Bebê que recebeu novo coração no Ceará já está cheio de vida de novo
TRANSPLANTE RARO

Bebê que recebeu novo coração no Ceará já está cheio de vida de novo

Ariele Vitória Rocha, da cidade de Paraú-RN, fez o transplante com três meses de vida, no Hospital de Messejana

Por Tribuna Bandnews FM em Saúde

23 de novembro de 2016 às 07:00

Há 7 meses
Ariele recebeu o novo coração em outubro. (Foto: Divulgação/Secretaria da Saúde do Estado do Ceará)

Ariele recebeu o novo coração em outubro. (Foto: Divulgação/Secretaria da Saúde do Estado do Ceará)

A pequena Ariele Vitória Rocha,  de Paraú, Rio Grande do Norte, chegou ao Hospital de Fortaleza, com apenas 15 dias de vida. Aos dois meses, ela foi incluída na fila de espera pelo transplante de coração.

O procedimento foi realizado em outubro, quando ela tinha três meses. De acordo com o cirurgião que realizou o procedimento, Valdester Cavalcante, a menina nasceu com a síndrome do coração esquerdo hipoplásico, e o tratamento convencional não apresentaria resultado.

“Quando a Ariele chegou ao hospital de Messejana, a função do coração dela já estava muito prejudicada, e o tratamento cirúrgico proposto foi o transplante cardíaco”, justifica o cirurgião em entrevista à Tribuna Band News FM.

Ariele deve receber alta até a próxima semana. Ela foi a paciente mais jovem a receber um coração no hospital de Messejana.

Atualmente o Hospital de Messejana conta com 44 de transplantes envolvendo crianças, mas o caso da menina foi raro e delicado por conta da pouca idade. Por isso, uma série de requisitos foi necessária para que a cirurgia pudesse ser feita.

A criança vai tomar medicamentos para diminuir a possibilidade de rejeição e infecções, e deve ser acompanhada pela equipe médica mensalmente. Apesar dos cuidados, a pequena tem toda uma expectativa de vida pela frente e pode realizar atividades normais.

Ouça a entrevista que Valdester Cavalcante à Tribuna Band News FM:

Publicidade

Dê sua opinião

TRANSPLANTE RARO

Bebê que recebeu novo coração no Ceará já está cheio de vida de novo

Ariele Vitória Rocha, da cidade de Paraú-RN, fez o transplante com três meses de vida, no Hospital de Messejana

Por Tribuna Bandnews FM em Saúde

23 de novembro de 2016 às 07:00

Há 7 meses
Ariele recebeu o novo coração em outubro. (Foto: Divulgação/Secretaria da Saúde do Estado do Ceará)

Ariele recebeu o novo coração em outubro. (Foto: Divulgação/Secretaria da Saúde do Estado do Ceará)

A pequena Ariele Vitória Rocha,  de Paraú, Rio Grande do Norte, chegou ao Hospital de Fortaleza, com apenas 15 dias de vida. Aos dois meses, ela foi incluída na fila de espera pelo transplante de coração.

O procedimento foi realizado em outubro, quando ela tinha três meses. De acordo com o cirurgião que realizou o procedimento, Valdester Cavalcante, a menina nasceu com a síndrome do coração esquerdo hipoplásico, e o tratamento convencional não apresentaria resultado.

“Quando a Ariele chegou ao hospital de Messejana, a função do coração dela já estava muito prejudicada, e o tratamento cirúrgico proposto foi o transplante cardíaco”, justifica o cirurgião em entrevista à Tribuna Band News FM.

Ariele deve receber alta até a próxima semana. Ela foi a paciente mais jovem a receber um coração no hospital de Messejana.

Atualmente o Hospital de Messejana conta com 44 de transplantes envolvendo crianças, mas o caso da menina foi raro e delicado por conta da pouca idade. Por isso, uma série de requisitos foi necessária para que a cirurgia pudesse ser feita.

A criança vai tomar medicamentos para diminuir a possibilidade de rejeição e infecções, e deve ser acompanhada pela equipe médica mensalmente. Apesar dos cuidados, a pequena tem toda uma expectativa de vida pela frente e pode realizar atividades normais.

Ouça a entrevista que Valdester Cavalcante à Tribuna Band News FM: