Saiba como devem votar os deputados cearenses sobre a denúncia contra Michel Temer
PRESSÃO

Saiba como devem votar os deputados cearenses sobre a denúncia contra Michel Temer

A intenção é de que a votação da denúncia aconteça antes do recesso parlamentar

Por Jéssica Welma em Política

13 de julho de 2017 às 16:45

Há 2 meses
Temer será afastado do cargo caso a denúncia seja aceita. (Foto: Beto Barata/PR)

Temer será afastado do cargo caso a denúncia seja aceita. (Foto: Beto Barata/PR)

A maioria dos deputados do Ceará deve votar a favor de que o presidente da República, Michel Temer (PMDB), seja investigado pelo crime de corrupção passiva, segundo denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR).

A informação é do site 342.agora, plataforma online lançada pela classe artística do País para pressionar os parlamentares a favor da investigação do governo.

Para que a denúncia seja acatada e Temer afastado do cargo, é necessário apoio de 342 dos 513 deputados. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara discute desde a quarta-feira (12) a admissibilidade da denúncia.

Até esta quinta-feira (13), o placar entre os deputados do Ceará é de sete contra, cinco indecisos e 10 a favor. O site é atualizado em tempo real com a intenção de voto de cada parlamentar.

Através da plataforma, também é possível enviar um e-mail ou mensagem nas redes sociais de cada parlamentar cobrando o posicionamento sobre a denúncia.

Entre os apoiadores do 342 Agora estão os cantores Caetano Veloso, Samuel Rosa e Martinho da Vila; e os atores Wagner Moura, Glória Pires, Leandra Leal e Adriana Esteves.

Confira o posicionamento dos deputados cearenses:

Contra a denúncia
Gorete Pereira (PR)
Raimundo Gomes de Matos (PSDB)
Moses Rodrigues (PMDB)
Genecias Noronha (SD)
Domingos Neto (PSD)
Aníbal Gomes (PMDB)
Danilo Forte (PSB)

Indecisos
Vaidon Oliveira (DEM)
Paulo Henrique Lustosa (PP)
Adail Carneiro (PP)
Ronaldo Martins (PRB)
Macedo (PP)

A Favor
Vitor Valim (PMDB)
Leônidas Cristino (PDT)
Ariosto Holanda (PDT)
Odorico Monteiro (PSB)
Cabo Sabino (PR)
Luizianne Lins (PT)
Chico Lopes (PCdoB)
José Airton Cirilo (PT)
André Figueiredo (PDT)
José Guimarães (PT)

O placar nacional em relação a denúncia é de 137 parlamentares contra a investigação, 174 indecisos e 202 a favor.

A intenção é de que a votação da denúncia aconteça até a sexta-feira (14), antes do recesso parlamentar, mas há pouca expectativa de que haja quórum suficiente de 342 deputados para que a denúncia seja votada no plenário. Do contrário, a votação ficará para agosto.

A CCJ retomou hoje a discussão sobre a denúncia. A previsão é de que o debate se estenda até o período da noite.

A comissão analisa o relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendou a admissibilidade da acusação de crime de corrupção passiva apresentada pela PGR e, com isso, autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) a dar prosseguimento ao processo contra Temer.

Publicidade

Dê sua opinião

PRESSÃO

Saiba como devem votar os deputados cearenses sobre a denúncia contra Michel Temer

A intenção é de que a votação da denúncia aconteça antes do recesso parlamentar

Por Jéssica Welma em Política

13 de julho de 2017 às 16:45

Há 2 meses
Temer será afastado do cargo caso a denúncia seja aceita. (Foto: Beto Barata/PR)

Temer será afastado do cargo caso a denúncia seja aceita. (Foto: Beto Barata/PR)

A maioria dos deputados do Ceará deve votar a favor de que o presidente da República, Michel Temer (PMDB), seja investigado pelo crime de corrupção passiva, segundo denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR).

A informação é do site 342.agora, plataforma online lançada pela classe artística do País para pressionar os parlamentares a favor da investigação do governo.

Para que a denúncia seja acatada e Temer afastado do cargo, é necessário apoio de 342 dos 513 deputados. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara discute desde a quarta-feira (12) a admissibilidade da denúncia.

Até esta quinta-feira (13), o placar entre os deputados do Ceará é de sete contra, cinco indecisos e 10 a favor. O site é atualizado em tempo real com a intenção de voto de cada parlamentar.

Através da plataforma, também é possível enviar um e-mail ou mensagem nas redes sociais de cada parlamentar cobrando o posicionamento sobre a denúncia.

Entre os apoiadores do 342 Agora estão os cantores Caetano Veloso, Samuel Rosa e Martinho da Vila; e os atores Wagner Moura, Glória Pires, Leandra Leal e Adriana Esteves.

Confira o posicionamento dos deputados cearenses:

Contra a denúncia
Gorete Pereira (PR)
Raimundo Gomes de Matos (PSDB)
Moses Rodrigues (PMDB)
Genecias Noronha (SD)
Domingos Neto (PSD)
Aníbal Gomes (PMDB)
Danilo Forte (PSB)

Indecisos
Vaidon Oliveira (DEM)
Paulo Henrique Lustosa (PP)
Adail Carneiro (PP)
Ronaldo Martins (PRB)
Macedo (PP)

A Favor
Vitor Valim (PMDB)
Leônidas Cristino (PDT)
Ariosto Holanda (PDT)
Odorico Monteiro (PSB)
Cabo Sabino (PR)
Luizianne Lins (PT)
Chico Lopes (PCdoB)
José Airton Cirilo (PT)
André Figueiredo (PDT)
José Guimarães (PT)

O placar nacional em relação a denúncia é de 137 parlamentares contra a investigação, 174 indecisos e 202 a favor.

A intenção é de que a votação da denúncia aconteça até a sexta-feira (14), antes do recesso parlamentar, mas há pouca expectativa de que haja quórum suficiente de 342 deputados para que a denúncia seja votada no plenário. Do contrário, a votação ficará para agosto.

A CCJ retomou hoje a discussão sobre a denúncia. A previsão é de que o debate se estenda até o período da noite.

A comissão analisa o relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendou a admissibilidade da acusação de crime de corrupção passiva apresentada pela PGR e, com isso, autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) a dar prosseguimento ao processo contra Temer.