Tasso Jereissati ocupa o 1° lugar em ranking geral de desempenho de políticos brasileiros

SENADOR CEARENSE

Tasso Jereissati ocupa o 1° lugar em ranking geral de desempenho de políticos brasileiros

O senador teve destaque principalmente na análise da qualidade legislativa, referente à apresentação de propostas, votações e relatorias

Por Jéssica Welma em Política

17 de agosto de 2017 às 12:50

Há 3 meses
O senador foi o político melhor avaliado do Brasil (FOTO: Reprodução/Facebook)

O senador foi o político melhor avaliado do Brasil (FOTO: Reprodução/Facebook)

O senador Tasso Jereissati é o parlamentar mais bem avaliado do Brasil, segundo o “Ranking dos Políticos”, projeto online que compara o desempenho dos congressistas brasileiros.

O levantamento considera a atividade política em relação ao combate à corrupção, privilégios e desperdício da máquina pública.

Os dados utilizados no rankeamento são de origem oficial e pública, a maioria deles do próprio site do Congresso. A pontuação é definida conforme dados sobre gastos, assiduidade, fidelidade partidária e processos judiciais.

O principal destaque do parlamentar é em relação à “qualidade legislativa”. São consideradas as votações das leis mais relevantes do Congresso. As pontuações são definidas por um Conselho de Avaliação de Leis, considerando, principalmente, a contribuição para o combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício de recursos públicos.

O conselho que avalia o posicionamento do parlamentar nas atividades legislativas e a importância das propostas apresentadas, relatadas ou revisadas é formado por cientistas políticos, economistas e advogados. Na lista de 14 analistas, consta o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco e o economista Dalton Luis Gardiman.

Entre os destaques está a atuação de Tasso na Lei das Estatais, aprovada em 2016, que estabelece normas de governança corporativa e regras para compras e licitações que atendam às especificidades de empresas públicas e sociedades de economia mista. Consta também a PEC do fim do foro privilegiado, do teto de gastos públicos e de mudanças na cobrança de impostos.

Outras pontuações

Tasso tem a maior pontuação, 423 pontos. O ex-governador tem 27 faltas em 273 sessões, apenas 1 delas não justificada. O percentual de faltas do parlamentar é comparado com a média dos demais políticos. A cada 10% a mais de faltas da média, ele perde 10 pontos. A cada 10% a menos, ele ganha 10 pontos.

Compara-se também o valor gasto pelo político, no período total do mandato, com a média de gastos dos demais parlamentares no mesmo período. Ele também recebe pontos por ter formação superior e ser filiado ao mesmo partido durante toda a carreira política.

Tasso é seguido no ranking nacional pela senadora Ana Amélia (PP-RS), com 416 pontos; e Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), com 400 pontos.

Na lista dos parlamentares do Ceará, o 2° lugar é ocupado pelo deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB), em 55° lugar no ranking nacional. Em 3° lugar, está o senador Eunício Oliveira (PMDB), 57° no ranking nacional.

Alguns políticos cearenses têm pontuação negativa no ranking, como é o caso de Genecias Noronha (SD), com -35 pontos; Luizianne Lins (PT), com -303 pontos; e José Guimarães (PT), com – 215 pontos. Eles perdem pontos por causa de processos judiciais e altos gastos da cota parlamentar, por exemplo.

Confira a lista completa dos parlamentares do Ceará:

1° Tasso Jereissati (PSDB)
55° Raimundo Gomes de Matos (PSDB)
57° Eunício Oliveira (PMDB)
81° Vitor Valim (PMDB)
151° Moses Rodrigues (PMDB)
184° Cabo Sabino (PR)
204° Danilo Forte (PSB)
231° Adail Carneiro (PP)
314° Gorete Pereira (PR)
367° Paulo Henrique Lustosa (PP)
386° Vaidon Oliveira (DEM)
392° Domingos Neto (PSD)
405° Ronaldo Martins (PRB)
422° Aníbal Gomes (PMDB)
431° Macedo (PP)
459° Genecias Noronha (SD)
462° Ariosto Holanda (PDT)
465° André Figueiredo (PDT)
471° José Pimentel (PT)
504° Odorico Monteiro (PSB)
507° Leônidas Cristino (PDT)
516° Chico Lopes (PCdoB)
543° José Guimarães (PT)
546° José Airton Cirilo (PT)
579° Luizianne Lins (PT)

Publicidade

Dê sua opinião

SENADOR CEARENSE

Tasso Jereissati ocupa o 1° lugar em ranking geral de desempenho de políticos brasileiros

O senador teve destaque principalmente na análise da qualidade legislativa, referente à apresentação de propostas, votações e relatorias

Por Jéssica Welma em Política

17 de agosto de 2017 às 12:50

Há 3 meses
O senador foi o político melhor avaliado do Brasil (FOTO: Reprodução/Facebook)

O senador foi o político melhor avaliado do Brasil (FOTO: Reprodução/Facebook)

O senador Tasso Jereissati é o parlamentar mais bem avaliado do Brasil, segundo o “Ranking dos Políticos”, projeto online que compara o desempenho dos congressistas brasileiros.

O levantamento considera a atividade política em relação ao combate à corrupção, privilégios e desperdício da máquina pública.

Os dados utilizados no rankeamento são de origem oficial e pública, a maioria deles do próprio site do Congresso. A pontuação é definida conforme dados sobre gastos, assiduidade, fidelidade partidária e processos judiciais.

O principal destaque do parlamentar é em relação à “qualidade legislativa”. São consideradas as votações das leis mais relevantes do Congresso. As pontuações são definidas por um Conselho de Avaliação de Leis, considerando, principalmente, a contribuição para o combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício de recursos públicos.

O conselho que avalia o posicionamento do parlamentar nas atividades legislativas e a importância das propostas apresentadas, relatadas ou revisadas é formado por cientistas políticos, economistas e advogados. Na lista de 14 analistas, consta o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco e o economista Dalton Luis Gardiman.

Entre os destaques está a atuação de Tasso na Lei das Estatais, aprovada em 2016, que estabelece normas de governança corporativa e regras para compras e licitações que atendam às especificidades de empresas públicas e sociedades de economia mista. Consta também a PEC do fim do foro privilegiado, do teto de gastos públicos e de mudanças na cobrança de impostos.

Outras pontuações

Tasso tem a maior pontuação, 423 pontos. O ex-governador tem 27 faltas em 273 sessões, apenas 1 delas não justificada. O percentual de faltas do parlamentar é comparado com a média dos demais políticos. A cada 10% a mais de faltas da média, ele perde 10 pontos. A cada 10% a menos, ele ganha 10 pontos.

Compara-se também o valor gasto pelo político, no período total do mandato, com a média de gastos dos demais parlamentares no mesmo período. Ele também recebe pontos por ter formação superior e ser filiado ao mesmo partido durante toda a carreira política.

Tasso é seguido no ranking nacional pela senadora Ana Amélia (PP-RS), com 416 pontos; e Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), com 400 pontos.

Na lista dos parlamentares do Ceará, o 2° lugar é ocupado pelo deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB), em 55° lugar no ranking nacional. Em 3° lugar, está o senador Eunício Oliveira (PMDB), 57° no ranking nacional.

Alguns políticos cearenses têm pontuação negativa no ranking, como é o caso de Genecias Noronha (SD), com -35 pontos; Luizianne Lins (PT), com -303 pontos; e José Guimarães (PT), com – 215 pontos. Eles perdem pontos por causa de processos judiciais e altos gastos da cota parlamentar, por exemplo.

Confira a lista completa dos parlamentares do Ceará:

1° Tasso Jereissati (PSDB)
55° Raimundo Gomes de Matos (PSDB)
57° Eunício Oliveira (PMDB)
81° Vitor Valim (PMDB)
151° Moses Rodrigues (PMDB)
184° Cabo Sabino (PR)
204° Danilo Forte (PSB)
231° Adail Carneiro (PP)
314° Gorete Pereira (PR)
367° Paulo Henrique Lustosa (PP)
386° Vaidon Oliveira (DEM)
392° Domingos Neto (PSD)
405° Ronaldo Martins (PRB)
422° Aníbal Gomes (PMDB)
431° Macedo (PP)
459° Genecias Noronha (SD)
462° Ariosto Holanda (PDT)
465° André Figueiredo (PDT)
471° José Pimentel (PT)
504° Odorico Monteiro (PSB)
507° Leônidas Cristino (PDT)
516° Chico Lopes (PCdoB)
543° José Guimarães (PT)
546° José Airton Cirilo (PT)
579° Luizianne Lins (PT)