ter bastante cuidado, pois a virose pode dar origem a uma infecção bacteriana, resultando em um quadro clínico mais grave, com febre elevada e cansaço excessivo. Neste caso, a orientação é buscar atendimento médico imediatamente.

Confira na matéria de João Ricart para a Rede Jangadeiro FM: