Ambulância do Samu é flagrada com portas fechadas por um cinto em Fortaleza

JEITINHO RECORRENTE

Ambulância do Samu é flagrada com portas fechadas por um cinto em Fortaleza

Segundo o Samu, esse foi um problema momentâneo. Mas em junho já havíamos flagrado o jeitinho nessa ambulância

Por Lucas Barbosa em Saúde

12 de julho de 2017 às 09:05

Há 5 meses

O estado de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chamou a atenção de um leitor de Tribuna do Ceará na tarde desta terça-feira (11).  Ele trafegava pela Avenida Luciano Carneiro, no Bairro Montese, em Fortaleza, quando se deparou com o veículo cujas portas eram fechadas por meio de um cinto. “Descaso total”, ele chega a comentar no vídeo que fez registrando o flagrante. Confira:

 

Segundo o diretor técnico do Samu, Rômulo Lira, o problema é específico do veículo de numeração 78. Ele afirma haver manutenção semanal, mas trata-se de um defeito estrutural da ambulância, atestado pela própria montadora. “Nesta tarde o veículo foi para o reparo”, conta.

Ela não sai da unidade para atender um paciente daquela forma. Só é colocado daquele jeito se ela apresentar defeito durante o atendimento ou deslocamento, para não andar com a porta aberta”, diz Rômulo.

“Como estávamos com uma frota baixa, tivemos que colocá-la para rodar, mas a frota agora está mais estruturada. Chegamos a ter seis, sete ambulâncias na cidade. Hoje estamos com cerca de 18, 19 ambulâncias na cidade”, afirma o diretor técnico do Samu.

Em junho, o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, registrou o estado dessa mesma ambulância. Um cinto também era usado nas portas, que ainda apresentavam dificuldade para serem abertas, atrapalhando o atendimento. Já em 2016, o programa mostrou o caso de uma ambulância cuja porta emperrou no momento em que deixava em um hospital uma grávida em trabalho de parto.

Publicidade

Dê sua opinião

JEITINHO RECORRENTE

Ambulância do Samu é flagrada com portas fechadas por um cinto em Fortaleza

Segundo o Samu, esse foi um problema momentâneo. Mas em junho já havíamos flagrado o jeitinho nessa ambulância

Por Lucas Barbosa em Saúde

12 de julho de 2017 às 09:05

Há 5 meses

O estado de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chamou a atenção de um leitor de Tribuna do Ceará na tarde desta terça-feira (11).  Ele trafegava pela Avenida Luciano Carneiro, no Bairro Montese, em Fortaleza, quando se deparou com o veículo cujas portas eram fechadas por meio de um cinto. “Descaso total”, ele chega a comentar no vídeo que fez registrando o flagrante. Confira:

 

Segundo o diretor técnico do Samu, Rômulo Lira, o problema é específico do veículo de numeração 78. Ele afirma haver manutenção semanal, mas trata-se de um defeito estrutural da ambulância, atestado pela própria montadora. “Nesta tarde o veículo foi para o reparo”, conta.

Ela não sai da unidade para atender um paciente daquela forma. Só é colocado daquele jeito se ela apresentar defeito durante o atendimento ou deslocamento, para não andar com a porta aberta”, diz Rômulo.

“Como estávamos com uma frota baixa, tivemos que colocá-la para rodar, mas a frota agora está mais estruturada. Chegamos a ter seis, sete ambulâncias na cidade. Hoje estamos com cerca de 18, 19 ambulâncias na cidade”, afirma o diretor técnico do Samu.

Em junho, o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, registrou o estado dessa mesma ambulância. Um cinto também era usado nas portas, que ainda apresentavam dificuldade para serem abertas, atrapalhando o atendimento. Já em 2016, o programa mostrou o caso de uma ambulância cuja porta emperrou no momento em que deixava em um hospital uma grávida em trabalho de parto.