Tasso Jereissati assume interinamente a presidência nacional do PSDB

TERCEIRA VEZ

Tasso Jereissati assume interinamente a presidência nacional do PSDB

O senador é uma das principais lideranças do PSDB e já assumiu a presidência do partido em outras duas ocasiões

Por Jéssica Welma em Política

19 de Maio de 2017 às 11:40

Há 6 meses
Tasso Jereissati assume comendo do PSDB pela terceira vez. (Foto: Agência Senado)

Tasso Jereissati assume comando do PSDB pela terceira vez. (Foto: Agência Senado)

O senador e ex-governador do Ceará Tasso Jereissati assumiu a presidência interina do PSDB nacional, após o senador Aécio Neves apresentar pedido de licenciamento do cargo. Tasso assume a função em momento de crise política no partido e no País, após denúncias contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB) e o senador mineiro.

Aécio divulgou comunicado oficial na noite da quinta-feira (18), dizendo que pretende se dedicar exclusivamente à sua defesa nos próximos dias. O estatuto do PSDB prevê que, em caso de licenciamento do presidente, este pode escolher um entre os sete vices-presidentes do partido.

Em nota, Tasso Jereissati disse que ““mantendo sua responsabilidade com o país, que enfrenta uma crise econômica sem precedentes, o PSDB pediu aos seus quatro ministros que permaneçam em seus respectivos cargos, enquanto o partido, assim como o Brasil, aguarda a divulgação do conteúdo das gravações dos executivos da JBS”.

O ex-governador já foi presidente do PSDB em duas ocasiões, de 1991 a 1993 e 2005 a 2007.

Publicidade

Dê sua opinião

TERCEIRA VEZ

Tasso Jereissati assume interinamente a presidência nacional do PSDB

O senador é uma das principais lideranças do PSDB e já assumiu a presidência do partido em outras duas ocasiões

Por Jéssica Welma em Política

19 de Maio de 2017 às 11:40

Há 6 meses
Tasso Jereissati assume comendo do PSDB pela terceira vez. (Foto: Agência Senado)

Tasso Jereissati assume comando do PSDB pela terceira vez. (Foto: Agência Senado)

O senador e ex-governador do Ceará Tasso Jereissati assumiu a presidência interina do PSDB nacional, após o senador Aécio Neves apresentar pedido de licenciamento do cargo. Tasso assume a função em momento de crise política no partido e no País, após denúncias contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB) e o senador mineiro.

Aécio divulgou comunicado oficial na noite da quinta-feira (18), dizendo que pretende se dedicar exclusivamente à sua defesa nos próximos dias. O estatuto do PSDB prevê que, em caso de licenciamento do presidente, este pode escolher um entre os sete vices-presidentes do partido.

Em nota, Tasso Jereissati disse que ““mantendo sua responsabilidade com o país, que enfrenta uma crise econômica sem precedentes, o PSDB pediu aos seus quatro ministros que permaneçam em seus respectivos cargos, enquanto o partido, assim como o Brasil, aguarda a divulgação do conteúdo das gravações dos executivos da JBS”.

O ex-governador já foi presidente do PSDB em duas ocasiões, de 1991 a 1993 e 2005 a 2007.